Categorias
outros

Gerente de posto é presa por vender combustível adulterado em Colorado

Após abastecer em posto, carro teve uma pane e ficou parado no acostamento de rodovia — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Após abastecer em posto, carro teve uma pane e ficou parado no acostamento de rodovia — Foto: Polícia Civil/Divulgação

A gerente de um posto de combustíveis de Colorado, no norte do Paraná, foi presa em flagrante suspeita de vender etanol adulterado nesta quarta-feira (19).

De acordo com o delegado Alysson Tinoco, pelo menos oito motoristas procuraram a delegacia informando que abasteceram no posto Alto Alegre, que fica às margens da PR-542, e alguns veículos estragaram, não conseguiram sair do pátio. Outros ficaram pelo caminho e precisaram ser guinchados.

Leia mais 

Categorias
outros

Senador Cid Gomes leva tiros, ao tentar furar motim de PMs com escavadeira

Político foi atingido no peito por disparos de arma de fogo, ao dirigir trator contra policiais

“Mataram o Cid!”, chegou a gritar um dos manifestantes contrários ao motim, após o senador ser atingido por um dos cinco disparos feitos na direção do veículo pilotado por Cid Gomes.

O senador foi fotografado sangrando, e também foi ferido por estilhaços dos vidros do trator que também atingido por pedradas. A assessoria do político chegou a afirmar que Cid Gomes foi atingido por uma bala de borracha. Mas já confirmou que ele foi baleado no peito, por arma de fogo, e foi encaminhado ao Hospital do Coração de Sobral, onde está sendo estabilizado.

O ex-governador do Ceará, Ciro Gomes, disse que seu irmão senador foi vitima de dois tiros de arma de fogo disparados por parte de policiais militares amotinados e mascarados em Sobral.

“Até aqui as informações médicas são de que as balas não atingiram órgãos vitais apesar de terem mirado seu peito esquerdo. Novos exames estão sendo feitos mas a palavra aos familiares e amigos é de que Cid não corre risco de morte. Espero serenamente, embora cheio de revolta, que as autoridades responsáveis apresentem prontamente os marginais que tentaram este homicídio bárbaro às penas da lei”, escreveu Ciro Gomes.

Pelas imagens que flagram o socorro ao senador, é possível ver que o tiro perfurou o peito de Cid Gomes, numa região mais próxima ao seu ombro esquerdo, mais distante do coração.

Contra o terror e a desordem

Cid Gomes está licenciado e deixou a capital Fortaleza em direção a Sobral, para tentar conter o grupo de policiais militares que tenta impedir o trabalho da PM, em seu reduto político. A manifestação cobra reajuste salarial, mas para Cid Gomes é inaceitável.

“Estou a caminho da minha cidade, Sobral, para defender a paz lá e em todo o Ceará. Não podemos aceitar que algumas pessoas que deveriam proteger e trazer segurança aos cearenses estejam praticando o terror e a desordem”, publicou o senador em seu Instagram, horas antes do confronto.

Para impedir a saída dos policiais militares para as ruas, os manifestantes secaram pneus de viaturas. E ainda circularam em outros carros da PM, encapuzados, ordenando que comerciantes do Centro de Sobral baixassem as portas. A ordem foi atendida por cerca de 15 minutos, até a Polícia Civil e a Guarda Municipal intervir e garantir a reabertura das lojas.

Categorias
outros

Sem respostas

To be, or not to be

Um curioso ouviu ontem a explanação de Renê Garcia, secretário da Fazenda, na Assembleia Legislativa, e foi dormir sem as respostas para as perguntas que ficaram no ar sobre as os números apresentados:

– Se o setor produtivo do Paraná está com crescimento chinês, por que o Governo investiu 22% a menos em 2019 do que em 2018 ?! Seria o Executivo a trava para o desenvolvimento maior do Estado ??!

Obras no CAPS III estão sendo depredadas devido ao abandono

Vereador Elizeu Liberato questiona a prefeitura sobre obra em abandono

O vereador Elizeu Liberato (PL), apresentou um requerimento solicitando informações sobre a retomada das obras da nova sede do Centro de Atendimento Psicossocial – CAPS III, localizado no Jardim Polo Centro. O parlamentar busca saber porque as obras foram paralisadas, e atualmente se encontra em situação de abandono. Segundo Elizeu, o local está servindo de espaço para a ocupação de vândalos, que estão danificando o espaço ainda inacabado. A situação fez com que os atendimentos fossem feitos em outro local, e de forma precária, sem os materiais necessários. O requerimento será encaminhado ao Executivo, que deverá responder os questionamentos do vereador no prazo de 30 dias.

Categorias
outros

ASSUNTO UPAs VOLTA À PAUTA

Autor: José Elias Aiex Neto.

Ontem li em um jornal local que a Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu vai transferir o gerenciamento das duas Unidades de Pronto Atendimento para a Fundação Municipal de Saúde e que o assunto está gerando muito debate.
Entendo que este debate se torna desnecessário, pois a proposta é a única exequível para melhorar o padrão de atendimento na área de urgência e emergência em nosso município.
Só quero lembrar que tal proposta já foi discutida em 2015 e 2016, quando eu ocupava a Vice presidência do COMUS e era Diretor Técnico do Hospital Municipal. Em 7 de maio de 2015 o COMUS rejeitou a proposta apresentada pelo então prefeito Reni Pereira de repassar a UPA João Samek para uma PPP (Parceria Público Privada) o que foi acertado.

No entanto, ficou no ar a necessidade de resolver o grave problema do desvirtuamento das finalidades dos serviços de urgência e emergência do Município (naquele época, a UPA João Samek e o pronto atendimento do Morumbi, que hoje também é uma UPA). Eles recebiam muitos pacientes que não apresentavam patologias classificadas como urgência e emergência, o que os superlotava, prejudicando a qualidade do atendimento. E eles recebiam pacientes que não eram casos de urgência e emergência porque as Unidades Básicas de Saúde, encarregadas de prestar atendimento a eles, não funcionavam bem, principalmente por falta de pessoal.
Acontece que muitos funcionários que estavam trabalhando nos serviços de urgência e emergência elencados acima, eram das unidades básicas de saúde. Eles ganhavam horas extras na UPA e acabavam recebendo polpudos proventos em função disso. Havia uma enfermeira que recebia cerca de 18.000, 00 reais por mês. Logicamente que não queriam voltar para a rede básica.

Imbuídos em resolver tão premente problema, eu e Geraldo Gentil Biesek, respectivamente Diretores Técnico e Diretor Geral do Hospital Municipal , construímos uma proposta de transferir a administração dos serviços de Urgência e Emergência para a Fundação Municipal de Saúde. Faço um parêntesis para noticiar que Geraldo gentil Biesek é hoje o Chefe de Gabinete do Secretário Estadual de Saúde, Beto Preto, seguramente em função de seu conhecimento técnico na área de administração de serviços de saúde.

Tal proposta foi apresentada em uma reunião do COMUS em julho ou agosto de 2015, sendo que na mesma estiveram presentes muitos funcionários da UPA que recebiam horas extras e engordavam substancialmente seus holerites. Tumultuaram a reunião, com o apoio dos então vereadores Dilto Vitorassi e Nilto Bobato, sendo que a proposta foi rejeitada. Geraldo Biesek tinha feito um planejamento excelente para que a transferência se desse sem tumulto. Já tinha até capacitado funcionários contratados pela Fundação Municipal de Saúde para assumir os postos.
Naquela reunião fui agredido moralmente por alguns daqueles baderneiros, principalmente por uma enfermeira chamada Gisele, que era uma das que recebia cerca de 18.000 reais por mês.
Não contentes com isso, articularam com o então presidente Sadi Buzanelo, uma orquestração para me tirar do COMUS, sendo que resolvi nunca mais pisar naquele colegiado, pois a energia negativa era muito forte, principalmente porque comandada por um sepulcro caiado que se apresentava como pastor evangélico e que agora está afastado do COMUS por ordem judicial, mesmo porque está condenado por improbidade administrativa.
De tudo o que foi relatado acima, resta a tristeza de ver que a saúde pública de Foz não avança por causa de interesses mesquinhos de muita gente, principalmente de políticos e até mesmo de funcionários públicos que nela atuam (o que é mais preocupante, pois lidam com a saúde da população).
Termino cantando a música “Tocando em frente” de Almir Sater.

“Ando devagar porque já tive pressa
E levo esse sorriso
Porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte
Mais feliz, quem sabe
Só levo a certeza
De que muito pouco sei
Ou nada sei
Conhecer as manhas e as manhãs
O sabor das massas e das maçãs
É preciso amor pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir
Penso que cumprir a vida
Seja simplesmente
Compreender a marcha
E ir tocando em frente
Como um velho boiadeiro
Levando a boiada
Eu vou tocando os dias
Pela longa estrada, eu vou
Estrada eu sou
Conhecer as manhas e as manhãs
O sabor das massas e das maçãs
É preciso amor pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir
Todo mundo ama um dia
Todo mundo chora
Um dia a gente chega
E no outro vai embora
Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
E ser feliz
Conhecer as manhas e as manhãs
O sabor das massas e das maçãs
É preciso amor pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir
Ando devagar porque já tive pressa
E levo esse sorriso
Porque já chorei demais
Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
E ser feliz”.

Que tenhamos serenidade para enfrentar tanta turbulência.

 

Categorias
outros

Leitor denúncia possível irregularidade em venda de terreno da prefeitura de Foz

Boa tarde senhor Helio Lucas.
Solicito vosso apoio e um pequeno espaço para levar ao público de Foz do Iguaçu um fato estranhíssimo que ocorreu em nossa cidade.
Escrevo com indignação.
Soube há alguns dias que o lote da Avenida Paraná, esquina com a Rua Jorge Sanways, em frente à Looby Bar e ao lado do Condomínio Residencial Alto Paraná, que faz divisa com a parte de cima do Country Clube de Foz do Iguaçu era propriedade da Administração Municipal de Foz do Iguaçu – e foi vendido. Com projeto de Lei aprovado na Câmara Municipal e tudo. Lindo. Só que a venda, uma licitação pública, teve apenas dois participantes na disputa.
Mais detalhadamente, o referido imóvel possui a matrícula nº 16.527 do 1º Ofício e número 0084 (10.1.46.09).
A indignação aumentou quando fui consultar o portal da transparência e verifiquei que o edital da tal licitação, modalidade Concorrência Pública, número 009/2019, foi divulgado apenas no jornal FOLHA DE LONDRINA, no Diário Oficial do Município e no Diário Oficial do Estado do Paraná. Pergunto, quem lê qualquer um dos três?
Esqueceram de publicar na Gazetinha! E a Prefeitura de Foz tem contrato com o Bonato hein?
Gostaria de saber por que POR QUE nem ao menos o vizinho COUNTRY CLUBE foi convidado ou teve ciência do processo licitatório de venda da propriedade.
Alguma coisa está errada. Algum interesse prevaleceu.
Um lote desse, em região central da cidade, com 304 metros quadrados vendido por R$ 350.000,00 e somente dois participantes na licitação?
Eu tenho interesse de compra, o Country certamente tem interesse para fechar o seu canto de lote…
Mas, pelo que parece, somente o senhor ARLINDO ALAMINI e o senhor LUIZ FELIPE RORATTO (vencedor/comprador) tiveram acesso às informações e às propostas.
Imediatamente já construíram 05 ou 06 salas comerciais para locação. Não poderia ser feito algo para o cidadão iguaçuense?
Realmente é uma vergonha, um descaso com os bens públicos!! Pelo que vejo, o princípio constitucional da publicidade dos atos administrativos está minguando.
Peço que o senhor publique isso para que os cidadãos de Foz do Iguaçu fiquem sabendo do que a gente descobre.
Segue o processo anexo, extraído do portal da transparência da prefeitura. Segue fotos do comércio aberto no terreno.

Obrigado.

Abaixo o processo licitatório completo:

PROCESSOCOMPLETO

 

Categorias
outros

TJ-PR acata mais uma denúncia contra o prefeito Claudio Eberhard de Santa Terezinha de Itaipu

Alemão tem nova denúncia acatada contra a sua magnânima pessoa

Mesmo depois de ser preso e solto o prefeito Eberhard continuou a cometer crimes, isso na ótica do Gaeco. Por conta foi pedida a sua prisão novamente ao TJ-PT, que indeferiu, mas acatou essa nova denúncia (um braço da operação Saruê) que você confere abaixo:

DENÚNCIA CRIME Nº 0033278-10.2019.8.16.0000, DE SANTA TEREZINHA DE ITAIPU
DENUNCIADO: CLAUDIO DIRCEU EBERHARD
NARRATIVA DE FATOS QUE IMPUTAM AO PREFEITO MUNICIPAL A PRÁTICA DOS CRIMES DE CONCUSSÃO, FALSIDADE IDEOLÓGICA E LAVAGEM DE DINHEIRO. DENÚNCIA FORMALMENTE PERFEITA.

DENÚNCIA RECEBIDA.

Todas essas denúncias contra o Claudio estão sendo também proposta em ações cíveis por improbidades administravas.

Acórdão abaixo:

acordao SARUEEE (1)

 

Categorias
outros

Arnaldo Jabor diz na Globo que Bolsonaro tem problema sexual

Comentarista repreendeu fala de Bolsonaro sobre jornalista da Folha de S.Paulo e afirmou que o presidente tem um “problema sexual”

Reprodução/TV Globo
A mais nova polêmica envolvendo o presidente Jair Bolsonaro continua rendendo. Ele fez uma insinuação sexual durante uma entrevista e afirmou que a jornalista Patrícia Campos Mello, do jornal Folha de S. Paulo, queria “dar o furo” a “qualquer preço”.

Durante o Jornal da Globo desta terça-feira (18/02/2020), Bolsonaro foi criticado duas vezes. Uma pela âncora Renata Lo Prete, que mostrou sua indignação com a fala dele, e outra pelo comentarista político Arnaldo Jabor, que afirmou que o presidente tem um “problema sexual”.

Leia a matéria completa no Portal Overtube.

 

Categorias
outros

Polícia Civil faz ação contra exploração sexual de crianças e adolescentes no Paraná

A Polícia Civil do Paraná cumpre seis mandados de busca e apreensão na 6ª fase da Operação Luz da Infância, que apura crimes de pornografia infantil e de exploração sexual contra crianças e adolescentes, na manhã desta terça-feira (18), em várias cidades do Estado.

A ação é comandada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e também cumpre 112 mandados de busca e apreensão no Brasil e quatro países

No Paraná, as ordens judiciais estão sendo cumpridas em Colombo, Londrina, Francisco Beltrão, Santa Terezinha de Itaipu, Toledo e Centenário do Sul.

Até as 8 horas, duas pessoas tinham sido presas em Francisco Beltrão.

De acordo com as investigações, os alvos são suspeitos de praticar os crimes através da internet.
Com G 1 PR.

PITACO: Pasmem! Um professor foi preso com enorme material de pedofilia em seu poder em São Paulo.

Categorias
outros

Câmara cobra esclarecimentos sobre mudanças no modelo de gestão das UPAs

Preocupação dominou as discussões na sessão de hoje; uma das principais críticas foi a falta de debate sobre a transferência de gestão

Câmara cobra esclarecimentos sobre mudanças no modelo de gestão das UPAs

A possibilidade que começou a ser discutida pelo Governo Municipal de transferência da gestão das UPAS para Fundação Municipal de Saúde gerou intenso debate na Câmara Municipal de Foz do Iguaçu durante a sessão desta terça-feira, 18 de fevereiro. Dentre as pontuações dos vereadores, uma das cobranças mais sérias foi não ter colocado a Câmara no debate, uma vez que são os parlamentares os fiscalizadores do Executivo e uma das principais portas de reclamação da população ao Poder Público.

A discussão sobre o assunto na Câmara foi levantada a partir do requerimento 44/2020, da vereadora Anice Gazzaoui (sem partido). “Eu fui comunicada na sexta-feira que haveria uma reunião na sede da Vigilância Sanitária. São prerrogativas nossas de fiscalizar. Onde está a legalidade dessa mudança? Escutamos debates entre os enfermeiros e o Secretário de Saúde. Onde está o COMUS, a Comissão de Saúde e os vereadores que não foram ouvidos. Por que não vieram falar conosco? O fluxo que é de responsabilidade do Hospital não está funcionando. Essa Câmara não foi colocada no debate”, ressaltou a vereadora Anice.

De acordo com o presidente da Câmara, Beni Rodrigues (PSB), a mudança de gestão é um ponto a ser discutido com mais profundidade. O que é consenso no Legislativo é de que a situação da saúde pública da maneira como está sendo levada está de difícil resolução. “Do jeito que está não temos como aceitar mais. Se a alternativa for por essa mudança, precisamos saber mais e tirar todas as dúvidas. E se não tiver resultado, vamos questionar e cobrar novamente”, destacou Beni. O requerimento obteve aprovação e foi encaminhado para o Executivo para tomada de providências.

Alteração gera dúvidas

Demais parlamentares demonstraram preocupação com a mudança, uma vez que não houve debate prévio com a Casa, tampouco apresentação da proposta. “Neste momento não temos como avaliar se essa mudança vai ser benéfica ou não para população. Ficamos preocupados com a situação. O que a gestão do Hospital pode fazer para melhorar a gestão da UPA e a administração municipal não pode fazer? Não sabemos como estão sendo os procedimentos de alteração de gestão”, enfatizou o vereador Elizeu Liberato (PL).

“A manutenção quem está fazendo na UPA há muito tempo é o Hospital mesmo, então o problema é de gestão”, destacou a vereadora Inês Weizemann (PSD), presidente da Comissão de Saúde.

Na opinião do vereador Rudinei de Moura (Patriota), a saúde “está um descaso. Se a Presidente da Comissão de Saúde não está sendo informada, não nos chamaram nem para ouvir a mudança de gestão. Não tem como eu concordar com um secretário que não chama a Câmara para debater. Já que é para dar bom andamento à saúde vamos sugerir o nome do Sérgio, Diretor do Hospital para Secretaria de Saúde”, disse Rudinei.

Terceirização dos serviços

Uma das preocupações foi com a possibilidade de após a mudança, o Executivo promover terceirização de alguns serviços. O vereador Celino Fertrin (PDT) questionou: “Vamos acabar com a bagunça, pedimos a saída do Secretário de Saúde, ninguém aguenta mais tanta reclamação. Que peçamos afastamento do secretário da saúde, diante sua incompetência de gestão da saúde. Quando se tem de tomar decisões importantes não somos convidados ou convocados para discussões. Que decisões são tomadas que o Legislativo não pode participar? Por acaso quem está trabalhando nas UPAs é incompetente? À época que Bobato (secretário de Saúde Nilton Bobato) era vereador foi veemente contra a parceria público-privada (PPP) na área da saúde. E agora?”, indagou Celino.

O vereador Jeferson Brayner (Republicanos), no entanto, rebateu essa possibilidade. “Estão dizendo que a gestão será terceirizada, mas isso não vai acontecer. A administração vai ser feita pelo gestor do Hospital Municipal. Vamos colocar todos os pontos na mesa e resolver a situação das pessoas”, destacou Brayner.

Com Assessoria da Câmara Municipal.