Categorias
outros

NOVO CONSELHEIRO DE ITAIPU

Veio por indicação de Elizeu Padilha, mas o advogado baiano atua em todas as pontas da política nacional. Estará aí mensalmente batendo ponto e recebendo um dinheiro para completar a faina mensal.
Compartilhe isto...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Categorias
outros

Grande apreensão de armas e munições na Ponte Internacional da Amizade

       

Na noite desta quinta-feira (18), em operação de rotina, no âmbito da Operação Fronteira Integrada, na Aduana da Ponte Internacional da Amizade, servidores da Receita Federal, policiais do BPFron e Força Nacional realizaram uma grande apreensão de armas e munições em fundo falso.
          Por volta das 20h30, durante abordagem de rotina, um veículo de placas paraguaias foi parado pela fiscalização. Ao descer do carro, o motorista, um paraguaio de 30 anos, demonstrou nervosismo excessivo, despertando suspeita dos servidores. Assim que foi iniciada uma revista minuciosa no interior do veículo, o condutor empreendeu fuga correndo sentido Vila Portes, infiltrando-se em meio as pessoas que ali estavam. Imediatamente policiais e servidores realizaram um acompanhamento tático ao suspeito e, após uma busca nas imediações, conseguiram identificá-lo e prendê-lo. Retomada a inspeção no veículo, foi localizado um fundo falso que se situava atrás do banco traseiro, onde foram encontradas ocultas 35 armas de uso restrito das forças policiais e 45 carregadores, sendo 16 pistolas Glock calibre .40, 19 pistolas Taurus calibre 9mm, 19 carregadores Taurus 9mm, 6 carregadores alongados Glock 9mm, 20 carregadores Glock .40 e cerca de 8 mil munições.
          O infrator, as armas e munições foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Federal de Foz do Iguaçu para a execução dos procedimentos legais cabíveis.
  A Operação Fronteira Integrada está inserida no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído pelo Decreto nº 8.903/2016, tem como diretrizes a atuação integrada e coordenada dos órgãos de segurança e de fiscalização atuantes nas fronteiras, e como foco, o fortalecimento da prevenção, do controle, da fiscalização e da repressão aos delitos transfronteiriços, como contrabando, descaminho, tráfico de drogas, armas e medicamentos, entre outros. Participam da Operação a Receita Federal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar do Paraná – BPFRON, Força Nacional de Segurança – FNS e Foztrans – Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu.

Com assessoria da RFB

PITACO: Chama-se Renato Gomes Maciel o Sargento do Exército que foi preso com armamento e pasta de cocaína avaliados em R$ 3 milhões. Mister ir-se á fundo nesta investigação, pois ao que tudo indica trata-se de perigosa quadrilha. Um homem só dificilmente operaria uma ação criminosa deste porte.

 

Compartilhe isto...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Categorias
outros

ESPAÇO DO LEITOR QUE FALA SOBRE ITAIPU

Prezado Linguaditrapo
Após a explosão atômica causada pela Lava-Jato, que derrubou “Dilma-Sapiens” da presidência da república, os Ptistas que não foram presos começaram a fugir do epicentro da radiação.  O instinto de sobrevivência determinou o silêncio desses insetos que permaneceram pendurados nas estatais.
 
Aqui na terra das Cataratas do Iguaçu, não é diferente.  Os que não escoaram para outro partido como chorume, permaneceram amarfanhados nas tripas da Itaipu que há muito deixou de produzir energia barata e se especializou em patrocínios (Revista Piauí, 23 de agosto de 2017).
 
Além dos patrocínios a binacional também alimenta a pandilha que restou do PT.  Na Diretoria Administrativa remanesce Adriano Bardou Martins, histórico ativista, hoje superintendente das  relações trabalhistas e que, dependendo da hora, se traveste de vermelho ou de verde oliva, para  agradar à diretoria da ocasião e manter o polpudo salário.
 
A mediocrize se alastra na binacional como febre amarela se espalha no Brasil.  Há pouco um careca PTista de duvidosa competência para turismo, passou a  responder pela coordenação do turismo.  Tudo faz lembrar da personagem de Eça de Queiroz: “Pacheco não deu ao seu país nem uma obra, nem uma fundação, nem  um livro, nem uma ideia.  Pacheco era entre nós superior e ilustre unicamente porque tinha um imenso talento…  O talento imenso de Pacheco ficou sempre calado, recolhido, nas profundezas do Pacheco”.  Por lá a meritocracia está sendo medida pelo poder de salivação  no escroto, e novamente: às favas com energia barata!
 
Mas eis que em breve futuro o sol raiará para a administração.  É que o probo João Pereira, sim,  aquele que lambia as sandálias e os passos do Edésio, falecido coronel do PT, irá retornar com suas alegorias, agora para ser diretor do carnaval.  Na comissão de frente o João-honesto possui em seu histórico ter “dado um jeitinho” para garantir mais de cem mil reais quando se aposentou para de beneficiar do PDV, plano de demissão voluntária.  Como mestre-sala e porta-bandeira o conspícuo Pereira ostenta duas ações trabalhistas ajuizadas contra a Itaipu Binacional, mas que, solerte, retirou da justiça para desfilar como novo diretor.  Afinal, não pegaria bem ser reclamante e reclamado no mesmo processo.
 
As baratas vão bem, a mediocridade também e PT saudações.
 
Antônio Felipe M. Rodrigues
PITACO: Sempre que se fala em Itaipu me vem a mente ás postagens, em grupos de whassap,  da Patricia Patrícia Iunovich (responsável pela comunicação da usina) que juntou-se ao jornalista Aluízio Palmar para perguntar se o Língua havia sido preso. Não, não fui preso. Quem poderá ser presa a qualquer momento é uma senhora (de Foz do Iguaçu) que casou com uma magnata do Paraguai e foi citada no vídeo sobre lavagem de dinheiro, postado recentemente neste espaço. Disse o vídeo que lavaram US$ 30 milhões do crime organizado.
Compartilhe isto...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Categorias
outros

Alto rendimento

O diretor técnico do Comitê Brasileiro de Clubes, Lars Grael, se reúne no próximo dia 31 com os Comodoros dos maiores clubes de Vela do Brasil. O encontro será na sede da Confederação Brasileira de Vela (RJ) para discutir o Edital 8 – que direciona recursos da loteria esportiva para formação de atletas de alto rendimento.

Podium

O edital compensará perdas especificamente para a prática do esporte Vela por atletas e clubes brasileiros que sempre são destaque nos podiums olímpicos. O Yacht Clube da Bahia, o Veleiros do Sul- RS e o Iate Clube de Brasília coordenam o encontro.

Do Leandro Mazzini.

PITACO: E Foz do Iguaçu com o ICLI e seu projeto de ensino aos jovens de Vela?

Compartilhe isto...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter