João de Deus tirou R$ 35 mi de contas, diz MP

Na última quarta-feira (12), o Ministério Público Federal de Goiás detectou movimentação atípica em contas bancárias abertas em nome de João Teixeira de Faria, o João de Deus. Num instante em que avolumavam-se nas manchetes as denúncias de abuso sexual que carbonizaram a imagem do médium, teriam saído das contas dele cerca de R$ 35 milhões.

Em notícia veiculada pelo jornal O Globo, o repórter Patrik Camporez informou que a descoberta das operações bancárias apressou o pedido de prisão de João de Deus, deferido pela Justiça na última sexta-feira (14). O dinheiro foi sacado de aplicações financeiras, informaram investigadores do caso.

As autoridades farejaram na movimentação uma tentativa de ocultação de patrimônio. O número de mulheres que acusam o médium de abuso sexual passa das três centenas. João de Deus entregou-se ás autoridades neste domingo (16).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *