Categorias
outros

Os comerciantes pedem uma única taxa de fronteira de 4%

O duty free no Brasil já é realidade, e a Câmara de Comércio da CDE insiste em combatê-los No país vizinho, eles terão uma taxa de 6% e, portanto, solicitarão uma tarifa única de importação de 4%. Adicione também 220 produtos à lista de 160 incluídos no regime de exceção turística. Se não reagirem, alertam que o emprego cairá nas quatro principais cidades fronteiriças. Com ABC Color 

PAI PATRÃO

O chinfrim sempre na contra-mão da história. Ao invés de encaminhar o “little orange” para uma faculdade para preparar-se para enfrentar o mercado de trabalho com lisura e competência optou por carreá-lo aos seus enroladíssimos business. O do momento diz respeito a uma possível fraude contratual. O advogado da causa contrária não costuma perder pendengas judiciais. O chinfrim, inculto até a medula, não conheceu a obra laureada dos irmãos Taviani, “Pai Patrão”.

PERGUNTAR  NÃO OFENDE

Individuo que vive trocando o nome do seu jornaleco, e dos diretores, tem condição de posar de formador de opinião?

NELSON JUSTUS SEGUE SUA TRIUNFANTE CAMINHADA LIVRE, LEVE, E SOLTO

Deputado Nelson Justus (DEM-PR) segue mais tranquilo que água de poço, mesmo sabendo-se que foi o presidente da Assembléia Legislativa foi quando ocorreu o escândalo dos “diários secretos  da Assembléia” denunciado pela Gazeta do Povo/RPC em 2010. O desvio descoberto foi de mais de R$ 200 milhões. O único que segue preso depois de ser condenado há mais de 30 anos é o Bibinho, diretor geral da casa na época dos fatos .

Pegunta-se: porque a Justiça não consegue chegar ao Nelson Justus?

DEPUTADO TONINHO WANDSCHEER  TOMOU CHÁ DE SUMIÇO DA FRONTEIRA

Toninho Wandscheer com o Cazuza ao fundo o presidente nacional do Pros Euripideus Junior que comprou dois aviões com a grana do fundo partidário

Na foto deputado federal Toninho Wandscheer comemorando sua entrada no Pros, depois de ser eleito pelo PT. Quem levou o Toninho para o Pros foi o Cazuza (que continua vendo o sol nasce quadrado da PEF 1). A ideia era lançar o Toninho á sucessão do Chico Brasileiro. Tudo ia bem até que a marvada operação Renitência eclodiu. De lá para cá Toninho nunca mais pisou na fronteira. Tomou chá de sumiço da terrinha onde o poste mija no cachorro.

ÁS RÁDIO PIRATAS CONTINUAM CHEGANDO Á FRONTEIRA

Esse despretensioso blog continua a ser o único veiculo que segue denunciado ás rádios piratas que proliferam na município. Á maioria dessas rádios colocam em risco o tráfego aéreo á medida que usam antenas na Argentina e Paraguai. Não possuem registro na Anatel, portanto, estão irregulares. Recentemente mais duas piratas instalaram-se na terrinha, a rádio Mix do dono do portal da cidade (Maicon Cubila) e a rádio Clube do H2Foz do Alexandre Palmar & cia. Tem-se a rádio Foz FM do José Paulo Franco Gasques que opera dentro do sindicato do Vitorassi. e tantas outras. O curioso é que esse pessoal continua recebendo verbas publicitárias de órgãos públicos como prefeitura de Foz do Iguaçu, governo do Estado e da Binacional. Desconcertante ver verbas públicas fomentando negócios ilícitos.

Lá em são Paulo a PF não tolera rádios piratas como  pode ser ver AQUI 

PITACO: Porque será que a PF na fronteira deixa correr frouxo?

INSULTO TRIBUTÁRIO

O Brasil é realmente um país sui generis onde trabalhadores com salários baixíssimos pagam IMPOSTO DE RENDA. Que renda? Isso é um insulto tributário! É preciso sobretaxar as grandes fortunas (que sonegam muito…) e aliviar para os que trabalham para não morrer de fome! Muda Brasil!

VEJA PESQUISA DATAFOLHA SOBRE BOLSONARO

Clique AQUI

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *