Escreveu, mas não leu

Do blog do Zé Beto 

Do Analista dos Planaltos

Herdeiro do clã Belinati em Londrina, o atual prefeito é sobrinho do famoso Antonio Casemiro, o “tio Bila”. Marcelo Martins Belinati foi vereador, perdeu a primeira eleição para prefeito e, depois de eleito deputado federal do PP, saiu para sua segunda disputa municipal sagrando-se vitorioso contra o PSDB de Beto Richa, que apoiava o candidato Valter Orsi. Acontece que Belinati, imitando Michel Temer, montou ampla base de apoio na Câmara Municipal (a mesma que em 2000 cassou seu tio Bila da Prefeitura), principalmente com o PTB do deputado Alex Canziani. Daí muita indicação para cargos comissionados e principalmente para a direção da telefônica Sercomtel, com Luiz Adati. O que Marcelo não esperava era a reação dos funcionários municipais que protocolaram uma denúncia de 23 páginas no Ministério Público Estadual, ação esta divulgada pelo blog “Paçoca com Cebola”, do jornalista Claudio Osti (que já está sendo processado por Adati: http://bit.ly/2rMwgIG). Nela se esmiuça até um possível trabalho de preparação da privatização da empresa e os erros jurídicos nas indicações políticas dos nomeados – tanto para o Conselho de Administração como na Diretoria. Detalhe cruel – copiam até o projeto 3624/15 de Belinati (http://bit.ly/2tDQVA3) para mostrar a ilegalidade do benefício para o aliado de ocasião (“com o objetivo de proibir indicações meramente políticas para os cargos de direção das empresas estatais.”) A sócia Copel só acompanha a movimentação dos bastidores políticos londrinenses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *