Arquivo mensais:março 2018

STF PODE ESTAR VIRANDO A CASA DA MÃE JOANA

Em dezembro passado por duas vezes a ministra Carmen Lúcia recusou conceder HC ao Paulo Maluf. Na sequência foi a vez do ministro Edson Fachin fazer a mesma coisa. E eis que de repente aparece o ministro Dias Toffoli, deste mesmo STF, e concede o HC para o mega ladrão do erário paulista.

Pergunta-se: um ministro pode passar por cima de decisões de outros dois ministros? Será que o STF virou a casa da mãe Joana?

MALUF E PICIANNI SE SAFARAM 

STF tira da cadeia Paulo Maluf e Jorge Picianni, dois ladrões de alto coturno. Não demora manda para casa o Sérgio Cabral. Esse STF dá calafrios…

HISTÓRIA ESTRANHA

Essa história de tiros na caravana do Lula está muito mal contada… Os petralhas não são flor que se cheire…

TESTEMUNHAS DE DEFESA DO CAZUZA

José Reis, o Cazuza, depois de puxar uma cadeia de dois meses (pra ajudar a emagrecer) continuando com tornozeleira em prisão domiciliar, decidiu arrolar como suas testemunhas de defesa no processo da Renitência a Inês da saúde e o vereador Márcio Rosa. Pelo que sei o Márcio Rosa é testemunha de acusação do MPF. Á conferir.

QUEBRADO O SIGILO NO PROCESSO DA RENITÊNCIA 

Atendendo o pedido do MPF a doutora juíza Flávia de Mendonça do processo da Renitência quebrou o sigilo no processo. Mas até essa quarta (28) a secretaria da 3ª Vara Criminal não havia cumprido a decisão judicial. Fica o registro.

Vereza advertiu sobre o atentado que o PT iria encenar

Cuidado! Lula é frio e calculista. Uma inteligência voltada para o mal

Numa postagem realizada há poucos dias, o famoso e respeitado ator Carlos Vereza havia alertado sobre a intenção de Lula e do PT em provocar a confrontação e, segundo ele, se possível, mais um cadáver que pudesse servir de bandeira para causar comoção social.

O ator estava certo. O PT não conseguiu o cadáver, mas criou um atentado para fazer a sua encenação.

Esse atentado tira o foco da denúncia feita pelo ministro Edson Fachin, de que estaria sendo ameaçado e põe um fim na discussão sobre as agressões que a segurança armada do meliante Lula, havia realizado contra manifestantes anti-PT e jornalistas, no Paraná.

Além dos fatos acima mencionados, o PT também tira o foco sobre o próprio fracasso de sua caravana na Região Sul do país. Aliás, um retumbante fiasco.

Nesse sentido, não faltou ao PT a providencial e parcial ajuda da imprensa amiga.

A Folha de S.Paulo, por exemplo, estampa nesta quarta-feira (28) a seguinte manchete: “Ataque a caravana infla tese de que Lula é alvo de caçada”.

Abaixo, veja o alerta que o ator Carlos Vereza havia postado, prevendo esse desfecho:

 

Decisões polêmicas são pré-estreia de Toffoli, que vai assumir o STF

Avant-première Próximo presidente do STF, Dias Toffoli dá sinais de que a condução da corte vai mudar sob suas mãos. Durante o julgamento em que a denúncia contra o senador Romero Jucá e o empresário Jorge Gerdau foi rejeitada, chegou a dizer que a acusação tentou “criminalizar a política”. Nesta quarta (28), surpreendeu ao cassar a decisão de um colega para mandar Paulo Maluf à prisão domiciliar. O gesto, raríssimo, foi visto no mundo jurídico como sua pré-estreia como protagonista no tribunal.

De baciada Toffoli foi relator do habeas corpus que, por maioria na Segunda Turma do Supremo, mandou Jorge Picciani (MDB-RJ) do presídio para a prisão domiciliar. Em outra decisão rumorosa, suspendeu a inelegibilidade de Demóstenes Torres, e liberou o ex-senador, cassado por ligações com um bicheiro, a concorrer este ano.

Peito de aço Todas as medidas foram proferidas num intervalo de menos de 24 horas, entre terça (27) e quarta (28). Quem acha que o ministro foi criticado, se engana. Integrantes de cortes superiores o chamaram de “corajoso”. Toffoli assume o STF em setembro.

Coluna Painel

Requião Filho critica projeto que pretende aumentar benefícios do Judiciário paranaense.

Deputado Requião Filho ser insurge contra mais privilégios ao judiciário

“Não é hora para privilégios! É hora dos Poderes darem o exemplo. Eu duvido que os eleitores dos senhores concordem com este bônus para os juízes, enquanto nossos servidores sequer tiveram reajustes em seus salários. Se eles têm orçamento e se têm trabalho demais, que façam mais concursos públicos”.

“Não é hora para privilégios! É hora dos Poderes darem o exemplo”, clama Requião Filho

O Deputado Requião Filho criticou na manhã desta quarta-feira, a aprovação do Projeto de Lei que cria uma nova gratificação de até um terço a mais do salário para juízes do Paraná, pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), da Assembleia. O projeto, que tramita em regime de urgência, deve ir à votação plenária na próxima segunda-feira.

A intenção do Tribunal de Justiça é conceder o benefício para magistrados que exerçam outras funções, além dos julgamentos, ou aos que acumulam mais de uma Vara. Para Requião Filho, este “bônus” para quem acumula funções é uma afronta à moralidade, uma vez que os servidores paranaenses sequer tiveram direito à reposição da data-base em seus salários.

“Fico preocupado com o futuro das instituições do Brasil. Duas instituições que deveriam prezar pela moralidade e pela justiça estão fazendo lobby e pressionam o outro poder para conseguir privilégios, enquanto nossos professores sequer tiveram a correção de seus salários. É errada esta justificativa de que eles estão assoberbados e que têm orçamento para aumentar benefícios e privilégios. Se têm orçamento e se têm trabalho demais, que façam mais concursos públicos para novos juízes e promotores”, sugeriu.

O Deputado criticou a atitude de desembargadores e promotores que circulam pela Assembleia para convencer os parlamentares de aprovar estas gratificações para reforçar os próprios salários.

Segundo a proposta, um juiz de 1.º grau, por exemplo, que tem rendimento básico de pouco mais de R$ 26 mil, teria direito a até R$ 8.708,38 a mais na remuneração, caso acumule mais de uma Vara.Um estudo de impacto financeiro repassado aos deputados pelo o Tribunal de Justiça mostra que a nova gratificação custará R$ 1,504 milhão neste ano; R$ 2,106 milhões em 2019; e R$ 2,211 milhões, em 2020.

“Se fizermos isso aqui na Assembleia, em benefício próprio, no dia seguinte o Ministério Público estará batendo na nossa porta e entrando com ações contra os Deputados. A imprensa destruirá a reputação da Assembleia. Mas os senhores juízes e promotores querem aprovados em 24 horas os seus abonos. Por que não os delegados que atendem a diversas comarcas ao mesmo tempo? Por que não os professores do ensino público que atendem diversas escolas e salas superlotadas? Por que não um escrivão ou o departamento penitenciário? Há uma diferença muito grande entre a legalidade e a moralidade. Não pode a Casa se curvar aos ‘homens de toga’, porque alguns deputados querem estar de bem com os outros poderes. Não podem e não devem os desembargadores entrar aqui nesta casa para pressionarem os senhores parlamentares”, afirmou Requião Filho.

E desafiou:

“Não era hora de pedir privilégios. Era hora de os Poderes darem exemplo. É hora da Assembleia saber a importância que tem como Poder e dar exemplo, pois os senhores que estão aqui representam a população do Paraná. Eu duvido que os eleitores dos senhores concordem com mais privilégios para os juízes”.

Assista na íntegra:

https://youtu.be/h2Hq_O5cHjE 

 

GDE prende suspeito com colete balístico e apreende veículo com placa clonada


O matusquela da foto entrou em cana por um monte de crimes

Na tarde desta quarta-feira (28), investigadores do Grupo de Diligências Especiais realizaram a prisão em flagrante pela prática do crime de posso irregular de acessórios, a pessoa de David Willian de Oliveira, 29 anos de idade, no bairro São Sebastião.
A equipe que estava realizando diligências referente ao veículo VW/Voyage, com alerta de furto e que possivelmente poderia estar na posse do suspeito David, acabou localizando na residencia deste um colete balístico com capas verdes sem numeração aparente.
Em continuidade as diligências a equipe se deslocou até um condomínio na Vila São Sebastião vindo a localizar o referido veículo Voyage, com placas dublê, com alerta de furto na cidade de Contagem/MG, entretanto, o responsável pelo veículo não foi localizado.
Diante dos fatos, David foi conduzido a Delegacia da Polícia Civil onde após a lavratura do flagrante permanece preso a disposição da justiça.

Professor universitário é morto a tiros em Medianeira

Filho do educador ficou gravemente ferido; caso ocorreu por volta das 22h30 de terça-feira (27), no oeste do Paraná.

Professor universitário é morto a tiros em Medianeira

Professor universitário é morto a tiros em Medianeira

O advogado e professor universário Ricardo Ferreira Damião Júnior, de 46 anos, e o filho dele, Ricardo Ferreira Damião Neto, de 18 anos, foram feridos a tiros na noite de terça-feira (27) no Centro de Medianeira, no oeste do Paraná.

O professor não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã desta quarta-feira (28).

Segundo a Polícia Militar (PM), Ricardo Damião Júnior e o filho saíram da faculdade por volta das 22h30, seguiram a pé por alguns metros até onde o carro estava estacionado, quando foram surpreendidos pelo atirador, que estava em um automóvel.

Eles foram socorridos e encaminhados em estado grave para o Hospital e Maternidade Nossa Senhora da Luz, em Medianeira.

Ricardo Ferreira Damião Júnior era advogado e professor universitário em Medianeira (Foto: Facebook/Reprodução)

Ricardo Ferreira Damião Júnior era advogado e professor universitário em Medianeira (Foto: Facebook/Reprodução)

O jovem precisou ser transferido e permanecia internado em um hospital de Cascavel na manhã desta quarta. Ele foi atingido no rosto e no pescoço.

A PM informou que por enquanto não há suspeitas sobre o que motivou o crime.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil, que ainda não se manifestou.

O velório está previsto para começar às 19h30, no Country Clube de Medianeira.

Pesar

Em nota, o presidente Ordem dos Advogados do Paraná (OAB), José Augusto Araújo de Noronha, lamentou a morte do profissional e exigiu rigor nas investigações.

A UDC Medianeira, onde Ricardo Ferreira Damião Júnior lecionava, também expressou pesar pela morte do professor e suspendeu as aulas nesta quarta-feira.

“A instituição se compadece dos amigos e familiares e reforça o pedido por uma sociedade com menos violência, onde um cidadão de bem possa andar pelas ruas em segurança”, destacou em nota.

 

CIDADÃO PROTOCOLA PEDIDO DE INVESTIGAÇÃO NO MP CONTRA PRESIDENTE DO LEGISLATIVO DE FOZ

O jovem da foto chama-se Diego Lucas Duarte Dresch, que, estomagado, devido ao fato de que o presidente da Câmara Municipal Rogério Quadros (PTB) pode estar empurrando com a barriga a decisão que envolve a vereadora Nanci Rafagnin (PDT) no episódio do Rock In Rio, decidiu peticionar ao MP com pedido de providências contra a mesa diretora da Câmara que teria praticado os crimes de prevaricação e corrupção passiva.

Prevaricação artigo 319 do CPP é um crime funcional, praticado por funcionário público contra a Administração Pública. A prevaricação consiste em retardar, deixar de praticar ou praticar indevidamente ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal.

O Código Penal, em seu artigo 317, define o crime de corrupção passiva como o de “solicitar ou receber, para si ou para outros, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem.”

Abaixo a petição

PDF PARA WATS

Chefe da Casa Civil do Paraná, Valdir Rossoni é denunciado por peculato pela PGR

Segundo denúncia, ele nomeou servidores fantasmas para seu gabinete quando era deputado estadual, entre 2003 e 2011. Defesa diz que não foi informada.

Do G 1

Rossoni foi denunciado por peculado pela PGR (Foto: Alexssandro Loyola / Divulgação)

Rossoni foi denunciado por peculado pela PGR (Foto: Alexssandro Loyola / Divulgação)

O deputado federal licenciado e chefe da Casa Civil do governo do Paraná Valdir Rossoni (PSDB-PR) foi denunciado por peculato pela Procuradoria-Geral da República (PGR) nesta terça-feira (27).

Segundo a Procuradoria, ele nomeou servidores fantasmas para seu gabinete quando era deputado estadual no Paraná, entre 2003 e 2011. Outras três pessoas também foram denunciadas na ação.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, afirmou na denúncia que Rossoni nomeava a cargos comissionados pessoas que não tinham conhecimento da designação, familiares que não exerciam as funções e pessoas que não prestavam serviço à Assembleia.

Além disso, segundo Dodge, algumas pessoas efetivamente trabalhavam, porém entregavam grande parte do salário ao parlamentar via intermediários; também havia funcionário que prestava serviços particulares ao deputado, sendo remunerado por meio de cargo comissionado, mas não exercia a função no Legislativo.

“Valdir Rossoni era responsável pela assinatura dos termos de nomeação e de exoneração de todos os servidores comissionados ou não, designados para trabalhar em seu gabinete parlamentar no período descrito na denúncia, inclusive notadamente os que são objeto das práticas ilícitas ora narradas e que proporcionaram o desvio de vultosos recursos públicos”, descreve a PGR na peça.

A PGR pede a condenação dos envolvidos e a reparação dos danos financeiros causados acrescidos de juros e correção monetária. Em caso de condenação, pede a decretação da perda da função pública para quem tiver cargo ou emprego público ou mandato eletivo, como é o caso de Rossoni.

O que diz Rossoni

A assessoria de imprensa do advogado de Rossoni, José Cid Campelo Filho, disse, em nota, que o deputado não teve oportunidade defesa e que é “lamentável” a divulgação da denúncia pelo Ministério Público Federal (MPF). Veja a nota completa:

Lamentável a divulgação pelo MPF de uma denúncia apresentada sem que Valdir Rossoni tenha tido oportunidade defesa. Na oportunidade própria, vamos apresentar a defesa se a denúncia for recebida pelo Supremo, o que não se espera. Além disso, vamos ajuizar ação de indenização contra a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, por divulgar denúncia sem ter dado a mínima oportunidade de defesa ou mesmo esperar que a denúncia fosse recebida pelo Supremo”.

JÁ EXISTE UMA CONDENAÇÃO DE PRIMEIRA INSTANCIA CONTRA ROSSONI E E SEU FILHO

Há dois dias atrás este mesmo Rossoni e seu filho foram condenados por rolos em sua campanha eleitoral leia AQUI