Desembargador do TJ-PR acusado de agredir dona de casa se torna réu no STJ

Caso ocorreu em 2016. Segundo a denúncia, Luís Espíndola deu um soco em uma dona de casa, que o repreendeu por tentar despejar entulho em terreno. Defesa nega
A Corte Especial do STJ durante julgamento | Sergio Amaral/STJ

A Corte Especial do STJ durante julgamento Sergio Amaral/STJ

O desembargador Luís César de Paula Espíndola, do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), se tornou réu nesta quarta-feira (29), em um processo que tramita no Superior Tribunal de Justiça (STJ). A Corte Especial do STJ recebeu a denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal (MPF), em que o magistrado é acusado de ter agredido uma dona de casa que reclamou que ele despejava entulho em um terreno baldio, em 2016. A defesa argumenta que, na verdade, o desembargador foi vítima no incidente.

Leia mais

EX-MINISTRO GUIDO MANTEGA Á UM PASSO DA CADEIA

Ex-auditor da Receita Federal em delação premiada, da operação Zelotes, contou que Guido Mantega indicou um conselheiro para atuar em julgamentos do CARF (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais) para, unicamente, votar e beneficiar determinadas empresas. Os julgamentos no CARF envolvem interesses milionários.
Empresas que são autuadas pela RF como Bradesco, Gerdau, Mitsubishi etc etc, recorrem ao CARF para tentarem anular suas multas milionárias aplicadas pelo fisco. Só coisa de tubarão.
 O SUPOSTO ÁLIBI

Sergio Cabral afirma que é alérgico á camarão.

PITACO: Então, tá.

OBA! NESTA SEXTA (1) TEM AUDIÊNCIA DA PECÚLIO/NEPOTI.

Eu vou!

DOUTOR OLIVEIRINHA VOLTOU EM GRANDE ESTILO

Oliveirinha em companhia do Paulo McD

Oliveirinha voltou a postar. Como de hábito chutando a canela de meio mundo. Agora embirrou com o secretário Ney Patrício. Motivo:  Ney requisitou para a sua pasta da administração a servidora de carreira Juliana Penayo. E como a advogada Juliana processou o Oliveirinha, o seu ódio transferiu-se para o secretário  Ney Patrício. Lembrando que este mesmo Oliveirinha foi exonerado da prefeitura á bem do serviço público. Mas continua tirando fotos com políticos de todos os matizes. Os políticos não se constrangem
A audiência de ontem no fórum foi com a Juliana, e o Oliveirinha pipocou.

Oliveirinha coleciona várias condenações criminais. Será que está prestando os serviços comunitários regularmente,  insigne Patronato Penitenciário?

CASSIANO RIBAS FOI DEPOR

Em companhia de seu advogado chapinha Cassiano Ribas foi depor na 6ª SDP. Pelo visto ficou preocupado ao levar advogado. Disse que fui eu que o agredi.
Para provar fez exame de corpo delito. Age igualzinho o Cazuza. Mas a tática do Cazuza não deu certo, foi condenado a prestar serviços comunitários. Doutor Marcelão sentou a caneta! E a do Cassiano também não haverá de prosperar.

Lá no fórum o que se quer saber é quem começou a briga. E quem começou foi o Cassiano. Ponto.

Em detalhes, mais uma vez:

O Cassiano estava no balcão de uma pastelaria e quando me viu sentado numa mesa do lado de fora, em companhia de um amigo, foi lá e me agrediu. Eu me defendi, como qualquer pessoa faria.
Além do mais disse que iria me dar um tiro. Pelo menos 20 pessoas ouviram isso. Ameaça se pune com pena de seis meses a um ano e multa. Cassemiro repetiu a dose, porque não foi punido na primeira vez que fez isso. Lá atrás agrediu fisicamente, com muita violência, o servidor municipal Saldi Luiz Pauli, além de dizer que iria lhe dar um tiro. Saldi irá no meu processo como informante, afinal quando foi atacado covardemente a turma do Reni abafou o caso. Saldi me disse que irá como informante com muito prazer. Saldi é um cidadão honrado.

Cassiano é o Rei do Gatilho.

Alguém tem que parar o Cassiano. Só quem tem essa prerrogativa é a Justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *