Arquivo mensais:novembro 2017

O fã-clube do Bonato

Na sessão solene desta segunda (21) para entrega do título de cidadão honorário ao Bonato mostrou-se um vídeo onde se viu alguns dos nossos notáveis da comunicação incensá-lo
Teve-se o radialista Airton José, da rádio Cultura, o João Adelino que foi secretário de comunicação social do Paulo McD, o Paulo Rigoto, eterno cargo comissionado da Fundação Cultural há duas décadas. Não faz concurso, mas não larga a teta nem que chova canivete. Deve ser encantado esse rapaz.

Quanto ao João Adelino (que hoje faz frila para a azedinha) foi o protogonista de um dos episódios mais deprimentes da gestão do Paulo McD. Ocorreu quando se descobriu que na sua sala montou-se uma parafernália para gravar imagens e conversas de todo mundo que entrava no local. Foi um escândalo na época a ponto de a Câmara Municipal entrar no circuito. Gravaram até a esposa do então vereador Tadeu Madeira que ficou uma arara. Hoje Tadeu está de volta ao legislativo como assessor do vereador João Miranda.

Quanto ao Airton José cada um raciocina como quer. Mais vale um gosto do que um caminhão de abóbora, né Airton?

Gostaria também de dar uma sugestão a dona Ivone Barofaldi que foi prestigiar a entrega do título.
Como a nobre senhora ganhou um escritório do governo do Estado para cuidar das coisas ligadas ao turismo na terrinha, dona Ivone deveria auscultar o trade turístico e se inteirar do que aconteceu com o antigo Conventions & Visitors Bureau. Daquela época que o equipamento virou caso de polícia. Vá escutar dona Ivone.

E a vereador Nanci Rafain (a mãe dos pobres) foi generosa nos elogios ao Bonato, vejam:

“(…) acho que a cidade deveria explorar mais pessoas como o Bonato, com a criatividade e competência dele”.

Em tempo: a cidade deu várias oportunidades ao Bonato. Lembremos: ele foi presidente da Fundação Cultural do Paulo McD, mas como não se comportou bem, o MP exigiu a sua exoneração, o que foi feito. Não lembra vereadora?

E como estamos tratando do magnífico Bonato encontramos publicado na própria azedinha um titulo apontado para protesto do seu filho Fabius Augusto Andrion Romano Bonato, o “little orange”.
Vejam que inusitado: o rapaz é dono do jornal e teve que amargar o desconforto de ver seu nome publicado na sessão de títulos que serão protestados (se não pagar em três dias) no seu próprio jornal! Só mesmo na cidade onde o poste mija no cachorrinho…

Minha opinião: Bonato deveria colocar seu filho para concluir um curso superior, e não usá-lo para seus negócios que quase sempre não vingam. A prova está aí em baixo:

E os salários dos “corvitos” continuam atrasados, né ave comedora de carniça?

Deve ser por isso que não se viu nenhum funcionário na azedinha na entrega do título do Bonato na Câmara Municipal.  Á maioria deve estar sem grana da passagem, ou da gasolina. Tadinho dessa gente.

Mas a “mãe dos pobres” vai dar um jeito nisso, é rica. Fala com ela Bonato, ela é sua fã… Ou quem sabe você abre um restaurante no hotel dela? Me permita sugerir o nome: “Cirrose II” já que o primeiro micou.

PROCESSO DA PECÚLIO PASSARÁ POR UP-GRADE

Novidades no rumoroso processo denominado Pecúlio/Nipoti.

Dia 6 de janeiro uma juíza federal passará a integrar a equipe do doutor Pedro Aguirre. Ela tocará o processo de janeiro para frente. Instruirá e dará sentença. Pecúlio e Nepoti. Também cuidará de possíveis novas acões judicias criminais que surjam.

Decidiu-se que o doutor juiz Pedro Aguirre vai julgar a Pecúlio de janeiro para trás. Dividiu-se as tarefas.

Á medida é inteligente. Dr Pedro devia estar muito assoberbado. Lembrando que esse processo é complexo, já ouviu mais de 500 pessoas. Se á medida presente não fosse tomada o processamento iria se alongar demais.

Foz do Iguaçu aguarda com ansiedade a sentença deste processo que lavou a alma dos iguaçuenses, os de bom caráter, frise-se.

Congratulations!

CONVITE

O Delegado Chefe da 6ª Subdivisão Policial, Dr. Rogério Antônio Lopes, convida todos para participar da sua Palestra: Direitos Humanos e Atuação Policial – Uma Análise Técnica a Luz do Princípio da Legalidade; a ser ministrada na próxima quinta-feira (23), às 19h, na sede da OAB de Foz do Iguaçu.

PITACO: Ás palestras do delegado Rogério são excelentes. Eu vou.

BOAS NOVAS

TRF 2 manda de volta para o xilindró o Picciani, Albertassi e Melo, os três deputados “mão peluda” da ALERJ .
Segundo o TRF, por unanimidade dos cinco desembargadores,  a AJERJ violou normas constitucionais ao darem liberdades aos três presos. A decisão foi unânime pelos cinco desembargadores. Quando você ler isso o trio estará vendo o sol nascer quadrado novamente.

ATRAVESSOU O SAMBA DO ZÉ DIRCEU

TRF 4 indeferiu o pedido de embargos de declaração da defesa do Zé Dirceu. E assim o juiz Sérgio Moro poderá decretar a prisão do “capitão do time” do Lula, para puxar 30 anos de cadeia.

FRASE

“Ele está fazendo o que foi contratado para fazer”

RODRIGO JANOT, EX-PROCURADOR GERAL DA REPÚBLICA, SOBRE O DELEGADO FERNANDO SEGÓVIA, NOVO DIRETOR-GERAL DA POLÍCIA FEDERAL.

 

 

Mais um abacaxi para o Reni Pereira descascar

FOZ DO IGUAÇU – Por uso indevido de recursos públicos, MPPR oferece denúncia contra ex-prefeito

O Ministério Público do Paraná, por meio da 6ª Promotoria de Justiça de Foz do Iguaçu, no Oeste Paranaense, apresentou nesta segunda-feira, 20 de novembro, denúncia em face do ex-prefeito do município na gestão 2013-2016 por uso indevido de verbas públicas.

De acordo com a apuração do MPPR, o gestor teria empregado verbas públicas decorrentes da arrecadação da Contribuição para Custeio da Iluminação Pública (Cosip), no valor de R$ 7.699.092,34, para cobrir despesas da área da saúde, o que é vedado pela legislação – de acordo com a Constituição Federal, os recursos oriundos da Cosip somente podem ser aplicados no custeio da iluminação pública do município. Pelos fatos, a Promotoria de Justiça requer que seja instaurado processo criminal contra o ex-gestor.

Com MP/PR