TULIO BANDEIRA REQUER PRISÃO DOMICILIAR AO TRF 4

Advogado Tulio Bandeira, que está com prisão preventiva decretada, requereu ao desembargador relator da Pecúlio que reveja sua decisão e lhe conceda o direito de prisão domiciliar alegando problemas de saúde.

GERALDO BIESEK SE ENTREGA

E o ex-presidente da Fundação de Saúde Geraldo Biezek apresentou-se a Polícia Federal neste final de semana acompanhado de seu advogado. Biezek teve prisão temporária decretada pelo juiz Pedro Aguirre, da Pecúlio.

VEREADORA ANICE VAI CONTINUAR NA TRANCA

Vereadora Anice Nagib teve o pedido de prisão domiciliar indeferido pelo juiz doutor Pedro Aguirre, da Pecúlio. Alegou estar doente, entretanto, o magistrado asseverou que apenas um atestado médico não é suficiente para comprovar doença, e, se fosse o caso, deveria pedir para ser transferida ao complexo médico penal, e não para casa. Faiô!

PITACO: Bacana quando entra em cana a primeira coisa que acontece é ficar “dodói”.  A Justiça anda de antena em pé quanto a isso.

veja o despacho do Doutor Pedro Aguirre

15622560_10207939822589559_2900007982857160537_n

“A NOSSA VEREADORA”

As presas do pavilhão de mulheres do Cadeião quando apagam as luzes as 21 hs (e as carcereiras não entram mais na área) começam a gritar “a nossa vereadora!” referindo-se a vereadora Anice Nagib que se encontra presa no local.

ZÉ BONITINHO

O apelido do vereador Queiroga na quadrilha da Pecúlio era Zé Bonitinho

O PAULO NÃO SE ENTREGA

Paulo McD entrou com dois recursos contra decisão do TSE. Um no próprio TSE (infringentes) e outro no STF. Isso tem nome: Chicana! Visa retardar nova eleição em Foz do Iguaçu. Paulo é mestre no mister.

CHICO RECORREU

Chico Brasileiro também recorreu ao STF pedindo que seja declarado prefeito eleito.

CAZUZA E SUAS PRESEPADAS

Os três políticos que o Cazuza levou para o Pros, entraram em cana. A saber: vereador Zé Carlos, preso duas vezes. Vereador Rudinei, preso (detalhe: Zé Carlos e Rudinei deixaram o partido). Tulio Bandeira fugindo para não ser preso, mas deverá ser pela segunda vez.
Soubemos que a PF colocou o nome dele na relação dos procurados pela Interpol. E o Valter Ramirez, alcunhado “cururu”, foi um espécie de coordenador do Pros na city. Um baita de um vexame. A dupla Cazuza/Cururu é do peru! Ué, até rimou!
O pessoal do Pros em Brasília está de cabelo-em-pé com as gambiarras do seu articulador político na fronteira. Rebordosa á vista.

PATRÍCIA FOI PARA CASA

TRF 4 concedeu prisão monitorada para a ex secretaria de Saúde Patrícia Foster.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *