Chuva alaga cinco postos de saúde de Foz do Iguaçu e causa transtornos

Por RPC Foz do Iguaçu

  
Cinco unidades básicas de saúde de Foz do Iguaçu ficam alagas por causa da chuva

Cinco unidades básicas de saúde de Foz do Iguaçu ficam alagas por causa da chuva

Ao menos cinco postos de saúde de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, registraram problemas com alagamentos, goteiras e infiltrações por conta das tempestades que atingem a cidade desde o fim de semana.

Somente entre a madrugada e a manhã desta terça-feira (10) o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmep) registrou o equivalente a 64 milímetros de chuva.

Na unidade do Bairro Campos do Iguaçu, foi preciso cobrir os equipamentos da recepção com uma lona. Por conta das goteiras no telhado, os pacientes evitaram aguardar nas cadeiras da entrada.

A água também molhou o resultado de vários exames e alagou o estacionamento. Os atendimentos não chegaram a ser interrompidos já que pouca gente procurou o posto.

O posto de saúde da Vila Yolanda também teve partes alagadas. O forro de um consultório desabou e duas salas foram interditadas. Por conta dos estragos, a unidade deverá passar por reforma.

Na entrada do posto, a água chegou a escorrer pelas paredes. Uma servidora caiu e precisou ser levada ao hospital. Apesar dos transtornos, os atendimentos também foram mantidos.

Segundo a prefeitura, foram registrados problemas ainda nas unidades do Cidade Nova – que precisou suspender os atendimentos nesta terça -, do Três Bandeiras e do Porto Belo. Um levantamento sobre os estragos está sendo feito.

“Uma equipe de manutenção da prefeitura está trabalhando desde as primeiras horas de ontem (segunda) para ajudar a amenizar os estragos provocados pelas fortes chuvas. Para os casos mais emergenciais a Secretaria de Saúde informa que o atendimento nas duas UPAs segue normal”, informou por meio de nota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *