SERVIDORA SUSPEITA DE COLABORAR COM A QUADRILHA QUE FALSIFICAVA REMÉDIOS NA FRONTEIRA DEPÔS NO INQUÉRITO

Chama-se Ilza Maria Cruz a servidora municipal que teve que depor na delegacia sob suspeita de ter avisado a quadrilha que vendia falsos remédios na fronteira que a polícia ia chegar. Por isso, segundo a polícia algumas provas foram descartadas.
No depoimento Ilza afirmou que foi o seu filho que fez isso. Levado á delegacia o filho confirmou a afirmação. Os dois não ficaram presos. O inquérito será remetido ao MP para as providencias pertinentes. Ás acusações que pensam sobre a quadrilha é de crimes contra a saúde pública dentre outros. Uma estudante de medicina era a mentora do golpe. Foi isso.

Veja mais informações sobre a “arapuca”.

Na manhã desta quinta-feira, equipes da polícia civil/6ª SDP cumprem mandados de busca e apreensão em quatro endereços na cidade de Foz do Iguaçu.
Os alvos das buscas são quatro mulheres e um homem investigados de envolvimento com a prática de procedimentos estéticos sem a devida habilitação profissional em clínicas irregulares que funcionam sem autorização sanitária.
Durante as investigações se apurou que uma das investigadas passando-se por profissional habilitada – MÉDICA efetuou aplicações de substâncias proibidas no Brasil pela ANVISA, além de outras ainda não identificadas. Após a aplicação do que supostamente seria um composto de vitamina C e BCAA, que prometia corrigir imperfeições nos glúteos e promover o crescimento da musculatura, as vítimas apresentaram reações alérgicas diversas e sintomas de intoxicação.
A operação Afrodite foi assim batizada em alusão à deusa da beleza, Afrodite, vez que foi justamente a busca pela beleza que levou diversas vítimas a realizarem procedimentos estéticos que acabaram lhes trazendo inúmeros prejuízos à saúde.
A operação também conta com equipes da vigilância sanitária a fim de proceder a fiscalização de clínicas de estética clandestinas que atuam sem alvará de funcionamento, visando a sua interdição.

1 pensou em “SERVIDORA SUSPEITA DE COLABORAR COM A QUADRILHA QUE FALSIFICAVA REMÉDIOS NA FRONTEIRA DEPÔS NO INQUÉRITO

  1. Cinthia Jovem

    Caro Lucas, esse esquema todo está ligado a uma garota de programa que tem um filho com MC Catra (falecido), essa mocinha famosinha no Instagram, tem milhares de seguidores comprados, vive de descaminho em uma Range Rouver preta placa de SP, de propriedade de uma empresa Paulista, deve um monte de IPVA e multas de trânsito.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *