AUDIÊNCIA DA NIPOTI DESTA TERÇA (13)

Girnei Azevedo detestou o cheiro do boi

Girnei Azevedo um dos colaboradores da Pecúlio/Nipoti depôs por duas horas nesta terça (13). Afirmou ser amigo de infância do Rodrigo Becker e ser dono de um buffet de comida. Entrou na prefeitura por indicação do Becker. Virou diretor de pavimentação, tudo ia de vento em popa até o dia que tropeçou na Pecúlio. Aí desandou tudo. Entrou em cana, conferiu o cheiro do boi, ficou nauseado, daí resolveu delatar. A rigor, no depoimento de hoje confirmou tudo que havia dito ao MPF. Rolos de empreiteiros, asfaltos, e o escambau a quatro.

E por falar no Rodrigo Becker, ex-gerente da Sanepar, o mesmo confirmou no dia de seu interrogatório no início da semana passada que é dono de 75% das cotas da Unifoz. Fica o registro.

REGINALDO SOBRINHO FALOU DE MENSALINHO NA ÉPOCA DO PAULO MCD

Reginaldo Sobrinho um dos colaboradores da Pecúlio/Nipoti falou o dia todo nesta terça (13). Reginaldo também ficou preso. Reginaldo é servidor municipal concursado e também empregado do empresário Euclides de Moraes nas três empresas mantidas em Foz do Iguaçu. A maior parte do seu interrogatório deu-se tentativa fracassada de implantar-se na fronteira a PPP (parceria público privada ) na saúde pública. Reginaldo também falou sobre uma situação que trouxe o ex-prefeito Paulo McD para a roda da Nipoti. Vamos a ela:
O então presidente da Câmara Municipal na época da administração Paulo McD era o vereador Edílio Dallagnol e, segundo o delator Reginaldo, costurou-se com o Calazan, diretor da Vital Brasil um “mensalinho” de R$ 5 mil menais para o Edílio. Apresentou provas? Referiu-se as ligações telefônicas entre eles em torno de 80. Haja conversação, hein?

Um gaiato (tem sempre um a espreita) soltou essa: “Será que o Paulo arrumou um mensalinho  para chamar de seu?”

Nesta quarta (13) deverá ser interrogado o Nilto Beckers, o famoso “mancha” tido como o big-boss do cartel dos empreiteiros. Haja rivotril.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *