Arquivo mensais:outubro 2016

Com ‘chora capeta’, Silas Malafaia comemora eleição de Crivella

Um dos expoentes da bancada evangélica, Crivella obteve 59% dos votos válidos contra 40% de Freix

Com 'chora capeta', Silas Malafaia comemora eleição de Crivella

Com ‘chora capeta’, Silas Malafaia comemora eleição de Crivella © REPRODUÇÃO / TWITTER

O pastor Silas Malafaia, presidente da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, se exaltou no seu perfil oficial do Twitter neste domingo, 30, ao comemorar a vitória do bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus, Marcelo Crivella (PRB) à prefeitura do Rio de Janeiro nestas eleições. Com manifestações que vão desde “Parabéns Cristãos” a “Chora capeta”, “Crivella venceu a intolerância, preconceito, manipulação jornalística, e o melhor, a esquerda comunista”, ele não poupou críticas ao PSOL, do candidato derrotado Marcelo Freixo (PSOL).

Um dos expoentes da bancada evangélica, Crivella obteve 59% dos votos válidos contra 40% de Freixo. Sobrinho do bispo Edir Macedo, fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, o prefeito eleito da capital fluminense contou com amplo apoio dos eleitores evangélicos e é o primeiro nome do PRB a assumir uma das principais capitais do País.

Desde 2010, Malafaia e Edir Macedo estavam de lados opostos nas eleições, mas com a disputa contra o PSOL, o presidente da Assembleia de Deus não deixou de comemorar a vitória de Crivella. Com informações de Estadão Conteúdo.

 

Felipe Borges, Ana Sátila e Pepê conquistam ouro no Campeonato Brasileiro de Canoagem Slalom 2016

images-1

Instituto Meninos do Lago tem maior número de pontos na competição

O atleta iguaçuense Felipe Borges, do Projeto Meninos do Lago, garantiu a medalha de ouro no C1 masculino sênior (canoa), no Campeonato Brasileiro de Canoagem Slalom 2016, disputado neste fim de semana, no Canal Itaipu, em Foz do Iguaçu. Ana Sátila, do Instituto Meninos do Lago, faturou seu oitavo título na competição pelo k1 (caiaque) feminino sênior e também no C1 feminino. Já Pedro Gonçalves, o Pepê, que treina no Canal, conquistou o hexa campeonato no K1 masculino. No C2 masculino sênior, a dupla vencedora foi Cassiano Alfredo e Welington Munhoz.

Um grande público compareceu para prestigiar a competição desde sexta-feira, 28, quando começaram as provas da segunda divisão. Neste domingo foram disputadas as semifinais e finais de K1, C1 e C2 das categorias menor, júnior, sênior e máster na primeira divisão. Os primeiros campeões brasileiros definidos no dia foram Adriano Lourenço e Thiago Zewes Fertosa, da IMEL, pelo C2 Masculino Júnior. Os atletas, naturais de Foz do Iguaçu, ficaram satisfeitos com desempenho. “Ganhamos algumas provas na categoria Iniciante, agora competindo na Oficial as dificuldades e o nível técnico aumentam. Felizmente conseguimos levar a medalha de ouro”, diz Adriano Lourenço.

Favoritismo confirmado
Ana Sátila confirmou seu favoritismo vencendo com facilidade no C1 feminino a atleta da APEN (Associação Pirajuense de Esportes Náuticos), Beatriz de Paula Simões Motta, que terminou a prova em segundo lugar e Omira Neta, irmã de Ana Sátila, completou o pódio. Sátila ainda garantiu ouro pelo K1 feminino sênior pela oitava vez em sua carreira “Estou muito feliz, estava muito leve, fiz uma boa prova e contente por ganhar aqui no Canal Itaipu representando o Instituto Meninos do Lago” diz Ana.

Omira Neta também garantiu sua segunda medalha do dia ao sagrar-se campeã pelo K1 feminino Júnior. No K1 feminino menor, a campeã brasileira foi Sabrina Bueno, da Associação Pirajuense de Esportes Náutios (APEN).

Na modalidade com maior número de embarcações o K1, atletas de Piraju venceram em três das quatro categorias disputadas. Pela categoria menor o atleta Jefferson Ferreira foi o campeão com o tempo de 168.81 segundos. No K1 masculino júnior, o grande campeão foi Daniel Negrão, que garantiu o ouro ao terminar a prova com o tempo de 93.06. Guilherme Rodrigues foi o segundo mais rápido (97.48) e Lucas Boretti o terceiro colocado (147.96).

Pepê

Pedro Gonçalves conquistou o ouro no K1 masculino sênior pela sexta vez na carreira e mantém o bom desempenho que apresentou nos Jogos Olímpicos Rio 2016. “É sempre bom ter o gostinho da vitória; este ano foquei nos Jogos Olímpicos, fiz meu máximo mesmo fora da minha melhor forma” comenta Pepê. Completaram o pódio os canoístas Anderson Oliveira e Fábio Rodrigues com prata e bronze respectivamente. Na categoria máster o campeão foi Enio Winkler, de São José do Rio Pardo, São Paulo. Thiago Ganeo conquistou a prata, e Gustavo Gozzo, o bronze.

O campeão brasileiro do C1 masculino menor foi o atleta da Associação de Canoagem de Piracicaba (ASCAPI) Lucas Moreton. No C1 masculino Júnior a disputa pelo primeiro lugar foi muito apertada, Gustavo Selbach Júnior conquistou o lugar mais alto do pódio ao terminar sua descida em 100.95 segundos, Denis Quellis ficou em segundo com apenas 2 segundos de diferença, Willian Oliveira completou o pódio da prova. “Gosto muito de competir aqui no Canal Itaipu. Já é a terceira competição que eu participo. É sempre bom remar aqui em Foz”. No C1 masculino sênior o atleta olímpico Felipe Borges venceu a prova mais disputada do evento.

A última prova do dia foi o C2 masculino sênior. Os atletas Cassiano Alfredo e Wellington Munhoz ficaram no lugar mais alto do pódio. Maicon Borba e Carlos Silva ficaram com a prata e os irmãos gêmeos Wallan e Weltton Carvalho terminaram na terceira colocação.

Avaliação
De acordo com João Tomasini Schwertner, presidente da Confederação Brasileira de Canoagem, o campeonato mostrou a evolução e o crescimento das categorias juniores. “Há uma nova safra de atletas com um bom desempenho e isso ficou claro no evento”.

Para o superintendente de Comunicação da Itaipu Binacional, Gilmar Piolla, o evento superou as expectativas e reforçou ainda mais os laços da empresa com a canoagem. “São 10 anos de atividades, competições e parcerias que mudaram o status da modalidade. Iniciamos em 2006, com a reforma do canal e o licenciamento para uso esportivo. Depois com a implantação do projeto social, também sediamos eventos nacionais e internacionais que entraram para a história da Canoagem Brasileira”.

Premiação por equipes

O Campeonato Brasileiro de Slalom não se resume apenas às disputas dos atletas, as oito associações participantes do evento também disputavam ponto a ponto o título de campeã brasileira por equipes. A associação anfitriã Instituto Meninos do Lago (IMEL) foi a grande vencedora com a pontuação de 1.985. A APEN (Associação Pirajuense de Esportes Náuticos) foi a segunda colocada com 1.450 e a Associação de Canoagem e Piracicaba (ASCAPI) conquistou a terceira colocação.

Esporte aliado à natureza

O canal onde são praticados os treinos e competições de Canoagem Slalom é também um local para a procriação de espécies aquáticas. Enquanto os canoístas davam um show na água, cardumes de peixes faziam o caminho inverso dando um espetáculo à parte. Para Carla Canzi, gerente de divisão do reservatório da Itaipu Binacional isso é uma amostra de que o canal artificial é uma compatibilização de uso altamente sustentável.

“Esse foi um momento de beleza para a pessoa leiga, mas para nós que estamos em uma longa caminhada de estudos só demonstra que a prática da canoagem pode coexistir no mesmo espaço que os peixes, mostrando o quão sustentável é o canal”.  O Canal Itaipu faz parte do Parque da Piracema, complexo construído para a procriação de peixes, onde já foram catalogadas mais de 200 espécies.

O Campeonato Brasileiro de Canoagem Slalom foi realizado pela Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa) e Academia Brasileira de Canoagem (ABraCan); patrocínio oficial do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) por meio da Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte, GE do Brasil e Itapu Binacional.

Sincericídio conjugal

Leiam o que publicou a coluna Painel, da Folha:

“Em uma das visitas ao marido, Isabela Odebrecht ouviu de Marcelo: ‘Nossa, foram presos uns caras barras-pesadas aqui’.

A mulher do empreiteiro pareceu responder sem pensar, segundo pessoas com acesso à carceragem da PF: ‘E você acha que é o que para estar aqui?’.”

Sincericídio conjugal.

SONECAS 

Por conta de desentendimentos com os colegas, Marcelo Odebrecht voltou a ficar sozinho em uma cela na carceragem de Curitiba. Os outros presos reclamam que ele anda muito emotivo, principalmente após receber visita de familiares. O hábito de se exercitar bem cedo também incomodava os companheiros.

DH elucida crime minutos após o homicídio

20161028_105528

Na madrugada desta sexta-feira (28), a Delegacia de Homicídios Polícia Civil realizou a prisão em flagrante de Dorcivaldo Moreira da Silva, 44 anos de idade, no bairro Campos do Iguaçu, pela suspeita da prática do crime de homicídio qualificado (feminicídio).

Por volta das 4 horas da manhã, Investigador de Polícia plantonista foi acionado para atender um crime, na rua Capibaribe, ao lado do Barracão de Reciclagem. No local, encontrava-se o corpo de Margarida Estela dos Santos com várias lesões de cortes na face. Ainda foi possível constatar varias pegadas de sangue entre o corpo da vítima até uma porta de acesso ao barracão, o qual dava entrada a uma sala trancada com correntes onde foi localizado o autor do crime que apresentava sinais de embriaguez, sendo encontradas próximas a ele duas calças com manchas de sangue. Apurou-se que o suspeito e a vítima mantinham relacionamento afetivo e as brigas entre o casal eram frequentes.

Segundo o Delegado da Especializada, Dr. Carlos Eduardo Pezzette Loro, o rápido esclarecimento do crime se deu devido ao ótimo trabalho realizado pelo Investigador plantonista no local do crime, que mesmo sem testemunhas presenciais, conseguiu angariar elementos suficientes para a prisão em flagrante.

Diante dos fatos, Dorcivaldo foi encaminhado a Delegacia da Polícia Civil, onde foi ouvido pela Autoridade Policial que lavrou o flagrante delito pela prática do crime de homicídio qualificado. O autor do delito se encontra na carceragem provisória da 6ª Subdivisão Policial a disposição da justiça.

A conexão Uruguai da família Lula

IstoÉ

Lava Jato investiga se mansão em Punta Del Este pertence ao ex-presidente petista. Esquema seria semelhante ao do tríplex no Guarujá e ao do sítio em Atibaia. Seu filho caçula, depois de implicado por delatores da Odebrecht, já arrumou um emprego no país vizinho

A conexão Uruguai da família Lula

lula

As investigações sobre o patrimônio oculto do ex-presidente Lula ultrapassaram as fronteiras do Brasil. Depois de identificarem ligações do ex-presidente com imóveis suspeitos em solo nacional, como o tríplex no Guarujá, o sítio em Atibaia e uma cobertura em São Bernardo do Campo, procuradores do Ministério Público Federal (MPF), integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato, apuram se uma mansão em Punta Del Este, no Uruguai, pertence a Lula. A investigação foi iniciada em agosto. O esquema seria semelhante ao adotado pelo petista para as outras propriedades utilizadas por ele no Brasil. No modus operandi tradicional, os imóveis ficam registrados em nome de empresários amigos. Em troca de benesses e tráfico de influência no governo ou fora do País, Lula se transforma no dono real desses imóveis, com poder para deles usufruir quando bem entender, determinar quem entra e sai e até mesmo promover caríssimas reformas, mesmo que oficialmente as propriedades não figurem em seu nome. O que ISTOÉ revela agora é que essa prática se repetiria no Uruguai. Neste caso, a mansão – segundo colaboradores do Ministério Público Federal que estiveram em Punta Del Este – pertenceria a uma offshore ligada ao empresário Alexandre Grendene Bertelle, um dos donos da indústria de calçados Grendene e que, no Uruguai, é proprietário de um sem-número de casarões – entre os quais uma suntuosa casa na rua paralela à do imóvel suspeito de ter ligações com Lula – e sócio de empreendimentos bem-sucedidos como o Hotel e Cassino Conrad.

Leia mais

Greca vence em Curitiba

7out2016-rafael-greca-pmn-candidato-a-prefeitura-de-curitiba-participa-de-debate-do-2-turno-promovido-pela-band-tv-na-capital-paranaense-1475891486371_615x300
Rafael Greca (PMN) é eleito prefeito e volta a comandar Curitiba após 20 anos

O engenheiro e ex-ministro Rafael Greca (PMN) é o novo prefeito de Curitiba. Greca administrou a cidade entre 1993 e 96 — na época, filiado ao PDT — e volta ao Palácio 29 de Março com apoio do governador Beto Richa (PSDB) e de outros sete partidos (PMN, PTN, PSB, PT do B, PSDC e DEM). O candidato já havia tentado voltar à prefeitura em 2012, quando concorreu pelo PMDB e caiu no primeiro turno.

No segundo turno, Greca venceu o deputado estadual e administrador de empresas Ney Leprevost, que surpreendeu e deixou de fora da disputa do segundo turno o atual prefeito e candidato à reeleição Gustavo Fruet (PDT)

Aqui na fronteira perde Chico Brasileiro (PSD). Chico despachou vários de seus assessores à capital, mas não teve jeito, Greca venceu, e o Beto Richa (PSDB), idem. Paulo McD ganha porque está amarrado com o PSDB que apoiou Greca. O PMDB do Requião mais uma vez deu com os burros n’água. O Rede da Marina e do Phelipe Mansur foi um fracasso nas urnas em todo o país. Murchou!
Essa eleição em Curitiba “trincou” o cristal entre Richa e Ratinho (PSD) que aspira o governo do Estado em 2018 com o apoio do governador. Deixo de analisar o PT porque esse virou suco há tempos e seu apoio político mas atrapalha do que ajuda, por óbvio.
Ganha com o resultado o Osmar Dias do PDT, e perde seu irmão senador Alvaro Dias do PV, e mais um monte de traíras que ficaram em cima do muro esperando o homem do “diploma a distância” se fortalecer, debalde, deu o homem que não gosta de pobre.
Com esse resultado o tabuleiro xadrez da política paranaense terá novos e inusitados lances para 2018. Embolou o meio de campo.

 

Ponta Grossa: Rangel derrota Aliel

Marcelo Rangel (PPS) venceu a eleição em Ponta Grossa e é o novo prefeito com 55% dos votos. O derrotado Aliel Machado, da Rede, marcou 45%.

Maringá: Ulisses Maia vence

Ulisses Maia com 58% desbancou Silvio Barros, que marcou 41%, e se elege prefeito em Maringá.

Acompanhe as notícias da eleição pelo Brasil

Anderson Ferreira é eleito novo prefeito de Jaboatão dos Guararapes (PE)

Anderson Ferreira (PR) foi eleito o novo prefeito Jaboatão dos Guararapes (PE) neste domingo (30). Ele bateu Neco (PDT) no segundo turno das eleições municipais. Às 19h41, com 91,44% das urnas apuradas, Ferreira contabilizava 58,24% dos votos, enquanto seu adversário tinha 41,76%.

Filha do ex-governador João Lyra, Raquel Lyra (PSDB) é eleita prefeita de Caruaru

Raquel Lyra (PSDB) é a nova prefeita de Caruaru (PE), com 53,15% dos votos válidos. A filha do ex-governador João Lyra disputava o cargo com o peemedebista Tony Gel, que ficou com 46,85 dos votos na disputa em segundo turno Leia Mais

Kalil se diz “tranquilo”, se esquiva de Aécio e recebe parabéns de Pimentel

Eleito em Belo Horizonte (MG), Alexandre Kalil (PHS) fez o primeiro pronunciamento como prefeito. Durante coletiva realizada no início desta noite, o ex-presidente do Atlético-MG afirmou estar tranquilo, que vai descansar na próxima semana antes de começar o período de transição e que ainda recebeu um telefonema do governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), parabenizando-o pela vitória. Kalil ainda disse que agora é hora de “apaziguar os ânimos” e que já esperava a vitória desde o momento em que se candidatou. “Vamos conversar com todos, PSB, PT, PSDB, até com o Geraldo Alckmin [governador de São Paulo]. Vamos tentar conversar com as lideranças”, revelou. Perguntado se procuraria o senador Aécio Neves, que apoiou o candidato adversário João Leite (PSDB), Kalil se exaltou. “Só peço que me respeitem. Não quero ‘futriquinha’ de imprensa. Vou procurar quem eu acho que devo procurar”, completou.  Leia Mais

Kalil se diz "tranquilo", se esquiva de Aécio e recebe parabéns de Pimentel - Daniel Teobaldo/Estadão Conteúdo

Dr. Valter Suman vence disputa acirrada e é eleito prefeito de Guarujá (SP)

Dr. Valter Suman (PSB) foi eleito o novo prefeito de Guarujá, no litoral de SP, neste domingo (30), derrotando Haifa Madi (PPS). A disputa foi acirrada. Suman venceu com 50,84% dos votos, enquanto Madi conquistou 49,16%.  Leia Mais

Crivella agradece a Deus em discurso da vitória no Rio de Janeiro

O prefeito eleito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), agradeceu, neste domingo (30), em seu discurso da vitória, a “todos e a Deus”. “Ninguém vence sozinho. A gente é apenas aquele que se elege, um representante. É um momento de enorme emoção, sobretudo para mim, que já vinha tentando em várias ocasiões ser prefeito do Rio de Janeiro. Foi um momento inesquecível.”

Com 100% das urnas apuradas, Bernardo Rossi (PMDB) é eleito prefeito de Petrópolis (RJ)

Bernardo Rossi (PMDB) é o novo prefeito de Petrópolis (RJ) com 52,65% dos votos válidos. Ele disputava a prefeitura em segundo turno com Rubens Bomtempo (PSB), que obteve 47,35% dos votos Leia Mais

Em MG, 76 urnas foram substituídas; 53 foram em Belo Horizonte

Segundo o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), das 12.573 urnas utilizadas neste domingo (30), 76 precisaram ser substituídas (0,60% do total), sendo 53 delas em Belo Horizonte. No estado, as cidades com eleições no segundo turno foram Belo Horizonte, Montes Claros e Contagem.

Duarte Nogueira vence Ricardo Silva e é eleito prefeito de Ribeirão Preto (SP)

Duarte Nogueira (PSDB) venceu o segundo turno das eleições em Ribeirão Preto (SP) neste domingo (30), derrotando Ricardo Silva (PDT). Às 19h15, com 97,96% das urnas apuradas, Nogueirinha, como é conhecido, tinha 56,72% dos votos, enquanto seu adversário registrava 43,28%. Leia Mais

Líder estudantil vai a comitê de candidato derrotado em Curitiba

Matheus dos Santos, presidente da Upes (União Paranaense dos Estudantes Secundaristas), está no comitê de Ney Leprevost (PSC), em Curitiba. Filiado ao PCdoB, ele foi alvo de criticas por parte do vencedor Rafael Greca (PMN), que tentou vincular a campanha de Leprevost à ocupação das escolas estaduais por estudantes. Em debate, Leprevost admitiu que Santos trabalhou em sua campanha “como contratado e apenas no primeiro turno”. Jornalistas tentaram ouvir Santos, mas um assessor disse que ele não falaria, pois não está bem disposto.

Lauro Michels é reeleito prefeito de Diadema (SP) no segundo turno

O atual prefeito de Diadema (SP), Lauro Michels (PV), foi reeleito para o cargo neste domingo (30). Ele derrotou Vaguinho (PRB) no segundo turno das eleições municipais. Às 19h12, com 96,14% das urnas apuradas, Michels registrava 57,81% dos votos, enquanto Vaguinho tinha 42,19%.  Leia Mais

‘Nada termina hoje’, diz Freixo após perder eleição para prefeito do Rio

Em seu primeiro discurso após o anúncio da vitória de Marcello Crivella (PRB) no segundo turno das eleições para prefeito do Rio de Janeiro, o candidato derrotado Marcelo Freixo (PSOL) fez elogios ao papel da militância durante sua campanha e disse que “nada termina hoje”. “A campanha foi coletiva e é importante dizer aos adversários que não termina hoje. Nada termina hoje. É só o começo de uma luta muito grande e muito bonita”, afirmou o candidato.

'Nada termina hoje', diz Freixo após perder eleição para prefeito do Rio - Marco Antônio Teixeira/UOL

Derrotado em Porto Alegre, Sebastião Melo deseja sucesso a Marchezan

Sebastião Melo (PMDB), candidato derrotado em Porto Alegre (RS), fez seu pronunciamento por volta das 18h55, em seu comitê de campanha. “A política não começa nem termina na eleição. Desejo a ele [Nelson Marchezan Júnior, eleito pelo PSDB] sucesso na gestão, porque a cidade de Porto Alegre está acima da disputa eleitoral”, afirmou, dirigindo-se ao novo prefeito. “Muito obrigado, Porto Alegre, por esse reconhecimento”, agradeceu o atual vice-prefeito  Leia Mais

Apoiadores de Crivella comemoram eleição no Rio de Janeiro

No local escolhido para a comemoração da eleição de Marcelo Crivella (PRB), o Bangu Atlético Clube, na zona oeste do Rio, o resultado foi recebido aos gritos: “O Rio tem jeito, Crivella é prefeito”, entoavam os apoiadores, antes mesmo da chegada de Crivella. Entre os aliados que estão no local estão seu suplente no Senado, o presidente interino do PRB nacional, Eduardo Lopes, e o presidente da Câmara dos Vereadores do Rio, Jorge Felippe (PMDB).

Apoiadores de Crivella comemoram eleição no Rio de Janeiro - Júlio César Guimarães/UOL

Vereador José Crespo (DEM) é eleito o novo prefeito de Sorocaba (SP)

Com 58,39% dos votos válidos, o vereador José Crespo (DEM) é eleito o novo prefeiro de Sorocaba, no interior de São Paulo. Ele disputava a prefeitura com Raul Marcelo (PSOL), que obteve 41,61% dos votos Leia Mais

Dr. José Luiz Nanci é eleito prefeito em São Gonçalo (RJ)

O vencedor do segundo turno das eleições em São Gonçalo (RJ) já está definido. Dr. José Luiz Nanci (PPS) foi eleito prefeito da cidade neste domingo (30), derrotando Dejorge Patricio (PRB). Às 18h58, com 96,61% das urnas apuradas, Nanci registrava 53,95% dos votos, enquanto Patricio tinha 46,05%.  Leia Mais

Bruno Siqueira derrota Margarida Salomão e é reeleito em Juiz de Fora (MG)

O atual prefeito de Juiz de Fora (MG), Bruno Siqueira (PMDB), foi reeleito neste domingo (30), no segundo turno das eleições municipais. Às 18h54, com 93,83% das urnas apuradas, Siqueira registrava 58,03% dos votos, contra 41,97% da adversária Margarida Salomão (PT).  Leia Mais

Freixo é recebido na Cinelândia com saudações e gritos de “fora, Crivella”

Após a confirmação da eleição de Marcelo Crivella (PRB) como prefeito do Rio de Janeiro, o candidato derrotado Marcelo Freixo (PSOL) chegou por volta de 18h45 à Cinelândia, no centro da cidade, onde seus eleitores acompanham a apuração dos votos. Freixo foi recebido aos gritos de “uh, é o Freixo” e com palavras de ordem contra o candidato vencedor. MIlitantes repetiam “fora, Crivella” e “ão ão ão, vai ter oposição”. Alguns mais emocionados se abraçaram e choraram. Além disso, houve gritos de “fora, Temer”. A vice de Freixo, Luciana Boiteux, também recebeu saudações. Os militantes gritaram, ainda, que a dupla “os representa”.

Freixo é recebido na Cinelândia com saudações e gritos de "fora, Crivella" - Marco Antônio Teixeira/UOL

Clodoaldo Gazzetta (PSD) é eleito prefeito de Bauru, no interior de SP

Clodoaldo Gazzetta (PSD) é o novo prefeito de Bauru, com 60,09% dos votos válidos. Ele disputava o cargo com Raul Gonçalves Paula, do PV, que obteve 39,91% dos votos até 18h55, com 94,06% das urnas apuradas Leia Mais

PM de Minas Gerais registrou três ocorrências eleitorais neste domingo

A Polícia Militar de Minas Gerais (MG) registrou três ocorrências contra o sistema eleitoral ao longo deste domingo. Em BH, a presidente da zona eleitoral 334, na Escola Municipal Conego Raimundo Trindade, foi desacatada por um eleitor, que depois de pedir para que ela usasse seu “jogo de cintura” para que ele pudesse votar, causou tumulto e ameaçou mesários. Ele foi levado para a sede da Polícia Federal. Ainda em Belo Horizonte, dois homens foram presos por consumir e vender bebida alcoólica durante o período eleitoral. Em Montes Claros, um veículo com a propaganda eleitoral do candidato Humberto Souto (PPS) estava estacionado sobre uma calçada com a parte traseira virada para a portaria do Colégio Imaculada Conceição. A proprietária do veículo, que tem mais de 60 anos, alegou que tinha deixado o veículo no local para ir assistir à missa. A PM identificou o ato como crime eleitoral e o veículo foi autuado, apreendido e levado para o pátio, mas a dona do carro deixou de ser conduzida por ser idosa.

Pozzobom vence por 226 votos de diferença e é eleito em Santa Maria (RS)

Por 226 votos de diferença, Pozzobom (PSDB) foi eleito neste domingo (30) prefeito de Santa Maria (RS). A disputa acirrada no segundo turno das eleições municipais foi contra Valdeci Oliveira (PT), que teve 49,92% dos votos, com 100% das urnas apuradas. Pozzobom ficou com 50,08% dos votos.  Leia Mais

Washington Reis (PMDB) vence em Duque de Caxias (RJ)

O deputado federal Washington Reis (PMDB) foi eleito neste domingo (30) prefeito de Duque de Caxias (RJ), na Baixada Fluminense. O peemedebista, que já havia sido prefeito entre 2005 e 2008, venceu no segundo turno o deputado estadual Dica (PTN). Ele também havia sido o primeiro colocado no primeiro turno, quando obteve 149.782 votos (35,76%). Nascido em Duque de Caxias, Reis tem 49 anos e começou carreira política em 1993, como vereador. No ano seguinte, se elegeu deputado estadual e permaneceu no cargo até 2004, quando, aos 37 anos, tornou-se o mais jovem prefeito de Duque de Caxias. Em sua campanha, Reis prometeu ampliar a pavimentação da cidade em mais de 300 quilômetros e construir uma usina de reciclagem para o lixo.  Leia Mais

Washington Reis (PMDB) vence em Duque de Caxias (RJ) - Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados

Napoleão Bernardes (PSDB) é reeleito Blumenau (SC)

Napoleão Bernardes (PSDB) vai governar Blumenau (SC) por mais 4 anos. O tucano venceu a disputa em 2º turno com Jean Kuhlmann (PSD), que obteve 42,22% com 97,71% das urnas apuradas às 18h47 Leia Mais

Humberto Souto é eleito prefeito em Montes Claros (MG)

Em Montes Claros, Humberto Souto (PPS) foi eleito prefeito neste domingo (MG), derrotando Ruy Muniz (PSB). Às 18h42, com 83,44% das urnas apuradas, Souto tinha 65,2% dos votos, enquanto Muniz registrava 34,67%. Leia Mais

Mulher de Gustavo Fruet compara prefeitos eleitos em SP, Rio e Curitiba a Cavaleiros do Apocalipse

A mulher do prefeito de Curitiba Gustavo Fruet, Márcia Fruet, publicou mensagem em seu Twitter na qual comparou os prefeitos eleitos em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba aos Cavaleiros do Apocalipse. “Dória, Crivella e Greca. Cavaleiros do Apocalipse. Deus deve saber o que faz…”, disse a primeira-dama de Curitiba em sua conta pessoal. Leia Mais

Rodrigo Neves derrota Felipe e é reeleito em Niterói (RJ)

Rodrigo Neves (PV) derrotou Felipe (PSB) no segundo turno das eleições em Niterói (RJ) e foi reeleito prefeito da cidade neste domingo (30). Por volta das 18h35, com 93,48% das urnas apuradas, Neves contava 58,2% dos votos, enquanto seu adversário tinha 41,8%.  Leia Mais

Marcelo Crivella é o novo prefeito do Rio de Janeiro com 59,16% dos votos

Com 59,16% dos votos válidos, Marcelo Crivella (PRB) é eleito o novo prefeito do Rio de Janeiro. 92,24% das urnas foram apuradas. Seu adversário, Marcelo Freixo (PSOL) ficou com 40,84% dos votos. Em sua terceira tentativa, o senador e bispo neopentecostal licenciado Marcelo Crivella ganhou a disputa no Rio de Janeiro no segundo turno da eleição, neste domingo (30). A vitória do religioso, sobre o deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL), é também a primeira do PRB (Partido Republicano do Brasil) em uma capital Leia Mais

Marcelo Crivella é o novo prefeito do Rio de Janeiro com 59,16% dos votos - YASUYOSHI CHIBA/AFP

Apoiadores de Crivella comemoram aos gritos atualização da apuração no Rio

Apoiadores que aguardam a chegada do senador Marcelo Crivella (PRB) no Bangu Atlético Clube, na zona oeste do Rio de Janeiro, comemoraram aos gritos a atualização da apuração dos votos registrados no segundo turno das eleições para a prefeitura. Com 88,08% das urnas apuradas, Crivella tem 59,07% dos votos válidos e seu adversário, o deputado Marcelo Freixo (PSOL), 40,93%. A diferença entre os dois era mais próxima no início da apuração, quando o resultado ficou travado por alguns minutos. A previsão é que o senador chegue ao local até as 19h e fale com jornalistas em um salão que foi reservado por sua assessoria para a imprensa, mas está tomado por dezenas de militantes. Em seguida, ele deve se dirigir ao ginásio do clube, onde estão concentrados cerca de 200 apoiadores.

Na Cinelândia, apoiadores de Freixo acompanham apuração

O sociólogo e especialista em segurança pública Luiz Eduardo Soares, que passou a apoiar Marcelo Freixo no segundo turno da eleição para prefeito do Rio, acompanha a apuração dos votos na praça da Cinelândia, ponto de concentração dos eleitores do candidato do PSOL. “É muito difícil, mas a história política sempre nos reservou grandes surpresas. Temos que acreditar até o último voto ser contado.” Soares afirmou que, apesar de as pesquisas apontarem para a vitória do oponente, Marcelo Crivella (PRB), acredita em uma reviravolta. No primeiro turno, Soares integrava a Rede, partido do candidato derrotado Alessandro Molon. Posteriormente, o sociólogo deixou a legenda e declarou apoio a Freixo.

Samuca Silva é eleito prefeito de Volta Redonda (RJ)

Volta Redonda (RJ) já tem prefeito eleito neste domingo (30). Às 18h28, com 99,54% das urnas apuradas, Samuca Silva (PV) registrava 54,67% dos votos, contra 45,33% de Baltazar (PRB).  Leia Mais

Waguinho (PMDB) é o novo prefeito de Belford Roxo (RJ)

Waguinho (PMDB) é o novo prefeito de Belford Roxo (RJ) com 56,99% dos votos. O peemedebista disputava o cargo com Dr. Deodato (DEM), que obteve 43,01% dos votos Leia Mais

Anderson Ferreira é eleito prefeito de Jaboatão dos Guararapes

Edivaldo Holanda Júnior (PDT) é reeleito prefeito de São Luís - Reprodução/Facebook Edivaldo Holanda Junior

Edivaldo Holanda Júnior (PDT) é reeleito prefeito de São Luís

Veja a história de Geraldo Julio (PSB), prefeito reeleito do Recife -

Veja a história de Geraldo Julio (PSB), prefeito reeleito do Recife

Veja a trajetória de Arthur Virgílio Neto, reeleito prefeito de Manaus - Edmar Barros/Futura Press/Folhapress

Veja a trajetória de Arthur Virgílio Neto, reeleito prefeito de Manaus

Dr. Valter Suman vence disputa acirrada e é eleito prefeito de Guarujá (SP)

Herdeiro de Eduardo Campos, Geraldo Julio (PSB) é reeleito no Recife - Reprodução/Facebook

Herdeiro de Eduardo Campos, Geraldo Julio (PSB) é reeleito no Recife

Tucano Arthur Virgílio Neto é reeleito prefeito de Manaus - Reprodução/Facebook

Tucano Arthur Virgílio Neto é reeleito prefeito de Manaus

10 GIFs resumem com humor as reações após Crivella ser eleito no Rio - Divulgação/PRB

10 GIFs resumem com humor as reações após Crivella ser eleito no Rio

Conheça Alexandre Kalil (PHS), prefeito eleito de Belo Horizonte -

Conheça Alexandre Kalil (PHS), prefeito eleito de Belo Horizonte

Veja a história de Roberto Claudio (PDT), prefeito reeleito em Fortaleza - Reprodução/Facebook

Veja a história de Roberto Claudio (PDT), prefeito reeleito em Fortaleza

Acompanhe a apuração das urnas de várias cidades pelo Brasil

Mais notícias

Embarcação a serviço da Justiça Eleitoral afunda no Amapá

A maré alta fez com que a água inundasse a embarcação. O equipamento para a Eleição foi salvo e o sinistro não comprometeu a votação nas localidades.

 

O barco “Deus nos Guie II” a serviço do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá afundou enquanto estava ancorado na localidade de Ipixuna Miranda. A embarcação foi contratada para atender as comunidades ribeirinhas da capital amapaense.

A equipe a serviço da Justiça Eleitoral já estava em terra nas comunidade de Carapanatuba, São Raimundo e Ipixuna Miranda, durante o incidente.

De acordo com informações do Diretor-Geral do TRE/AP, Dr. Veridiano Colares, o acidente ocorreu hoje pela manhã, quando o barco estava ancorado. Conforme o relato, a maré alta fez com que a água inundasse a embarcação. O equipamento para a Eleição foi salvo e o sinistro não comprometeu a votação nas localidades.

O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) já tomou as providências para que nada prejudique o pleito na região. O TRE também já enviou outra embarcação para trazer a equipe de volta à sede da cidade após a execução do processo eleitoral. As informações são do TSE.

Ex-vereador Rodrigo Cabral terá que usar tornozeleira eletronica

download-1

Ex-vereador Rodrigo Cabral (FOTO) foi condenado em regime semi aberto a 4 anos, 11 meses e 10 dias por lavagem de dinheiro na Operação Federal Sustenido (antecessora da operação Bemol). A sentença partiu da 13ª vara criminal de Curitiba (especialista em lavagem de dinheiro, do juiz Fernando Moro).
Cabral recorreu ao TRF 4 que manteve a sentença em sua íntegra. E como o STF decidiu que condenados em segunda instancia devem começar a cumprir a pena, assim que chegar a decisão do TRF 4 a VEP de Foz do Iguaçu, Cabral deverá ser preso por uns 30 dias ou mais, na sequencia deverá ganhar uma tornozeleira na canela por cerca de 10 meses, e, durante o total cumprimento da pena, terá seus direitos restringidos.
Idêntico ao procedimento adotado com o vereador Zé Carlos.

Justiça derruba quebra de sigilo telefônico de colunista da Época

 A decisão de juíza de primeira instância, que impôs a quebra do sigilo telefônico de um jornalista da revista Época, está suspensa. Em parecer divulgado na noite de quarta-feira, 26, o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) deferiu liminar em favor de Murillo Ramos, que assina a coluna ‘Expresso’ na publicação mantida pela Editora Globo. No começo do mês, a análise anterior, que colocou o comunicador como alvo do Judiciário, foi duramente criticada por entidades jornalísticas, que consideraram o caso como inconstitucional.

tribunal

Responsável pela decisão no TRF-1, o desembargador Ney Bello ressaltou que um jornalista não está imune à Justiça, mas ressaltou que o parecer anterior – da juíza Pollyanna Kelly Alves, da 12ª Vara Federal de Brasília – vai contra a Constituição Federal, uma vez que era ordenado que Ramos revelasse a fonte que teria vazado o relatório do Conselho de Controle das Atividades Financeiras (Coaf) contendo nomes de “brasileiros suspeitos de manter contas secretas na filial suíça do HSBC, no escândalo conhecido como SwissLeaks”. O material rendeu pauta para a Época em 2015.

Em seu site o TRF1, informa que a liminar atendeu ao habeas corpus impetrado pelo advogado José Perdiz de Jesus e pela Associação Nacional de Editores de Revista (Aner) “em defesa do direito fundamental à liberdade de imprensa e do direito à preservação e sigilo da fonte”. Bello concordou com o pedido. “O dever de investigar atos ilícitos praticados por terceiros não tem mais peso constitucional que o direito a uma imprensa livre. Se é certo que a sociedade precisa de segurança jurídica, também é certo que precisa de uma imprensa sem medo e sem amarras para que persiga o seu desiderato republicano e democrático”, escreveu o magistrado.

No caso envolvendo o colunista da Época, o desembargador comentou, ainda, que Murillo Ramos não é suspeito de nenhum crime e que, com isso, não poderia ter o sigilo telefônico quebrado para que a Polícia Federal investigasse “terceiros” que teria cometido a ilegalidade de repassar a um órgão da comunicação social documento que deveria ser mantido sem publicidade. Ao reportar a derrubada do sigilo contra um de seus funcionários, a Época ressaltou que a decisão de Ney Bello foi monocrática e que o caso ainda será examinado pela Terceira Turma do TRF1 – encontro que ainda não tem data definida para ocorrer.

Ministro do STF derruba direito de resposta de Crivella contra a Veja

Diferentemente do entendimento do juiz Marcello Rubioli, o ministro do STF pontuou que o conteúdo veiculado pela revista representou “atividade jornalística” – análise que vai contra a reclamação de Crivella aceita pela instância inferior, inclusive com o representante do TRE fluminense citando que o veículo da Editora Abril teria produzido material que resultou em “propaganda difamatória”. Zavascki sugeriu que a decisão vinda da Justiça Eleitoral não bate com o direito à liberdade de expressão.

“Na hipótese, são pertinentes os argumentos trazidos pela reclamante, em especial o de que a ordem de retirada de conteúdo jornalístico tem caráter de censura estatal”, publicou Zavascki, ao lembrar que o juiz do TRE-RJ chegou a ordenar que a revista recolhesse os banners espalhados pela capital fluminense anunciado a reportagem “estrelada” por Crivella – que aparece em destaque com imagens no momento em que foi fichado pela polícia em 1990.

crivella-veja
Crivella: momento em que foi fichado virou notícia para a reportagem da Veja

Ao se posicionar em favor da empresa de comunicação, representada no caso pelo advogado Alexandre Fidalgo, Zavascki resgatou decisões chanceladas por colegas de Supremo que se colocaram em favor da liberdade do trabalho produzido por jornalistas e veículos de comunicação. Ele reproduziu declaração – de 2014 – do ministro Gilmar Mendes a respeito do que acontece com a imprensa em períodos de pleitos. “O próprio TSE já demonstrou preocupação com a possibilidade de cerceamento da imprensa escrita durante o processo eleitoral”.

A capa e a reportagem
Produzida especialmente para os leitores do Rio de Janeiro, a última capa da Veja estampa fotos em que Marcelo Crivella, senador que concorre à prefeitura do Rio de Janeiro pelo PRB, aparece no momento em que foi fichado pela polícia. Como manchete, a revista definiu que estava apresentando o material que o candidato escondia há 26 anos. Na reportagem, assinada pela dupla Leslie Leitão e Thiago Prado, a publicação reservou cinco de suas 124 páginas para explicar a situação enfrentada pelo hoje político na ocasião. Crivella, por sua vez, reclamou, chegou a ser desmentido pelo veículo e, mesmo assim, recorreu à Justiça Eleitoral para obter direito de respos

MPF DENUNCIA PALOCCI POR CORRUPÇÃO E LAVAGEM DE DINHEIRO
PETISTA É ACUSA DE CORRUPÇÃO ATIVA, PASSIVA E LAVAGEM DE DINHEIRO

O MPF pediu que a Justiça Federal bloqueie R$ 284.696.735,92 de todos os acusados. O valor corresponde a 0,9% dos contratos firmados entre a Sete Brasil e a Petrobras e também ao valor correspondente à lavagem de dinheiro.

Como ressarcimento total, os procuradores solicitaram ao juiz federal Sérgio Moro que seja determinado o pagamento total de R$ 505.172.933,10, caso eles sejam condenados. Segundo o MPF, esse valor corresponde ao dobro das propinas pagas aos agentes públicos envolvidos no caso.

Italiano

Conforme a Polícia Federal e o Ministério Público Federal, a partir de uma planilha apreendida durante na 35ª fase da operação Lava Jato, identificou-se o pagamento de R$ 128 milhões ao PT e seus agentes, incluindo Palocci. Além disso, afirmam os investigadores, restou um saldo de propina de R$ 70 milhões. O montante era destinado também ao ex-ministro para que ele os gerisse no interesse do PT.

Esta planilha era chama de “Posição Programa Especial Italiano” e usava, segundo investigados, o termo “italiano” como codinome para se referir ao ex-ministro.

PITACO: MPF sustenta que Palocci, ex ministro de Lula e Dilma,  tem um bilhão de dólares mocozados em um banco em Miami.