Grande quantidade de carvão vegetal, lanternas e eletrônicos em fundo falso são apreendidos na Ponte Internacional da Amizade

Nesta quarta e quinta-feira (29 e 30), na Aduana da Ponte Internacional da Amizade, no âmbito da Operação Fronteira Integrada, ação conjunta entre servidores da Receita Federal, policiais do BPFron e da Força Nacional resultou na apreensão de uma grande quantidade de carvão vegetal, lanternas e eletrônicos.A primeira abordagem ocorreu por volta das 19h00 a uma caminhonete com placas paraguaias ocupada apenas pelo motorista, um homem paraguaio. Em inspeção de rotina, suspeitou-se do nervosismo do condutor. Diante do fato, foi iniciada uma vistoria no veículo, onde foram encontrados 23 sacos de carvão vegetal na parte traseira da caminhonete, sem nenhuma documentação de importação.

Após pesagem, os sacos de carvão apreendidos totalizaram aproximadamente 250 kg. A caminhonete e o condutor foram liberados, porém, será enviada ao Ministério Público uma Representação Fiscal para Fins Penais para apuração dos ilícitos.

Já na manhã desta quinta-feira (30), por volta das 6h, foi abordado um ônibus de turismo com placas de Santa Cruz do Sul/RS. No ônibus estavam o motorista e apenas um passageiro, um homem de 48 anos. Durante fiscalização no bagageiro, foram encontradas diversas sacolas com mercadorias descaminhadas, em sua maioria lanternas recarregáveis e canhões de luz. O passageiro, dono das mercadorias, afirmou que os itens seriam transportados para a cidade de Venâncio Aires/RS com a finalidade de abastecer algumas lojas da região.

A mercadoria apreendida contabilizou aproximadamente R$ 4 mil e o passageiro liberado, porém, será enviada ao Ministério Público uma Representação Fiscal para Fins Penais para apuração dos ilícitos.

        Em seguida, próximo das 10h, um táxi paraguaio foi parado pela fiscalização. Nele estavam o condutor paraguaio e três viajantes brasileiros. Durante inspeção, constatou-se que todos os passageiros estavam com mercadorias dentro da cota de isenção, porém o para-choques traseiro do táxi levantou suspeita dos servidores por parecer adulterado. Após desmontar o para-choques, foram encontrados diversos eletrônicos de alto valor ocultos em um fundo falso. Mais especificamente havia dois notebooks, um tablet, dois smartphones, além de 10 relógios inteligentes que foram avaliados em aproximadamente R$ 32 mil.

        As mercadorias foram apreendidas juntamente com o veículo. Já o taxista e os ocupantes foram liberados, porém serão enviadas ao Ministério Público Representações Fiscais para Fins Penais para apuração dos ilícitos.

Receita Federal apreende no 1º Semestre de 2018 mais de R$ 3 milhões em mercadorias contidas em remessas postais irregulares na região de Foz do Iguaçu

 

A Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho da Alfândega de Foz do Iguaçu realizou, neste primeiro semestre de 2018, diversas operações em agências postais da região de Foz do Iguaçu as quais resultaram na apreensão de grande quantidade de mercadorias irregulares.

As operações foram realizadas em agências postais localizadas em Foz do Iguaçu, Guaíra, Medianeira, Matelândia e São Miguel do Itaipu. As apreensões foram motivadas pela não comprovação de importação regular das mercadorias, seja pela falta de nota fiscal ou outro documento comprovatório de regularidade fiscal, como pela apresentação de documentos comprobatórios suspeitos de serem falsos ou inidôneos. Todos os volumes são trazidos para a sede da Alfândega de Foz para verificação minuciosa tanto do conteúdo quanto da documentação referente à postagem. A grande maioria destas encomendas acaba sendo apreendida definitivamente após a comprovação inequívoca de ilícito. Apenas uma pequena parte está de acordo com a legislação e acaba sendo liberada para seguir o fluxo normal de entrega das agências postais.

Neste 1º semestre de 2018 foram realizadas 34 operações que resultaram na apreensão definitivamente de 10.940 encomendas/volumes que totalizaram um valor aproximando de R$3 milhões.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *