Atlético pagava “blogueiro” pra defender cartolas e atacar críticos; Clube se pronuncia

Clube desembolsou R$ 72 mil pra pagar blogueiro Robson Cerizza, dono do blog Olho no Lance

Por Gazeta do Povo 

Postagem no Twitter revelou o contrato com o blogueiro. Foto: Reprodução/Twitter

Uma postagem no perfil do Twitter Anonymous_CAP trouxe à luz um contrato de prestações de serviços um tanto quanto peculiar. Na lista de pagamentos de Atlético, consta um valor mensal R$ 6 mil pago a Robson Cerizza por serviços de consultoria de comunicação ao Conselho Deliberativo. No total, durante 2017, o “consultor” recebeu a bolada de R$ 72 mil.

O que seria, no entanto, um simples trabalho de comunicação, chama a atenção quando se liga Cerizza ao codinome Izzy Rock, blogueiro dado aos elogios rasgados à atual gestão do clube. Em entrevista à Gazeta do Povo, Cerizza confirmou a existência do contrato com o Furacão, mas não conseguiu indicar nenhum trabalho feito que tenha sido publicado, seja por meio das redes sociais, seja pelo site de clube. Há, apenas, textos na seção “Voz do Sócio”.

“Sobre o trabalho que desenvolvi pro Atlético, cabe só mim e ao Atlético, é uma coisa nossa. Sigilo em termos porque é uma questão de ética de trabalho”, comentou sobre os serviços prestados. “Tem bastante coisa, mas não vou divulgar, é uma coisa entre eu (sic) e o Atlético”.

Olho no lance

Anonymous_CAP também publicou cópia da folha de pagamento. Foto: Reprodução/Twitter

Anonymous_CAP também publicou cópia da folha de pagamento. Foto: Reprodução/Twitter

Desde 2015, Cerizza mantém o blog “Olho no Lance”, onde publica textos sobre o Atlético e temas sobre o município de Colombo. Nos posts assinados com o nome do blog, ele faz propaganda do clube e elogios à administração, enquanto dispara contra a imprensa e até contra torcedores do próprio Atlético. Não há indicação, no entanto, de que se trate de conteúdo financiado pelo Furacão.

O contrato, em tese, terminou no final deste mês, mas em um post recente, de 8 de fevereiro, ele publicou um material sob o título “Porque (sic) necessitamos de títulos?”: “Não pergunte o que o Atlético pode fazer por ti, mas sim o que você pode fazer por esse clube e sem esperar retorno, pois quem ama faz de coração e não por ganância e ambição”.

Na última postagem do Atlético no Twitter, um vídeo do lateral Carleto incentivando a troca de Timemanias pelos torcedores, uma série de comentários cobra uma posição da diretoria. “Quantas timemanias eu preciso pra virar blogueiro do Atlético? E ganhar 6 conto por mês?”, aponta um, para uma sequência de reclamações. Diante do alcance, o perfil Anonymous_CAP não deixou mais visível as postagens com o contrato.

Na tarde desta terça-feira (27) o Atlético emitiu uma nota oficial, onde não nega o contrato, mas acusa a divulgação de “criminosa”.

O Clube Atlético Paranaense comunica, por dever de transparência aos seus Sócios e torcedores, que a recente publicação de um Contrato de Prestação de Serviços envolvendo um colaborador do Clube é criminosa, pois reproduz documento privado, com cláusula de confidencialidade, e expõe de forma danosa a vida do profissional, notadamente pela leviana tentativa de associação entre as matérias que publica em seu “blog” pessoal e a consultoria de comunicação que presta ao Clube.

Importa manifestar ainda que o objeto e conteúdo do referido contrato são plenamente lícitos e sujeitos à política de Compliance e de Auditoria, realizada por auditores externos independentes, sendo anualmente submetidos a aprovação colegiada via Conselho Deliberativo.

Por fim, informa que o “vazamento” de forma tendenciosa e política do referido documento configura conduta criminosa, sendo que já estão sendo adotadas todas as medidas cabíveis, interna e externamente, para fins de apuração e devida responsabilização dos envolvidos pela indevida divulgação.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *