STJ envia ao Paraná inquérito que apura suspeitas de corrupção em licença ambiental envolvendo Beto Richa

Inquérito corre sob sigilo na 1ª Vara Criminal de Paranaguá. Investigação apura se empresa ligada ao ex-governador foi beneficiada por fraudes.

STJ envia ao Paraná inquérito que investiga o ex-governador Beto Richa (PSDB) (Foto: J.F. Diorio/Estadão Conteúdo)

STJ envia ao Paraná inquérito que investiga o ex-governador Beto Richa (PSDB) (Foto: J.F. Diorio/Estadão Conteúdo)

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) enviou para Justiça Estadual do Paraná um inquérito que apura suspeitas de corrupção em licença ambiental envolvendo o ex-governador Beto Richa (PSDB).

De acordo com o STJ, o ministro Herman Benjamin levantou o sigilo do procedimento e declinou da competência do caso em um despacho de 17 de abril. No entanto, esse documento ainda não foi anexado ao processo eletrônico do STJ.

Richa perdeu o foro privilegiado quando deixou o governo para concorrer a uma vaga no Senado – governadores têm a prerrogativa de responder a processo somente no STJ.

A 1ª Vara Criminal de Paranaguá, no litoral do Paraná, informou que o inquérito chegou à Justiça Estadual no dia 16 de maio e que ele corre sob sigilo. De acordo com a Justiça, o procedimento foi digitalizado e encaminhado à 4ª Promotoria de Paranaguá.

Leia mais 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *