Ex-prefeito de Londrina é condenado a devolver mais de R$ 3 milhões aos cofres públicos

Tio Bila se estrepou novamente

Antônio Belinati também foi condenado a oito anos de suspensão dos direitos políticos. Ação investiga fraude em licitação em um contrato de 1998.

O ex-prefeito também foi condenado a oito anos de suspensão dos direitos políticos. A sentença é de terça-feira (27), foi proferida pela juiz Marcos José Vieira, e cabe recurso.

A denúncia foi aceita em 2002 e é o principal caso de corrupção da terceira gestão de Belinati. Ex-secretários que atuaram junto com Belinati, à época, também foram condenados.

G1 tenta contato com a defesa de Antônio Belinati.

Após ter o mandato cassado em 2000, Belinati se candidatou por duas vezes para prefeito de Londrina. Em 2004, foi derrotado por Nedson Micheleti (PT) no segundo turno. Em 2008, foi eleito prefeito de Londrina pela quarta vez. Ele venceu no segundo turno o deputado federal Luiz Carlos Hauly (PSDB), com 138.926 votos (51,73% dos votos válidos).

Porém, dois dias depois da eleição, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acatou um recurso do Ministério Público Eleitoral (MPE) que pedia a impugnação da candidatura, impedindo assim que Belinati assumisse o cargo.

Atualmente, o atual prefeito da cidade é o sobrinho dele – Marcelo Belinati (PP).

PITACO: Belinati responde a mais de 90 ações judicias, não sei como dorme.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *