Arquivo mensais:outubro 2017

Aconteceu a exumação do finado Ademir morto na aduana

Nesta terça (31) finalmente aconteceu a exumação dos restos mortais do Ademir Gonçalves morto na aduana Brasil/Paraguai.

Dez (10) peritos fizeram-se presentes aos trabalhos. Oito da PF (vários vieram de Brasília) e dois da família do morto.

Surgiu um quiproquó porque o delegado da PF Emerson Rodrigues não permitiu que um dos peritos da família tirasse fotos do morto. Isso oportunizou para que os advogados da família peticionassem ao juiz do caso pedindo providencias. Até o fechamento dessa edição não tivemos acesso ao desfecho do caso.
Á direção da Polícia Federal emitiu comunicado avisando que nesta quarta (1) ás 14,30 hs haverá coletiva para falar deste rumoroso caso.

Um dos peritos da família chamado Levi Miranda, renomado, professor de faculdade, ficou fulo da vida com o delegado que não permitiu fotos. Achou um desaforo com o seu trabalho. Lembrando que foi por conta de um laudo do Levi que o juiz federal autorizou a exumação.
Levi, talvez por ser famoso é um tanto quanto excêntrico. Contei nos dedos dele mais de 10 anéis. Sua imagem me lembrou o Zé do Caixão. Com o devido respeito…


Perito carioca Davi Miranda, elegantérrimo

CAZUZA, AGAIN

Nesta terça (31) o Doutor Cazuza estava sendo esperado no 2º Jecrim para responder a uma nova bronca. Debalde, a exemplo de seu amigo Oliveirinha, pipocou!  Cazuza foi avisado na 6ª SDP da audiência, mesmo assim não foi.
Detalhe: no BO não constava o endereço dele, então auxiliei a conciliadora para que o procurasse no gabinete do vereador Brito na Câmara Municipal para ser intimado.

OLIVEIRINHA APARECEU!

Oliveirinha adora tirar foto com políticos…

Não é que o Oliveirinha apareceu no fórum nesta terça? Tudo porque o BO era a favor dele. Quando é contra ele some.

Vou contar a história desse BO:

Oliveirinha esteve na sede da prefeitura procurando por uma servidora concursada chamada Juliana Penayo. Queria obter informações para escrever. A servidora não quis falar nada, ponderou que estava em trabalho etc, etc, O que o Oliveirinha deveria ter feito? Agradecer e virar as costas. Não forçar a barra! Mas este sujeito estabanado não atua assim. O que seria uma simples conversa rápida evoluiu para um bate-boca que culminou com a servidora tendo se ferido no calor da discussão. Oliveirinha tirou o celular e tentou filmá-la, vejam só! Ninguém gosta de ser filmado sem sua autorização, não é?
Ato contínuo Juliana, que é advogada, pessoa esclarecida, foi a delegacia e fez um BO contra o Oliveirinha por difamação e lesão corporal. Assim que o Oliveirinha tomou conhecimento do BO, fez a mesma coisa. Registrou um BO contra a moça.

Esse foi o rolo do Doutor Oliveirinha com a Doutora Juliana.

Mais bronca

Um juiz criminal do fórum está prestes a julgar o Oliveirinha mesmo sem ele ser intimado, á revelia. A lei prevê.
Ocorre que a Oficial de Justiça foi inúmeras vezes na casa do Oliveirinha sem encontrá-lo para intimar. Fez um relatório para o juiz contando o seu périplo para achar o rapaz. Escreveu que o Oliveirinha poderia estar se escondendo dela. Daí pode dar revelia. Fica veiaco Chapinha.

ANICE NAGIB GAZZAOUI

Encontrei a ex-vereadora Anice no fórum de Justiça. Estava tranquila e serena. Voltou a advogar. Retomou á vida.

 

“Muita água passará debaixo da ponte até que se consolide a preferência do eleitor”

O senador Álvaro Dias, que já foi filiado a vários partidos e hoje preside o Podemos (antigo PTN), aparece com algo em torno de 3% dos votos válidos na mais recente pesquisa do Ibope.

O pré-candidato ao Planalto em 2018 disse que não está muito preocupado com esse resultado.

“Esses números não são importantes, a não ser para satisfazer a curiosidade sobre maior ou menor visibilidade dos nomes pesquisados. São provisórios, sofrerão alterações significativas”, afirmou a O Antagonista.

Para Dias, pesquisas na atual conjuntura servem para medir os índices de rejeição e permitem a análise sobre o potencial de crescimento de candidatos.

“A verdade é que esses números dizem respeito ao passado e ao presente. Muita água passará debaixo da ponte até que se consolide a preferência do eleitor.”

VÔO NOVO

A empresa boliviana/paraguaia Amazonas fará a ligação entre Assunção e Curitiba a partir do dia 17 de dezembro por 246,71 reais, em promoção. É quase o preço da passagem de ônibus (R$ 211,31). Sai de Assunção às 14:20 hs e retorna de Curitiba às 17:20 hs.
Outras capitais brasileiras receberão o vôo do avião canadense Bombardier – http://bit.ly/2gXbdnM – como Porto Alegre (R$ 418,86), pois no futuro serão mais dois destinos: Florianópolis e Campo Grande.

 
COMO FICOU

Deveriam atualizar o site da Anatel. Ou não? A família do ex secretário de Harry Daijó, Paulo Inoue, aparece em duas rádios (uma com a família do ex deputado Sergio Spada) e aparece o ex prefeito Celso Sâmis da Silva em outra.

Rádio Foz-Lago Comunicadora

109.641.509-72 BONIFACIO RODRIGUES DE BARROS 20.000 20.000,00
245.641.988-07 HARRY TAKAHIDE DAIJO 20.000 20.000,00
388.875.416-04 JOAO LUIZ TEIXEIRA 20.000 20.000,00
494.590.159-72 LEONY PRADO YNOUE 20.000 20.000,00
530.752.189-87 HERMITON HENRIQUE DA SILVA 20.000 20.000,00
Rádio Comunicadora de Foz – Rádio Foz
CNPJ / CPF NOME Qtd. Cotas Vlr. Cotas
088.197.509-53 PAULO NOBORU YNOUE 2.500 2.500,00
337.073.919-49 NILTON VITORASSI 5.000 5.000,00
368.586.509-97 PAULO PIEKARZEWICZ 2.000 2.000,00
784.660.169-53 JOLDEMAR ANTONIO CORREA 500 500,00
CNPJ / CPF NOME Qtd. Cotas Vlr. Cotas
053.543.819-24 LEONARDO GUSTAVO CANDIDO DA SILVA 14.000 14.000,00
459.734.409-82 AIRTON JOSE DE JESUS 21.000 21.000,00
610.514.709-00 CELSO SAMIS DA SILVA 665.000 665.000,00


Mansur e Doria discutem modelo 
de gestão eficiente para os municípios

 

O coordenador regional da Casa Civil no oeste do Paraná, Phelipe Mansur, visitou, este mês, o prefeito de São Paulo, João Doria, para conhecer detalhes sobre o modelo de gestão implantado na capital paulista. “Foi encontro de grande aprendizado com um dos maiores expoentes da nova política nacional”, disse Mansur.

Mansur destacou que várias práticas adotadas por Doria como o incentivo às parcerias público-privadas, princípios de economicidade e de austeridade fiscal, podem embasar ações e projetos nos municípios de todo o Paraná e das administrações do extremo oeste do Estado.

“Não só o Paraná, mais o Brasil e o mundo adotam, hoje, gestões modernas, com menos burocracia, mais agilidade e mais eficiência administrativa, buscando respeitar os contribuintes e aplicar os recursos públicos em projetos eficientes e com resultados práticos. E São Paulo e a administração do prefeito João Doria seguem essa filosofia ”, analisou Phelipe Mansur.

Com assessoria.

 

Sem ordem judicial, PM não pode prender quem descumpre monitoramento

A condução imediata de pessoas que descumprem medida de monitoramento eletrônico, como as que usam tornozeleira, não pode ser feita pela Polícia Militar sem ordem judicial. Esse foi o entendimento unânime dos conselheiros do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) durante o julgamento de um Procedimento de Controle Administrativo (PCA) proposto por um defensor público do Piauí contra o tribunal de Justiça daquele Estado.

O processo, julgado durante a 29ª Sessão Plenária Virtual do Conselho, questiona o Provimento Conjunto n. 01, de 27 de agosto de 2013, editado pela Corregedoria do Tribunal de Justiça, pela Secretaria de Estado da Justiça e pela Polícia Militar, todos do Estado do Piauí. Em vigor há três anos, a norma permite que a Polícia Militar do Piauí, em caso de suposto descumprimento da medida cautelar de monitoramento eletrônico, recolha o monitorando à prisão independente de ordem judicial fundamentada nesse sentido.

A defensoria piauiense argumentou que haveria constrangimento ilegal nas prisões efetivadas com amparo no Provimento. No processo, foram citados casos de habeas corpus propostos pela Defensoria Pública com o objetivo de revogar prisões preventivas realizadas pela Polícia Militar com amparo no Provimento, que estaria permitindo prisões fora das hipóteses de flagrante delito e sem ordem escrita e fundamentada pela autoridade judiciária competente.

O Tribunal piauiense sustentou, por sua vez, que a condução do monitorado ao estabelecimento penal, no caso de descumprimento das condições impostas judicialmente, não pode ser interpretada como prisão “sem ordem judicial fundamentada”, pois, além de ser efetivada para fins de registro e documentação dos fatos, é seguida de deliberação jurisdicional. Desse modo, afirmou que a norma em questão não transfere poderes decisórios à Polícia Militar.

Parecer do DMF

Diante da relevância da matéria e por estar relacionada à seara criminal, a conselheira Daldice Santana, relatora do processo no CNJ, remeteu os autos para manifestação do Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e Sistema de Medidas Socioeducativas (DMF) do CNJ.

Conforme o parecer do DMF, “a condução imediata da pessoa monitorada ao estabelecimento prisional feita pela Polícia Militar, em caso de descumprimento das obrigações impostas pela monitoração eletrônica revela-se ilegal, se não precedida de ordem judicial”.

A conselheira Daldice Santana considerou ainda o Termo de Cooperação Técnica n. 5/2015, celebrado entre o CNJ e o Ministério da Justiça, com “o propósito de compor e estruturar as diretrizes e a promoção da política de monitoração eletrônica de pessoas, em consonância com o respeito aos direitos fundamentais”, e a publicação do Manual de Gestão para a Política de Monitoração Eletrônica de Pessoas, “que prescreve uma metodologia detalhada para pessoas monitoradas eletronicamente”.

Dessa forma, a conselheira determinou, em voto seguido pelos demais membros do CNJ, que o TJPI deverá promover a adequação de seu provimento aos termos do parecer elaborado pelo DMF e ao Termo de Cooperação Técnica 5/2015.

Fonte: CNJ notícias

 

 

Ministro Gilmar Mendes e suas decisões…

Ministro Gilmar Mendes, do STF, revogou a decisão do juiz federal Marcelo Bretas de transferir o ex governador Sérgio Cabral para prisão federal em Campo Grande (MS). Com sua decisão Gilmar derrubou três julgados. Do juiz de primeira instância, do TRF 2 e do STJ. Poderoso o Gilmar.

PITACO: quem haverá de contestar uma decisão do ministro Gilmar? Ninguém, ou melhor, o ministro Barroso que o acusou de ser leniente com criminosos contumazes. E assim caminha a humanidade…

Nosso personagem de hoje: Secretário Municipal Sidney Prestes Júnior

Nesta segunda lembrei-me de Cidinho um jovial advogado. Está com ótima aparência. Perdeu sete quilos.

Ao visitar meu amigo Dr. Rogério Lopes encontro Sidney Prestes nos corredores da 6 SDP.

Tenho certeza que não estava lá exercendo a advocacia, mesmo porque como causídico, deve saber que não pode advogar e ser cargo comissionado. Ainda mais em horário de expediente da Prefeitura.

Alô Dr. Marcos Cristiano, vale a pena checar a OAB do doutor no sistema Projudi, que tal?

Cidinho não é bobo não! Está sempre na tetinha pública. Inteligente como é deveria fazer concurso público. Vejamos:

Foi diretor de governo 2005-08, secretário da juventude e anti drogas do Paulo McD de 2009-12.

Em 2012 engatou na teta do Reni Pereira e foi diretor do centro de convenções 2012/2015.

Agora está na teta do Chico Brasileiro como secretário da juventude e trabalho.

Ganhou o cargo ao emplacar o vereador Jeferson Brayner PRB, um carioca que mora em Foz há pouco mais de 2 anos. Ainda tá conhecendo a cidade, mas já é representante do povo.

Você jovem que precisa de trabalho, procure o Sidney Prestes Júnior, Secretario de Trabalho, Juventude e Capacitação do prefeito Chico Brasileiro, ele é antenado e certamente o ajudará a arrumar um emprego.

CORVO NA UTI

Linguinha caguetou que o bicho comedor de carniça está na UTI. Entubado! Estressou em demasia depois de saber que os “corvitos” ameaçaram cruzar os braços por conta dos constantes atrasos salariais. Que dureza!

Se o “Big Red” não abrir a guaiaca a coisa vai ficar preta pro lado do “little orange”. Aí é que nunca vai achar o pokemon.

PS: Depois que o “Garoto Prodígio” deixou de dar uma “mãozinha”, e com o 13º salário se aproximando, o bagulho vai ficar louco…

QUEM SOLTOU JOSÉ DIRCEU? 

Procurador Deltan Dallagnol esclareceu quem soltou José Dirceu, motivo do arranca-rabo entre os ministros do STF, Luís Roberto Barroso e Gilmar Mendes.

Veja o que ele escreveu no  Facebook:

“Quem soltou Dirceu foram na verdade Gilmar, Toffoli e Lewandowski, em decisão que revogou a preventiva e que, como apontei na época, fugia completamente do padrão de decisões anteriores desses mesmos ministros. Por isso está correto Barroso em frisar que a lei deve valer para todos e que não comunga com a leniência de Gilmar com réus do colarinho branco.”

PITACO: Acabou a celeuma.

SUGESTÃO AO VEREADOR MARCIO ROSA

Vou sugerir ao vereador Marcio Rosa alguns nomes para ele agraciar também com o título de Cidadão Horário

Que tal o Procurador da República Alexandre Halfen da Porciúncula? Doutor Porciúncula está há duas décadas promovendo Justiça em Foz do Iguaçu. Um exemplo de servidor público.  Eficiente e íntegro até a medula. Se quisesse poderia estar no TRF 4 de Porto Alegre, mas não vai porque não quer afastar-se de Foz do Iguaçu. Ama a nossa cidade. Doutor Alexandre continua fazendo história no MPF nativo. Outro que mereceria um título desta natureza é o ínclito juiz Glaucio Simões, da 2ª Vara Criminal. Que tal o juiz Geraldo Dutra? Temos o Desembargador Marcelo Gobbo Dalla Déa… Porque não o empresário Paulo Pulcinelli Filho? Pulcinelli gera 600 empregos diretos, um exemplo de empreendedorismo…

São tantos nomes honrados que poderiam receber essa alta homenagem do legislativo… Pense nisso vereador Marcio Rosa. Ainda há tempo…

 

MERCOCRIME

Ajuda do vizinho

 

O governo paraguaio vai pedir apoio ao Brasil para apertar o cerco contra grandes traficantes que atuam na região de fronteira. Já existe uma parceria, mas o trabalho requer mais ação de Inteligência, diante de crescente guerra entre quadrilhas. A última ação foi na quarta-feira 25. Gimenez Bernal e sua filha de cinco anos foram fuzilados na rua, após visita ao narcotraficante Jarvis Pavão, preso em Pedro Juan Caballero. O morto escapara meses antes de atentado, fugindo para o Brasil. À época seu carro levou 114 tiros.

Aposta no milhar

Se depender dos frutos que sua atuação na Câmara pode render, Cândido Vacarezza não terá grande dificuldade para financiar a campanha. Quando era líder do PT, ele participou ativamente do lobby pela legalização do jogo no País, o que também incluía o jogo do bicho. O lobby continua atuante e os bicheiros costumam ser generosos com os amigos.