Chile e Argentina iniciam processo para licitação de túnel binacional

 

 

 

 

 

O Túnel também permitirá a conexão com Porto Alegre. Valor da obra é orçado em US$1,5 bilhão

Autoridades dos dois países realizarão, em uma cerimônia em Santiago, a convocação de pré-qualificação de empresas para o projeto e a construção da obra de cerca de US$ 1,5 bilhão, que unirá a região chilena de Coquimbo e a província argentina de San Juan.

O túnel Água Negra, que terá 14 quilômetros de extensão, deve se transformar em um corredor bioceânico central, já que também permitirá a conexão com Porto Alegre, uma das zonas mais industrializadas do Brasil.

Autoridades chilenas têm estimado que a obra, que leva em conta os estudos de engenharia, expropriações territoriais e construção, pode estar concluída em um prazo de oito a dez anos.

Entre as principais vantagens do túnel internacional está que ele será construído em uma altura inferior à da atual passagem fronteiriça da zona, o que garantirá seu funcionamento o ano inteiro, apesar das intensas nevascas do inverno austral, que muitas vezes impedem a passagem de veículos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *