Publicidade
Categorias
outros

Elogio ao novo delegado

Parabéns a Foz do Iguaçu que recebe de braços aberto um profissional de honra, honestidade, seriedade, gestor de sucesso e Policial por excelência, um grande homem que merece admiração, respeito e aplausos pelos relevantes trabalhos a instituição Policial Civil e a comunidade paranaense.
Dr. Rogério Antônio Lopes parabéns e que o Todo Poderoso Deus o abençoe imensamente nesse retorno, gostaria que soubesse para mim foi uma honra trabalhar ao seu lado. Aprendi muito com os seus ensinamentos, hoje, policial civil aposentado, a frente de escritório de advocacia, como advogado tenho a oportunidade de por em prática os seus ensinamentos.
Sucesso e um forte abraço de um admirador.

Roberto Carlos de Castro
ADVOGADO

Categorias
outros

Dança das cadeiras tucanas na fronteira

download (2)
Ivone Barofaldi garantiu seu cargo no tucanato

Cerca de uns 12 cargos do governo do Estado em Foz do Iguaçu vão mudar de titulares.
A mudança começa com a exoneração do Cesário Ferreira, como chefe do escritório da Casa Civil, para acomodar a ex-prefeita Ivone Barofaldi.

PS: Ivone esteve semana passada em Curitiba onde ouviu do governador Beto Richa que o PSDB da fronteira tem que sair com candidato a prefeito. Nada de coligar.
Então, tá.

MECENAS 

Hoje preso no Rio, Eike não era mão aberta apenas em campanhas eleitorais. Em 2009, desembolsou R$ 1 milhão para financiar o filme “Lula, o Filho do Brasil”.

TÁ TUDO DOMINADO!

Rodrigo Maia (DEM-RJ) investigado pela Lava Jato reeleito para a presidência da Câmara Federal.
Eunício Oliveira (PMDB-CE) investigado pela Lava Jato eleito para a presidência do Senado

PITACO: SOCORRO! CHAMEM O LADRÃO!

COMUNICADO DEMORADO

Só nesta quarta (01) o ministro Herman Benjamim do TSE comunicou ao TRE/PR que o julgamento do recurso   do Paulo McD transitou em julgado naquela corte, sendo indeferido. Agora é esperar o TRE decretar nova eleição no município. Isso deve ocorrer em meados de abril.

PAULO MCD CONTINUA DESTILANDO SUA CICUTA NA AZEDINHA

Paulo McD segue “escrevinhando” no jornaleco da ave que come carniça…Dia desses analisou os cargos comissionados no legislativo, mas exatamente os tais assessores dos vereadores que mandam ao ralo 39 milhões de reais por ano. Paulo está possesso com essa sangria nos cofres públicos. Então vamos lá:
Nos oito anos que o Paulo esteve a frente do executivo sua excelência nada fez para mudar esse quadro, que ele agora chama de escabroso. O total de assessores continuaram tal como está hoje, nada mudou. Teve-se neste período o triste episódio do “acordo caracu” (denunciado pelo Djalma Pastorello) onde o Paulo deu 59 cargos para os nobres edis da época. Entrou de tudo, mulher, namorada, sobrinho, irmão, amante e o escambau…
E vamos além, em seus dois governos Paulo manteve, em torno de 400 cargos comissionados. Foi a maior orgia destes tristes protagonistas na história política de Foz do Iguaçu. Me lembro que nessa época até o Cazuza reunia-se as 6 hs da manhã (no escurinho do cinema…) no gabinete com o Paulo para traçarem estratégia visando “pacificar” adversários políticos na casa de leis.  Dessas articulações saiu um suculento CC 2 para a “Dona Cazuza”… A estagiária mais cara do Brasil (bom dia ex-bagual!).
Paulo, pare com essa demagogia barata! Desse jeito até o corvo, o bicho de estimação da sua tchurma, irá vomitar…

E DEU-SE A PRIMEIRA SESSÃO DO LEGISLATIVO

16299486_10208293482630839_7743401960200313295_n

Nesta quinta (2) aconteceu a primeira sessão com os 11 vereadores eleitos.
Todo mundo engalanado cantando o Hino Nacional, o Hino da Cidade,  com direito a Padre católico rezar terço, e Pastor Evangélico pedir a ajuda de Deus para proteger a casa de leis…
Os quatro suplentes que estão na fila para assumir (num total de 15 edis) deverão ser diplomados na sessão da próxima terça vindoura. Vamos ver o que sai dessa nova legislatura, posto que a legislatura anterior foi um completo desastre. Envergonharam a nossa Foz do Iguaçu.

O PARTIDO REDE SUSTENTABILIDADE (REDE) 

Emitiu nota de repúdio sobre a morte de um homem na Aduana no último sábado. Como ninguém assina a nota, deixamos de publicá-la. Nota sem assinatura não vale.

PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO

Durante patrulhamento pela área Sul da cidade, por volta de 12:00h, mais precisamente na rua seringueira esquina com rua dos Golfinhos,  a equipe avistou dois indivíduos parados na esquina em atitudes suspeitas, sendo que ao avistarem a viatura os mesmos tentaram esconder o rosto e tentaram se evadir do local tomando sentido contrário ao da equipe policial, fato esse que gerou suspeição e ensejou abordagem, foi feita revista pessoal em ambos os indivíduos sendo que foi encontrado na cintura de um deles,  um revólver calibre .38 com duas munições intactas calibre 9mm na câmara da referida arma. Diante dos fatos, o mesmo foi conduzido até a 6ª SDP para procedimentos de polícia judiciaria.

TRÁFICO

Repassado via Copom, por volta de 20:40h, que dois indivíduos embarcariam as 21:00hs da rodoviária internacional de Foz do Iguaçu com destino a Ponta Grossa e que estariam portando certa quantidade de drogas. Ao chegar no local, a equipe policial, abordou um rapaz de dezessete anos, foi pedido para revistar a sua mala que já se encontrava no bagageiro do ônibus, o mesmo prontamente autorizou e em revista foi encontrado quatorze tabletes de substância análoga a maconha enrolado em um cobertor em meio aos seus pertences pessoais, que totalizou dez quilos da droga. Perguntado para onde levaria o entorpecente, o mesmo respondeu que levaria para a cidade de Guarapuava. Perguntado ainda se estava acompanhado o mesmo respondeu que estava sozinho. O menor foi encaminhado até o DEA para lavratura do flagrante.

RECEPTAÇÃO

Durante patrulhamento de trânsito na região Leste, por volta de 16:30h, a equipe policial, foi acionada via central de operações, a qual informou, que na rua Pardais no Portal da Foz, havia uma camionete, MMC, l200 Triton, com queixa de furto/roubo. No local, havia dois indivíduos realizando o desmanche da mesma, disseram a equipe que um senhor deixou a camionete para troca do motor. Durante a abordagem inicial, chegou ao local um terceiro indivíduo, se identificando como proprietário do local, o qual ratificou a informação dada pelos outros dois abordados. Diante da situação, o senhor entrou em contato com o cidadão que havia levado a camionete até o local, sendo que este quarto elemento se apresentou a guarnição, que informou ter pego o veículo de uma outra pessoa para que fosse feito o serviço. No interior da residência que funciona como desmanche, foram encontradas diversas peças de veículos, como caixa de transmissão, cardans, portas, acabamento interno, veículos recortados e outras. Foi entrado em contato com a delegacia de polícia civil a qual orientou a equipe a lacrar o local para perícia posterior. Diante dos fatos mencionados, os quatros indivíduos e o veículo com queixa de roubo na cidade de São Leopoldo/RS, foram conduzidos a 6ªSDP para providências de polícia judiciária.

 

Categorias
outros

Blindando a rapaziada peralta…

Planalto anuncia criação de dois novos ministérios

Porta-voz anunciou pastas de Direitos Humanos e de Secretaria-Geral da Presidência

Em uma série de anúncios feitos há pouco no Palácio do Planalto, o presidente Michel Temer criou o Ministério dos Direitos Humanos, nomeou o peemedebista Moreira Franco para a Secretaria-Geral da Presidência, ampliou as atribuições do Ministério da Justiça e confirmou o deputado Antônio Imbassahy no comando da Secretaria de Governo, cargo antes ocupado pelo peemedebista Geddel Moreira Lima.

PUB

Atual secretário-executivo do Programa de Parceria de Investimentos, Wellington Moreira Franco será o novo ministro da Secretaria-Geral da Presidência, órgão que volta a ter status de ministério. A pasta acumulará as funções do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), da Secretaria de Comunicação e outras atividades administrativas do Planalto.

A secretária especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do Ministério da Justiça, a desembargadora Luislinda Valois, foi promovida a ministra dos Direitos Humanos. De acordo com o governo, a pasta foi criada por meio de medida provisória.

Os anúncios foram feitos pelo porta-voz da Presidência, Alexandre Parola. Com o objetivo de demonstrar que o governo é “parte ativa e atuante no combate à criminalidade”, Parola informou também que o Ministério da Justiça terá suas atribuições ampliadas e passará a se chamar “Ministério da Justiça e da Segurança Pública”, continuando sob o comando de Alexandre de Moraes.

“Esse conjunto de iniciativas reforça a busca pela eficiência da gestão e o esforço de atender sempre melhor as demandas da sociedade em políticas concretas em benefício do povo brasileiro”, afirmou Alexandre Parola (foto). Com informações da Agência Brasil.

 

Categorias
outros

Má notícia para os corruptos: deu Edson Fachin

Josias de Souza

“Sem sorte, não se chupa nem um Chica-bon”, dizia Nelson Rodrigues. “Você pode engasgar com o palito ou ser atropelado pela carrocinha” de sorvete. O Brasil teve sorte. Deu Edson Fachin no sorteio eletrônico do Supremo Tribunal Federal que definiu o nome do novo relator da Lava Jato.

Fachin está sujeito a erros, como todo ser humano. Entretanto, já demonstrou ter consciência de que não foi indicado à Suprema Corte para fazer favores, mas para julgar segundo as leis. Fez isso ao relatar ação do PCdoB contra o rito fixado por Eduardo Cunha para a tramitação do impeachment de Dilma Rousseff.

Indicado por Dilma, para quem pedira votos em 2010, Fachin votou pela manutenção do rito definido por Cunha. Seu colega Luís Roberto Barroso inaugurou uma divergência, seguida pela maioria da Suprema Corte. A Câmara foi compelida a seguir não o rito de Cunha, mas as regras que embalaram o processo de impedimento de Fernando Collor, em 1992. Vencido, Fachin anexou à sua biografia de magistrado um certificado de independência.

Fachin voltou a compor a minoria na sessão em que o Supremo decidiu que o réu Renan Calheiros não podia assumir a Presidência da República, mas tinha o direito de permanecer na presidência do Senado. Vencido, o novo relator da Lava Jato apegou-se ao voto que já havia proferido em sessão anterior. Recusou-se a abandonar a tese segundo a qual  os réus devem ser expurgados dos cargos que ficam na linha de sucessão do Planalto.

Para desassossego dos corruptos, Fachin juntou-se à maioria do Supremo no julgamento em que ficou assentado que condenados em segunda instância devem aguardar pelo julgamento de eventuais recursos atrás das grades. Nessa matéria, fez mais: guerreou pela preservação da coerência da Suprema Corte.

No exercício do plantão durante um recesso do Judiciário, o então presidente Ricardo Lewandowski mandou soltar José Vieira da Silva. Alegou que era preciso “prestigiar o princípio da presunção da inocência”. Prefeito de Marizópolis, cidade dos fundões da Paraíba, Vieira da Silva fora condenado por um tribunal de segunda instância.

Terminadas as férias, Fachin ordenou que o prefeito fosse recolhido novamente ao xadrez. Para justificar a revisão do despacho de Lewandowski, sustentou a necessidade de prestigiar a “estabilidade” dos entendimentos fixados em decisões da Suprema Corte. O novo relator da Lava Jato é um cultor da jurisprudência.

Se a escolha aleatória do computador do Supremo Tribunal Federal tivesse recaído sobre uma toga da linha Lewandowski, um palito de sorvete seria atravessado na traqueia dos membros da força-tarefa da Lava Jato. Delatados, investigados, denunciados e réus chupariam sorvetes até a eternidade. Com Fachin, os Deuses da aleatoriedade deram uma chance à sorte.

Categorias
outros

Sigilocracia!

AroeiraCarmen2

Categorias
outros

Globo mostra nova ‘casa’ de Eike Batista em Bangu 9; veja fotos

Álvaro José Galliez Novis e Wagner Jordão Garcia, presos na Lava Jato, compartilham a mesma cela.

Nova 'casa' de Eike Batista em Bangu 9 é divulgada em imagens

Nova ‘casa’ de Eike Batista em Bangu 9 é divulgada em imagens © REPRODUÇÃO/TV GLOBO


São apenas 15 metros quadrados. Uma cama de concreto. Lençóis azuis, uma sacola e uma garrafa de água. Em cima do beliche, um livro que pode ser uma Bíblia. O cenário compõe a nova casa nada milionária do empresário Eike Batista. Desde segunda (30), ele está preso na Cadeia Pública Bandeira Stampa, em Bangu ), no Complexo de Gericinó, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

As fotos exclusivas foram divulgadas pela edição do Jornal Nacional, da TV Globo, da última terça-feira (31). Nas imagens, também há camas dos novos companheiros de cela de Eike, Álvaro José Galliez Novis e Wagner Jordão Garcia, presos durante a Operação Eficiência, desdobramento da Lava Jato no Rio.

A precariedade na cela comum é porque o empresário não possui um diploma universitário. Por causa disso, ele compartilha o local com outros cinco detentos. O lugar que serve como banheiro também foi registrado pela Globo. Eike vai ter que se acostumar com um buraco no chão, conhecido como “boi”, para fazer suas necessidades especiais.

Segundo a Defensoria Pública, são 419 presos para 547 vagas em Bangu 9. São enviados para o local, os presos relacionados às milícias e é também onde estão detentos de casos famosos.

 

Categorias
outros

Delegado Rogério Antonio Lopes de volta a terrinha

images (4)
Delegado Rogério Lopes vai substituir Alexandre Macorim

Delegado de polícia Rogério Antonio Lopes voltará a chefiar  a 6ª SDP em substituição ao delegado Alexandre Macorim que vai ser delegado corregedor na região de Cascavel. Rogério já atuou como delegado chefe da 6ª SDP ocasião em que deixou sua marca registrada de seriedade e eficiência.  Por óbvio está de volta. Ambos os delegados são de 1ª classe, considerados cardeais da instituição, com excelentes serviços prestados a briosa Polícia Civil do Paraná. Congratulations!

VEÍCULO RECUPERADO

 Às 00h10 do dia 01, na interseção da rua Maria Ignês Maran x Rua Barra Grande, encontrava-se estacionado o veículo Peugeot 206 de cor prata, com os vidros abertos e as chaves na ignição.  O veículo em questão havia sido roubado algumas horas antes e foi entregue na Delegacia da Polícia Civil.

POSSE ILEGAL DE ARMA DE FOGO

Às 17h do dia 31, a equipe do pelotão de Choque recebeu uma denúncia referente a arma de fogo. A informação era de que haveria alguns indivíduos armados no interior de uma residência situada na rua Seringueira no bairro Porto Meira. Os policiais foram até o local e fizeram contato com uma mulher moradora do imóvel, que permitiu a entrada dos policiais.

Foi feita a revista na residência sendo localizado debaixo do guarda roupa do quarto, um revólver calibre .38 devidamente municiado, com número de série suprimido. Havia ainda uma caixa contendo 23 munições do mesmo calibre. Um rapaz que estava no local assumiu a propriedade do material apreendido. Ele foi preso e conduzido para a delegacia.

MANDADO DE BUSCA E APREENSÃO / TENTATIVA DE FURTO

Às 16h do dia 31, dois indivíduos estariam tentando furtar uma residência, na rua Major Acylino de Castro. Foi repassado que um dos indivíduos estaria de calça bege e camiseta vermelha. No local foi abordado um rapaz que estava em atitude suspeita, e possuía exatamente as características repassadas pelo denunciante. A equipe conversou com o indivíduo, que informou que estaria observando o movimento na rua, enquanto seu amigo estaria ao lado da residência, tentando entrar com o objetivo de cometer um furto. Na lateral da residência, a equipe localizou um menor de idade com uma furadeira de mão furando o muro da residência. O indivíduo foi abordado, e ao ser perguntado o que ele estava fazendo ali, ele informou que estava furando o muro, com a intenção de furtar a residência. Após consultar os nomes dos indivíduos foi constatado que o maior de idade tinha um mandado de prisão expedido pela vara de execuções penais de Curitiba. Contra o menor havia um mandado de busca e apreensão expedido pela vara da Infância e Juventude.

SIMULACRO

Às 22h, uma equipe policial deslocou a rodoviária de Medianeira, após receber informações que no interior de um ônibus teria sido encontrado uma arma no banheiro. Após verificação, foi constatado que tratar-se de um simulacro. foram feitas buscas no interior e no bagageiro do ônibus no intuito de localizar algo ilícito porém nada além do simulacro foi encontrado.