“Dr. Bumbum” fez sucesso ao chegar em Bangu, diz colunista

Em coro, os presos teriam gritado “Dr. Bumbum”, “Dr.Bumbum”, quando Denis Furtado foi transferido para o complexo penitenciário do Rio

Mesmo preso, o médico Denis Furtado, 45 anos, continua fazendo sucesso. Segundo o colunista Ancelmo Gois, de O Globo, ao dar entrada no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, os detentos gritaram, em coro: “Dr. Bumbum, Dr. Bumbum, Dr. Bumbum”.

Denis responde pela morte da bancária Lilian Calixto, 46 anos, que saiu de Cuiabá (MT) para fazer um procedimento estético na cobertura do médico na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, no dia 15 de julho. Preso pouco depois, “Dr. Bumbum” foi transferido na tarde do dia 22 para Bangu, assim como a mãe dele, Maria de Fátima Furtado.

Assim como Maria de Fátima, a jovem presa em 19 de julho é suspeita de ter ajudado o namorado no procedimento estético que resultou na morte da bancária. Lilian Calixto faleceu horas depois de se submeter a um implante de 300ml de silicone nos glúteos.

No dia 26 de julho, o juiz Bruno Machado Manfrenatti, da 1ª Vara Criminal da capital fluminense, negou liberdade à Renata, que é natural de Barreiras, na Bahia. Para o magistrado, a detenção é necessária para que as investigações sejam concluídas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *