Ex-presidente do Peru, Alan García se mata ao saber que seria preso


Político era acusado de receber US$ 100 mil da Odebrecht; ele tentou se suicidar quando policiais entraram para detê-lo, foi levado ao hospital, onde sofreu três paradas cardíacas e passou por cirurgia, mas morreu

O Estado de S.Paulo

Alan García, ex-presidente do Peru, cometeu suicídio nesta quarta-feira, 17, com um tiro na cabeça quando policiais chegaram em sua residência, na capital do país, para prendê-lo por conexões com uma investigação sobre suborno no caso relacionado à construtora brasileira Odebrecht. García chegou a ser levado a um hospital, onde sofreu três paradas cardíacas e passou por cirurgia, mas morreu após três horas no centro cirúrgico, segundo fontes médicas.

Leia Mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *