Categorias
outros

MP-PR denuncia 24 pessoas na Operação Citrus

O Ministério Público do Paraná, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Foz do Iguaçu e da Promotoria de Justiça de São Miguel do Iguaçu, no Oeste paranaense, ofereceu denúncia contra três servidores municipais de Itaipulândia e outras 21 pessoas, incluindo ex-servidores públicos e empresários do ramo da construção civil. Investigados na Operação Citrus, eles são acusados de crimes de associação criminosa, corrupção ativa, passiva e fraude em licitações.

As investigações do Gaeco, iniciadas em agosto de 2015, indicam a existência de um esquema entre empresários e servidores públicos para fraudar e direcionar licitações, principalmente no ramo da construção civil. As ilegalidades seriam para favorecer, entre outros, a empresa do irmão do prefeito de Itaipulândia. Desde que a operação foi deflagrada, em 14 de julho, a Justiça já decretou a prisão preventiva de dois denunciados, a custódia cautelar de outros quatro e o afastamento do cargo público dos três servidores municipais, além de outras medidas cautelares aplicadas aos demais investigados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *