Mandaram a operação Publicano chocar no STJ

Advogados de defesa dos réus da operação Publicano, da lavra do Ministério Público Estadual, conseguiram remeter o processo para o STJ, que decidirá quem vai julgar o caso: Se o juízo de primeira instância em Londrina ou o próprio STJ. O fato deu-se porque o governador Beto Richa vem sendo amplamente citado nos autos. A Publicano combateu uma quadrilha de auditores fiscais que agiam dentro da Receita Estadual. Coisa do arco da velha. Á decisão desagradou profundamente o MP. Agora a bichinha vai ficar chocando na gaveta do esquecimento do STJ por alguns anos.

A ilusão do Trem Pé Vermelho

(por Ruth Bolognese) – O que seria a locomotiva da campanha da vice-governadora Cida Borghetti ao governo, o famoso Trem Pé Vermelho, não vai sair do papel. Mesmo ligando Londrina a Maringá e passando por 13 ricas cidades do Norte e Noroeste do Paraná, é inviável, caro e sem demanda para justificar o investimento.

Não adianta nada a Belezura jogar seu charme e prever que as famílias sairão de suas cidades, pegarão um trem confortável e barato e viajarão , felizes, pelas belas paisagens do Paraná. O Trem Pé Vermelho custará R$1.8 bilhões, sem o material rodante, mais que o dobro do custo previsto pelos estudos realizados até agora.

No Brasil em crise, o BNDES, único banco oficial que poderia bancar parte do investimento, fechou as torneiras. E nem iria financiar uma obra que vai exigir subsídios governamentais para as passagens nos próximos 60 anos, pelo menos, para se tornar rentável. Pior do que isso, a demanda de passageiros é baixa e a conta custo-benefício não fecha nunca.

Belezura vai ter que achar outro projeto para sustentar a campanha eleitoral do ano que vem.

PITACO: A belezura, quando estava no Pros foi no bico doce do Cazuza, chamando-o de “homem muito preparado”. Cazuza falou pra ela que era graduado pela Unila… kkkkk

PECÚLIO MUDOU A SISTEMÁTICA DAS AUDIÊNCIAS

Juiz da Pecúlio doutor Pedro Aguirre entendeu de prosseguir com as audiências no caso do Reni Pereira, mas de forma diferenciada. Desde a semana passada essas audiências estão sendo feitas numa sala pequena da sede da Justiça Eleitoral onde só podem participar os advogados de defesa do réu e os depoentes. A imprensa não gostou, porque não podemos mais assistir ás sessões, e assim, não podemos informar á sociedade. Os depoentes quando saem não querem papo com nenhum jornalista. Advogados de outros réus também ficaram á ver navios..

E segue a procissão…

OPERAÇÃO DA PF EM CIMA DE CASAS DE CAMBIO

Deixou várias agencias tradicionais da cidade de porta fechada nesta quinta (28). Todo mundo com cara de guri cagado…

Quanto aos dois presos nada de dizerem os nomes… Você sabe?

Entenda o caso:

A legislação estabelece que, independentemente do valor da operação de câmbio, qualquer agente autorizado a comprar e vender moeda estrangeira, inclusive as agências de turismo que funcionam precariamente, deve identificar cabalmente os seus clientes e registrar todas as suas operações no Sistema Integrado de Registro de Operações de Câmbio (SISBACEN).
As provas produzidas no curso da operação demonstraram que as agências de turismo investigadas, atuavam sistematicamente à margem da lei. Elas não exigiam dos seus clientes documentos de identificação pessoal, não contabilizavam e nem comunicavam ao Banco Central a grande maioria das suas operações de câmbio.
O conteúdo da investigação será compartilhado com o Banco Central do Brasil, autarquia que fiscaliza as instituições que operam no mercado de câmbio.

Com assessoria da PF

CÚMULO DA VERGONHA:

Ser roubado por 13 anos por gente que nem sabe falsificar recibos…

TAL PAI, TAL FILHO

Filho de Romero Jucá acusado de rapinar 32 milhões. A fruta não cai longe do pé.

O SUPER INVESTIGADOR DO LEGISLATIVO

Vereador Brito mandou o Cazuza fazer vídeo e jogar no You Tube (a nova invenção do Cazuza) para explicar pra patuleia  a participação dele no protesto da Avenida Andradina. Vou dizer o que penso disso:
Políticos deveriam perder essa mania de explorar a miséria alheia. O caso da Andradina eclodiu porque o poder público não teve competência para fazer calçadas no local.  E o vereador Brito ao dirigir-se ao local pode ter criado falsas esperanças naquela comunidade carente, mesmo porque, vereador não faz obras, isso é mister do executivo.
Foz do Iguaçu anda cansada de tantos proselitismos políticos.

Á propósito: Cazuza, assessor do Brito, saberia nos dizer quantos projetos de lei o Brito já emplacou? Criou alguma lei de interesse coletivo?

DELEGADO FALOU A RÁDIO BAND FM

Nesta quinta (28) a delegada de polícia doutora Araci Carmen Costa Vargas falou á rádio Band FM sobre a matéria publicada ontem neste espaço da senhora que se viu impedida de fazer transplante de rim por desídia de servidores públicos de nossa cidade. Confirmou que inquérito policial será instalado para apurar a triste ocorrência.

VOU METER A MINHA COLHER DE PAU NESTE IMBRÓGLIO DO AÉCIO NEVES E O STF

Acho que o STF agiu muito bem ao julgar o caso do senador Aécio. Explico:
Quando o Aécio foi pilhado no grampo do Joesley Batista pedindo 2 milhões de reais, e o primo do Aécio foi filmado enchendo uma mala com parte da propina, o senado federal deveria mandar, imediatamente, o Aécio ao Conselho de Ética da casa. Como não o fizeram porque ali impera o espírito de corpo, não se corta na própria carne, e nessa o STF, provocado pela PGR, julgou o caso. E julgou muito bem! O Aécio não reúne mais condições de continuar senador da República! STF mandou o dublê de playboy e senador ficar em casa á noite, pianinho, pianinho. Demorô!
Na minha ótica deveria estar preso, para conhecer o cheiro do boi, já que, reza á lenda, gosta de cheirar…

A política nacional chegou ao fundo do poço.  Uma lástima!

VAR SER CRUEL

Dizer que o Bonato abandonou o curso de Direito da Unifoz porque não aguentou o rigor das aulas de Direito Constitucional do professor Renan Fava.

Então, tá.

QUE DUREZA!

Duro de engolir ser governado por um sacripanta que tem 97% de desaprovação. Acorda Brasil!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *