Rebelião em Cascavel completa 24 horas; Secretaria negocia

Bem Paraná

A Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná (Sesp-PR) divulgou nota nesta tarde de sexta-feira (10) sobre a rebelião na unidade prisional de Cascavel, no Oeste do Paraná.

“A Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná informa que seguem as negociações com os presos amotinados na Penitenciária Estadual de Cascavel (PEC). O Departamento Penitenciário, diferente do que foi informado anteriormente, confirma a morte de apenas um detento e existe a suspeita de mais um óbito dentro da unidade prisional, mas que só será apurada quando terminar o motim. Ao longo do dia foram transferidos 270 detentos para a penitenciária ao lado da PEC — são presos que não se envolveram no motim”, informou a Secretaria.

A rebelião começou na tarde de quinta-feira (9), por volta das 15h30, e provavelmente envovle facções rivais dentro do presídio. Segundo a Sesp, a PEC foi projetada para receber 1.160 presos. O local não sofre com superlotação, pois conforme os dados oficiais abrigaria 980 presos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *