Arquivo mensais:janeiro 2017

Ladrões algemados fazem ligação direta e escapam em Curitiba; VÍDEO

Situação ocorreu na sexta-feira (27), no Bairro Alto, em Curitiba.

Dupla tentou roubar de idosos roçadeira que custa mais de R$ 1 mil.

Do G1 PR

Uma dupla suspeita de tentar roubar um casal de idosos escapou de carro mesmo algemada e sem a chave do veículo, em Curitiba. Os dois tinham sido algemados por um vigilante que passava pela região, pouco tempo antes. A situação ocorreu no Bairro Alto, na manhã de sexta-feira (27), e foi registrada por um morador.

Segundo Admir Muchenski, de 64 anos, os suspeitos, um homem e uma mulher, chegaram à Rua Mucuri, em um Uno branco, enquanto ele e a esposa cortavam a grama de um cliente. Os idosos usavam uma roçadeira profissional, avaliada em mais de R$ 1 mil. Veja o vídeo AQUI

 

 

 

 

Ex-vereador de Cascavel condenado por peculato se entrega à polícia

Mandado de prisão contra Júlio Cesar Leme da Silva foi expedido no dia 26.

Político foi condenado a cinco anos de prisão em regime semiaberto.

Do G1 PR, com informações da RPC Cascavel

De acordo com a Justiça, Júlio Cesar Leme da Silva acumulou salários irregularmente entre maio de 2007 e dezembro de 2008 enquanto era presidente da Câmara de Vereadores de Cascavel (Foto: AEN / Divulgação)De acordo com a Justiça, Júlio Cesar Leme da Silva acumulou salários irregularmente entre maio de 2007 e dezembro de 2008 enquanto era presidente da Câmara de Vereadores de Cascavel 

O ex-vereador de Cascavel, no oeste do Paraná, Júlio Cesar Leme da Silva se entregou nesta terça-feira (31) à polícia. Contra ele havia um mandado de prisão expedido no dia 26 de janeiro pela 3ª Vara Criminal. O ex-parlamentar foi condenado a cinco anos de prisão em regime semiaberto por crime de peculato.

De acordo com a Justiça, Júlio Cesar acumulou salários irregularmente entre maio de 2007 e dezembro de 2008, quando era presidente da Câmara de Vereadores. As irregularidades fazem parte de uma denúncia apresentada pelo Ministério Público em 2012.

Em nota, os advogados do ex-vereador informaram que ele se apresentou espontaneamente na 6ª Subdivisão Policial (6ª SDP) em Cascavel e que comentarão o caso “em momento oportuno”. Eles disseram ainda que devem pedir por meio de revisão criminal que a sentença, já transitada em julgado, seja revista.

PT contra Gleisi e Lindbergh

download

Humberto Costa e Jorge Viana, defensores de Eunício Oliveira, estão de mal com Lindbergh e Gleisi Hoffmann, acusados pelos colegas em recente reunião do partido de “incitarem a militância” e “agirem como adversários”.

Detalha a coluna Radar:

“Em dado momento, os presentes lembraram que ninguém levantou a palavra quando o PT negociou com o PMDB o fatiamento do processo de impeachment de Dilma Rousseff, justamente no dia em que ocorreu o que eles chamam de golpe, e, por isso, atirar pedras contra a eventual aliança com Eunício seria patético.”

PT pode encolher para 2 senadores, em 2018

 

Dos dez senadores atuais, 8 enfrentarão as urnas em 2018

Condenado por improbidade administrativa em duas ações, Lindbergh pode ser enquadrado na Ficha Limpa e não poderá disputar a eleição.

A denúncia da PGR contra Gleisi foi aceita por unanimidade no STF. A acusação é de embolsar de R$1 milhão na roubalheira à Petrobras.

Atual vice-presidente do Senado, Jorge Viana (AC), é outro na mira da polícia. Ele seria o “menino da floresta” em planilhas da Odebrecht.

Ponto Final

“Sou a sanidade em pessoa”, do senador Roberto Requião (PMDB-PR) ao analisar as faculdades mentais de colegas.

Receita agropecuária deverá crescer 5,6% em 2017

images (3)

Neste ano os produtores voltarão a ter alta na receita. O Valor Bruto da Produção (VBP), faturamento da porteira pra dentro, deverá crescer 5,6% em 2017 na comparação com o ano passado, para R$ 573 bilhões – segunda estimativa da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). O resultado é atribuído principalmente às boas perspectivas de aumento da safra 2016/17 de grãos, de 15,3%. Desta forma, o setor agrícola terá elevação de 7,22% na receita bruta, que ficará em R$ 345,3 bilhões. O VBP da pecuária deverá crescer 2,76%, com estimativa de faturamento de R$ 202,6 bilhões, diante do incremento da produção de carne, aves, suínos e leite. Para a soja, responsável por quase 25% do VBP do setor agropecuário, o aumento da safra compensará a queda dos preços. Desta forma, o faturamento com a oleaginosa subirá 8,7% em relação a 2016, para R$ 139,2 bilhões. A receita do algodão terá alta de 10,1% na receita. Já a do milho crescerá 26,9% (R$ 64,7 bilhões), reflexo dos bons preços nos mercados interno e externo e do aumento da produção.

Fonte: CNA

Justiça decide soltar 5 políticos de Foz suspeitos de desvio de dinheiro

Além deles, ex-assessor de prefeito Reni Pereira deixou prisão.

Grupo foi preso no dia 15 de dezembro na Operação Pecúlio da PF.

Do G1 RS

Grupo foi preso em 15 de dezembro em operação da Polícia Federal (Foto: Reprodução/RPC)
Grupo foi preso em 15 de dezembro em operação da Polícia Federal 

O Tribunal Regional da 4ª Região (TRF-4), com sede em Porto Alegre, concedeu habeas corpus a quatro ex-vereadores e um vereador de Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná, investigados por desvio de dinheiro público. O grupo foi preso no dia 15 de dezembro na Operação Pecúlio da Polícia Federal.

Além deles, também deixou a prisão o ex-assessor do ex-prefeito Reni Pereira (PSB), Juarez Silveira dos Santos. Ele foi solto, mas recebeu uma tornozeleira eletrônica. Além disso, fica proibido de exercer função pública e contatar com outros investigados.

A decisão, da 7ª Turma do tribunal, concedeu parcialmente o habeas corpus aos réus que eram vereadores, mas não se reelegeram  em 2016. São eles: Fernando Henrique Duso, Paulo Ricardo da Rocha, Hermógenes de Oliveira e Paulo Cesar Queiroz

Os quatro ex-vereadores tiveram a prisão substituída por medidas cautelares como o pagamento de fiança de R$ 100 mil, proibição de contato com os outros réus e de acesso à prefeitura de Foz do Iguaçu.

Entre os vereadores reeleitos, apenas Rudinei Moura teve o habeas corpus concedido parcialmente devido à situação da esposa, que perdeu o bebê que esperavam e se encontra internada no Hospital de Clínicas de Curitiba. Ele deverá pagar fiança de R$ 100 mil e afastar-se da função pública até o julgamento da ação, além das outras sanções também arbitradas aos réus soltos.

Três vereadores tiveram habeas negado
Os vereadores reeleitos Edílio Dall’Agnoll, Darci Siqueira e Luiz Augusto Queiroga tiveram o habeas corpus negado por unanimidade pela turma. O desembargador federal Márcio Antônio Rocha, relator da decisão, entendeu que, caso fossem libertados, poderiam voltar a exercer a função pública e reincidir.

A vereadora Anice Gazzaoui teve o processo suspenso a pedido da defesa que apresentará novo habeas com nova documentação anexada. Os processos correm em segredo de Justiça.