Justiça decreta preventiva para os três policiais preso pelo GAECO

Os policiais civis  Weslei Pisiolo e Joelson de Alencar Degaspari fazem parte do grupo dos policiais que foram afastados por decisão Judicial sob suspeita de integrarem o bando que achacou um dono de caminhão flagrado com carga de cigarros paraguaios em Missal.
No total foram afastados cinco, dos quais três seguem presos.
Faz parte da operação VANT do Gaeco. Um escrivão e dois policiais presos nessa operação saíram hoje da audiência de custódia com a prisão preventiva decretada.

PROLATADA SENTENÇA NA PECÚLIO 

Juiz Pedro Aguirre prolatou sentença absolvendo o Adaílton Avelino (Cantor), Willy Dolinsky, Raimundo Araújo Neto (Raimundinho) e Melquisedeque de Souza, o Melque, de crimes imputados pelo MPF com relação a Fundação Cultural e a contratação de duas bandas de música sem licitação. Advogado do Cantor foi o Silvio Alvarenga.

Veja a sentença;

9004_SENT1

Na sentença abaixo condenou-se, inclusive o Kossar, o mãe Diná. Parte do processo sobre o geoprocessamento.

O advogado do kossar foi o Cássio Lobato.

9005_SENT1

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *