Governo Bolsonaro concede passaporte diplomático a bispo Edir Macedo

Documento para líder religioso e sua mulher tem validade de 3 anos; portaria é assinada por Ernesto Araújo

O Ministério das Relações Exteriores conceceu passaporte diplomático ao proprietário da TV Record e bispo Edir Macedo, da Igreja Universal do Reino de Deus, e sua mulher, Ester Eunice Rangel Bezerra. O documento cedido pelo governo de Jair Bolsonaro tem validade de 3 anos.

A portaria foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda, 15, e é assinada pelo ministro Ernesto Araújo. De acordo com a portaria, “com o passaporte diplomático, seu titular poderá desempenhar de maneira mais eficiente suas atividades em prol das comunidades brasileiras no exterior.”

Edir Macedo
O bispo Edir Macedo Foto: Divulgação

Evangélicos. Bolsonaro esteve com evangélicos na semana passada em um hotel de luxo no Rio. Ele citou um versículo da Bíblia para definir como estão sendo feitas as votações do Brasil na ONU nas questões de direitos humanos. Segundo ele, a partir do seu governo, o País segue o versículo João 8:32, um dos mais usados pelo político desde a campanha, que diz: “E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará”.

PITACO: Jesus é o caminho… Edir Macedo o pedágio…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *