Lula e a VARIG

Senhoras e senhores!!!
vejam só como a vida dá voltas.
Sabem quem é o advogado de Lula?
Chama-se Christiano Zanin Martins.
E quem é Christiano Zanin Martins?
Christiano Zanin Martins é casado com Valeska Teixeira, filha de Roberto Teixeira.
Portanto Christiano é genro de Roberto Teixeira.
Mas quem é Roberto Teixeira?
Prá quem não sabe, Roberto Teixeira é dono do escritório Teixeira & Martins Advogados.
Tem mais, Lula é padrinho de casamento de Cristiano e Valeska.
Portanto, Lula e Roberto Teixeira são compadres.
Lula é “dindo” de Cristiano e Valeska.
Tá, mas o que isso tem haver????
Tem haver com a VARIG, mais precisamente com o fim da VARIG.
Relembrando, Roberto Teixeira foi o responsável por arquitetar juridicamente o golpe que foi a venda fraudulenta e ilegal da Varig em 2006 para o fundo estrangeiro Matlin Patterson, chefiado por um Chines larápio, chamado Lap Chan.

Os fatos:

Lap Chan comprou a Varig na bacia das almas por 57 milhões de reais num Leilão realizado dia 20 de Julho de 2006, no hangar da empresa, no aeroporto Santos Dumont.
1 ano depois, Lap Chan vendeu a parte boa da empresa, os chamados ativos, para o Grupo Áurea (Leia-se GOL) de Nenê Constantino por 320 milhões de dolares.
O passivo, incluindo as rescisões trabalhistas foi para as “calendas gregas”.
Tudo arquitetado nos bastidores com aval do governo corrupto de Lula.
Estima-se que o escritório de Roberto Teixeira tenha levado 6 milhões de dólares para ajudar a liquidar com a VARIG.
Ao mesmo tempo que matava VARIG, o governo Lula emprestava bilhões de reais do BNDES a fundo perdido para Cuba, Venezuela e Moçambique, entre outros.
O tempo passou e de tanto ajudar fazer falcatruas, Roberto Teixeira é hoje mais um réu na Lava-jato.
Roberto Teixeira e Cristiano Zanin além de genro e sogro, são sócios no escritório de advocacia Teixeira & Martins advogados.
Entenderam?
Esta turma vem fazendo sacanagem há muito tempo. Prejudicaram muita gente.

Como disse John Kennedy: “Perdoe seus inimigos, mas não esqueça seus nomes”

Então, em nome dos 20 mil funcionários da VARIG vítimas de um crime de lesa-pátria, que foram para o olho da rua em 2006, sem receber um só centavo de rescisão trabalhista, hoje é um dia de celebração.
O império que estes bandidos montaram em cima de corrupção e sacanagem, está ruindo. O poder já lhes foi tirado, a liberdade começa a ser tirada. Falta resgatar o patrimônio amealhado de maneira fraudulenta.

Eduardo Eidt Letti
Piloto da Varig por 20 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *