Arquivo mensais:agosto 2016

TJ-PR identifica casos de nepotismo envolvendo desembargadores

Situação foi apurada nos gabinetes de Laertes Gomes e Roberto de Vicente.

Parentes deles trabalhavam em situação de nepotismo cruzado.

nepo

O Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) identificou dois casos de nepotismo envolvendo os desembargadores Laertes Ferreira Gomes e Roberto de Vicente. De acordo com a investigação interna, a mulher de Gomes exercia um cargo comissionado no gabinete de Vicente, enquanto o filho de Vicente trabalhava em comissão no gabinete de Gomes.

A investigação começou a partir de uma denúncia de outro desembargador, José Maurício Pinto de Almeida. Ele pediu providências ao presidente do TJ-PR, Paulo Roberto Vasconcelos. Na requisição, ele detalhou as denúncias contra os outros dois colegas.

Leia mais 

RODRIGO BECKER FOI SOLTO

download (3)

Rodrigo Becker, ex-secretário do Planejamento da prefeitura de Foz, funcionário de carreira da Sanepar, um dos réus da operação Pecúlio, foi solto nesta terça (30). Tudo leva a crer que celebrou delação premiada para ganhar a liberdade. Quem será que ele entregou? Mistério…

Ficção e pieguice

dilma-faz-sua-defesa-no-senado

Num discurso de 50 minutos feito ontem perante o Senado Federal, com o qual pretendeu se defender das acusações pelas quais será julgada nas próximas horas pelos senadores, a presidente afastada Dilma Rousseff produziu uma peça de ficção entremeada por lances de pieguice explícita

Editorial, Estadão

Num discurso de 50 minutos feito ontem perante o Senado Federal, com o qual pretendeu se defender das acusações pelas quais será julgada nas próximas horas pelos senadores, a presidente afastada Dilma Rousseff produziu uma peça de ficção entremeada por lances de pieguice explícita. Foi um fecho melancólico do itinerário político de uma chefe de governo que, simplesmente, fez tudo errado e levou o País para o buraco. Tudo consequência do autoritarismo e da soberba de um projeto de poder irresponsavelmente populista, agravado pela incompetência gerencial e pela inapetência para o jogo político reveladas pela criatura imposta por Lula para revezar com ele a cadeira presidencial.
Leia Mais »

Dilma, o fim de um tempo no Brasil

Num país que passou da euforia à depressão em apenas quatro ou cinco anos, Dilma vai ser a carga que se despeja ao mar no decorrer da tempestade

Dilma, proibido (Foto: Arte: Antonio Lucena)

Nas ações de campanha contra a destituição em que participou a ainda presidente do Brasil, era impossível não notar numa fotografia gigante colocada ao fundo do palco onde Dilma Vana Rousseff, então com 22 anos, mostrava um olhar altivo, quase arrogante, no decorrer do julgamento que a condenou por participar na luta armada contra a ditadura militar. O cartaz tinha já aparecido na campanha eleitoral de 2014 e a sua recuperação do baú da memória não se justifica apenas pelo seu valor iconográfico ou pelo sublinhado que faz ao perfil de uma combatente.

Julgamento final do impeachment atrai mais de 60 jornalistas estrangeiros

dilma

Imprensa internacional acompanha depoimento de Dilma (Imagem: Geraldo Magela/Agência Senado)

O trabalho da imprensa foi organizado pela Secretaria de Comunicação do Senado, que garantiu aos profissionais duas salas com linhas telefônicas para as transmissões ao vivo das emissoras de rádio e os espaços para os links das TVs. Ao todo, 1430 profissionais, entre repórteres, cinegrafistas, fotógrafos e radialistas estão credenciados para a sessão de julgamento.

Há jornalistas da Argentina, Venezuela, Espanha, Portugal, Japão, Holanda, Turquia, China, França, Estados Unidos, Alemanha, Qatar e Reino Unido. Para Ana Lúcia Novelli, da assessoria de imprensa do Senado, “o trabalho que está sendo feito é importante para garantir que os profissionais de imprensa brasileiros e estrangeiros possam realizar com tranquilidade o trabalho de cobertura do impeachment”.

Nesta segunda-feira, 29, Dilma comparece ao Senado para fazer um pronunciado e ser interrogada por parlamentares. A Agência France Presse, que conta com o correspondente Damian Wroclavscky no Brasil, chamou atenção para declaração da presidente, que saiu defesa própria antes de veredito: “votem contra meu impeachment”.

A agência pública de notícias argentina Telam, que enviou o repórter Pablo Lionel Giuliano para acompanhar o caso, classificou o depoimento de Dilma como “declaração histórica” e destacou em sua homepage que a ré reitera que é uma “vítima de golpe de um governo usurpador”.

Paulo McD e Chico Brasileiro são representados na Justiça Eleitoral por “santinhos” irregulares. Amém!

Dia desses escrevemos que a juíza da 147a zona eleitoral mandou realizar busca e apreensão em desfavor do candidato Phelipe Mansur (REDE) mandando apreender material de campanha (santinhos) em desacordo com a legislação eleitoral.

Agora chegou a vez do Paulo McD (PDT) e do Chico Brasileiro (PSD) que incorreram nas mesma esparrela. Doutora juíza deve despachar a qualquer momento…

Lembrando que essas ocorrências podem redundar em multas e o escabau.

PITACO: Devagar com o andor, que o santo é de barro…

 

Secretária de Saúde de Foz pede demissão

Da Rádio Cultura

secr

A pedido, secretária municipal de saúde Alice Maria Macedo Silva, deixa a secretaria e volta as suas atividades normais.

Alice que é Farmacêutica, Bioquímica e servidora de carreira com 24 anos de serviços prestados na prefeitura de Foz do Iguaçu, assumiu a secretaria no dia 27 de junho de 2016.

Durante esses dois meses, deu início a um trabalho de moralização, saneamento das contas, além da reorganização do setor.

Alice também se empenhou para a reativação do Laboratório Municipal de Análises Clínicas.
Amanhã, quarta-feira (31) o novo secretário municipal da saúde deve ser anunciado pelo executivo.

PITACO: Com o promotor Mafra atuando na saúde do município, a pasta virou uma espécie de “porco espinho”… Neguinho quer distância.

E O BO DOS EQUIMENTOS DE OFTALMOLOGIA?

Todo mundo pianinho, pianinho sobre a ocorrência do sumiço do PAM da avenida Paraná dos equipamentos de oftalmologia doados pela Receita Federal ao Município. Parece até que os equipamentos foram encontrados, afinal, nenhuma “otoridade” veio a público para se manifestar. E os bagulhos continuam desaparecidos. Será que o Bispo sabe onde se encontram?

E O BO DO TEATRO BARRACÃO?

O caso do contrato do teatro Barracão, expirado desde 2013, em nome da culturete Arinha, também continua em brancas nuvens…
Detalhe: a prefeitura continua pagando todo o mês a água e eletricidade do imóvel.

PRESIDENTE DO COMUS ARRUMOU PRA CABEÇA

Sadi Buzanelo, presidente do COMUS, arrumou sarna pra coçar…
Foi representado por ter acusado dois (2) médicos da city de estarem envolvido com emissão de atestado médico falso. Veja a capivara abaixo:

14089224_10207033168443772_2339372644542734485_n


E O BO DOS CARTÓRIOS?

Segundo o CNJ todos os cartórios do Brasil devem passar por concurso público para escolha a dos seus dirigentes.  Em Foz do Iguaçu, a terra aonde o rabo abana o cachorro, como ficou o babado? Todo mundo pianinho, pianinho…

NEGADO HC AO RAIMUNDINHO NO PROCESSO DA PECÚLIO

Advogado Raimundo Araújo Neto, o “Raimundinho”, ex-procurador geral do município, impetrou pedido de habeas corpus no TRF 4 no sentido de trancar a ação contra ele no processo da Pecúlio.
O desembrgador relator denegou o pedido. Agora vai para o mérito com os votos dos outros dois desembargadores.

VEREADOR PELA BOLA SETE

Vereador Zé Carlos (PMN) desistiu de concorrer a reeleição. Língua explica:
Doutor juiz Rodrigo Jacomini, então juiz eleitoral em 2015, decretou a inegilibilidade do nobre edil. Motivo: Zé Carlos que pegou 3 anos de reclusão por peculato. Naquele rolo com o Jair Santos (que ameaçou a Arialba Freire e este editor), e o “Xiru”. Comenta-se que o recurso desta conedenação deu zebra no TJ-PR, mas isso é assunto para outra hora…

JUSTIÇA ELEITORAL DETERMINA QUE PHELIPE MANSUR REGULARIZE INSERCÕES DE RÁDIOS

Material de campanha não menciona nome do vice-prefeito da coligação, Roberto Apelbaum (PMDB), e também não apresenta a denominação da chapa nem dos partidos que a compõem

O juiz eleitoral Geraldo Dutra de Andrade, de Foz do Iguaçu, determinou nesta segunda-feira (29) que o candidato a prefeito Phelipe Mansur (Rede), da coligação “O Novo Que a Gente Quer”, regularize material de campanha veiculado em emissoras de rádio local em desconformidade com a legislação eleitoral.

A representação foi proposta pela coligação “Mudança Segura”, do candidato a prefeito Chico Brasileiro (PSD), apontando que as inserções de rádio deixam de mencionar o nome do vice-prefeito da coligação de Mansur, Roberto Apelbaum (PMDB), e também não apresentam a denominação da chapa nem dos partidos que a compõem.

Conforme destaca o juiz na decisão, resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determina que a propaganda eleitoral, de qualquer forma ou modalidade, deve mencionar as legendas partidárias envolvidas na coligação, bem como, nas campanhas majoritárias, fazer menção ao nome do vice-prefeito.

Mais informações: Decisão Liminar em 29/08/2016 – RP Nº 3518 DR. GERALDO DUTRA DE ANDRADE NETO no link abaixo. É só clicar, tá ligado?

autos_foz