Mãe de Eliza Samúdio se manifesta sobre habeas corpus de Bruno

Sônia Moura se disse indignada e que a liberdade ao goleiro reacendeu a sua dor

A decisão do ministro Marco Aurélio Mello de soltar o ex-goleiro Bruno deixou a mãe de Eliza Samúdio indignada. Para Sônia Moura, o ex-atleta do Flamengo ficou preso por pouco tempo –  ele foi condenado a 22 anos e 3 meses de prisão em regime fechado pela morte e ocultação do cadáver da modelo (foto acima).

O momento é de muita indignação. Infelizmente não podemos confiar na Justiça dos homens, só na de Deus. É uma dor que reacende. Infelizmente, ele ficou menos de sete anos preso. Se ele está arrependido, eu não sei e não quero saber. Não me interessa”, disse Sônia ao jornal O Globo. Ela mora em Anhanduí, no Mato Grosso, e tem a guarda do neto Bruninho, filho de Bruno com Eliza.

Goleiro Bruno deixa prisão em Minas Gerais

Ex-atleta do Flamengo deixou a Apac acompanhado de um oficial de Justiça

A prisão do jogador já foi revogada no sistema do Tribunal de Justiça de Minas Gerais ainda na tarde de hoje. Ele foi autorizado a deixar a prisão após o ministro Marco Aurélio Mello, do STF, conceder um habeas corpus.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *