Categorias
outros

Quem matou e quem mandou matar o radialista Djalma Santos?

Reportagem de Bob Fernandes sobre o assassinato do radialista Djalma Santos, em maio de 2015, faz parte do Programa Tim Lopes de Proteção a Jornalistas, lançado oficialmente nesta semana. Idealizadora do projeto, a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo liberou a reprodução do conteúdo ao Portal Comunique-se

Djalma Santos da Conceição está no ar com seu programa “Acorda Cidade”, das seis às oito da manhã. Na RCA-FM 87.9, rádio comunitária e o meio de comunicação de Conceição da Feira, município de 23 mil habitantes a 126 Km de Salvador. Djalma diz, aos gritos:

-Ninguém vai calar a minha voz….

Ele mesmo opera a mesa de áudio no estúdio e escolhe o fundo musical. Para secundá-lo, na sexta-feira 22 de Maio de 2015, Djalma, 54 anos, escolheu a música “O rádio e a televisão”, de Ruan e Rudney.

Djalma repete pela terceira vez: “Ninguém vai calar a minha voz”, e se cala por instantes, subindo o som e deixando os ouvintes com a dupla gospel:

-O rádio e a televisão estão mostrando/ Como a humanidade vive ultimamente/ É o homem matando homem…

Pouco depois das dez da noite, nessa mesma sexta-feira, com o pandeiro de sempre Djalma está na habitual roda musical no quiosque-bar de sua propriedade, na vizinha Governador Mangabeira.

Umas 15 pessoas em torno do quiosque montado em uma pracinha no lugarejo chamado Sítio dos Brejos.

Leia mais 

 

Compartilhe isto...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *