Categorias
outros

UDC RECEPCIONA CONSUL GERAL DOS EUA EM SÃO PAULO PARA CELEBRAR SUAS NOVAS PARCERIAS

Como convidado participei do evento realizado pela UDC nesta quarta (6) para anunciar a abertura oficial do Governo Americano para estudos nos EUA. Doravante, a UDC oferecerá aos seus alunos e demais interessados a oportunidade de estudar na terra do Tio Sam. Na solenidade falaram três professoras de importantes Universidades americanas parceiras da UDC. Professor doutor Fabio Hauagge do Prado em sua fala enfatizou a importância desta nova conquista, e falou, olhando para o prefeito Chico Brasileiro, que a UDC emprega 1.400 funcionários e conta com 14 mil alunos, e segue com todos os seus impostos em dia. Em seguida falou o próprio prefeito Chico parabenizando o grupo UDC que muito honra Foz do Iguaçu ao expandir sua atuações para outros países. O Cônsul, em sua fala, enfatizou a importância da educação de qualidade e que a UDC se supera no quesito crescimento com responsabilidade. Reitora da UDC professora Rosicler Hauagge do Prado (idealizadora deste colosso educacional) agradeceu a presença dos colaboradores (coordenadores de cursos presentes) ressaltando  a importância que o Fabio Prado (seu filho) teve nessas novas conquistas. Fabio viaja pelo menos uma vez por mês para o EUA e Europa para estreitas essas novas parcerias com algumas das mais conceituadas Universidades do mundo. Fabio é a força motriz que alanca o grupo UDC nestes novos desafios Internacionais.
Estiveram presentes cerca de 40 pessoas dentre eles o Dr. Juiz Marcos Lima, representando o Judiciário, o presidente da ACIFI, do Codesul, delegado da Receita Federal e representante da Polícia Federal. Realmente um dia especial na trajetória deste importante Centro Universitário. A família UDC é um case de sucesso.

Congratulations!

 

Categorias
outros

PRESIDENTE JUCA DA FUNDAÇÃO CULTURAL DESEMBUCHOU MAS NÃO DISSE NADA

Juca, Presidente da Fundação Cultural (com aquele chapeuzinho rídiculo parecendo o Zé Carioca) enfim, resolveu desembuchar sobre a polemica do aluguel da árvore de natal a um preço astronômico (R$ 420 mil). Juca falou  uma rede de TV por uns dois minutos tentando convencer a patuleia que esse preço é o “de mercado”. Só não explicou porque um dos itens da arvore que custou R$ 20 mil em 2018 esse ano disparou para R$ 50 mil. Inacreditável a empáfia deste senhor, subestimando a inteligencia alheia.

Em tempo: Recebi em meu whatsapp uma “nota de esclarecimento da FC” fazendo das tripas coração para convencer que o contrato com a empresa fornecedora da arvore não foi assinado ainda. Mentira! Este blog publicou o contrato contendo as assinaturas do prefeito Chico e do seu secretário de governo Cel. Jankhe. E como o comunicado não trouxe a assinatura do autor,  deixo de publicá-lo.
Não é assim que a banda toca!

Em tempo: Vereador Celino Fertrin protocolou denúncia no TCE e no Ministério Público. Agora é aguardar o pipoco, viu Juca?

 

Categorias
outros

MORRE ANTONIO SAVARIS

Comunicamos que o velório do Sr. Antonio Savaris será realizado na Loja Maçônica Manoel Ribas, localizada na Rua Padre Montoya, 404 – no período das 13:00 as 17:00 do dia 06/11/2019.

O enterro será no Cemitério São João Batista as 17:15 do mesmo dia.

Pioneiro e cidadão honorário foi recentemente homenageado na Loja Maçônica Manoel Ribas, onde o corpo será velado.

Nossos pêsames á família enlutada.

Categorias
outros

Paraguai autoriza cinco empresas a produzir medicamentos a base de canabidiol

Enquanto no Brasil ainda não há regulamentação sobre o plantio de maconha medicinal e sua utilização em medicamentos para doenças como epilepsia, depressão e esclerose
múltipla, entre outras, o Paraguai já se prepara para autorizar cinco empresas a produzir e industrializar a cannabis medicinal.

Para isso, essas empresas terão que se submeter a um plano de cultivo, industrialização, transporte, exportação e disposição final dos produtos, dentro de normas estabelecidas pela Diretoria Nacional de Vigilância Sanitária.

Até o momento, há 18 empresas interessadas em produzir e industrializar maconha medicinal, mas só cinco licenças serão concedidas, para as que cumprirem todos os requisitos. Se houver empate, o critério de escolha será a porcentagem de doação que a empresa fará ao Ministério da Saúde Pública e Bem-Estar Social.

O ministro da Saúde, Julio Mazzoleni, disse que o Paraguai não tem semente de cannabis medicinal. Depois de importar uma quantidade para fazer a primeira experiência, haverá o cultivo em ambiente controlado. Os resultados devem ficar prontos ainda no primeiro semestre de 2020.

No Brasil

O Paraguai, assim, se antecipa ao Brasil, onde a Agência Nacional de Vigilância Sanitária pretendia regular o tema, mas foi desaprovada pelo Planalto.

Calcula-se que haja no Brasil ao menos 3,9 milhões de pacientes que poderiam ser tratados com cannabis.

Há várias indústrias farmacêuticas interessadas em produzir no País, tanto para atender o mercado local como para exportar, mas não encontram apoio governamental.

Enquanto isso, pacientes que precisam deste tipo de remédio precisam de autorização judicial, que demora até três meses. Cada paciente gasta ao menos R$ 1.200 por mês.

Desde 2014, 4 mil doentes foram autorizados pela Anvisa a importar produtos feitos de canabinoides.

Há centenas de pessoas que adquirem os produtos no mercado clandestino, segundo reportagem da Folha de S. Paulo, enquanto algumas dezenas e uma associação de pacientes conseguem plantar cannabis medicinal com autorização da Justiça.

Até agora, só um remédio foi registrado para ser vendido no país, o Mevatyl (spray), para alívio de espasmos em pacientes com esclerose múltipla.

Grandes laboratórios estão se antecipando ao que pretende o governo brasileiro e já montaram estruturas no Brasil para produzir medicamentos. Mas ainda há incertezas.

Provavelmente, se o Brasil “pensar” demais, passará a ser importados de maconha medicinal do Paraguai. Assim como já é “importador” da maconha do barato.

Categorias
outros

PRF apreende duas toneladas de maconha em carga de milho na BR 277

Os agentes de plantão na Unidade Operacional Santa Terezinha de Itaipu desconfiaram de uma carreta, que transitava pela BR-277

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu pelo menos duas toneladas de maconha na tarde desta terça-feira, 5, em Medianeira, na região oeste do Paraná. A droga estava em uma carreta, sob sacos de grãos de milho. A retirada e a pesagem do entorpecente ainda não foram concluídas.

Os agentes da PRF de plantão na Unidade Operacional Santa Terezinha de Itaipu desconfiaram da carreta, que transitava pela BR-277. Eles interceptaram o caminhão por volta de 13hs.

Durante a abordagem, o motorista, de 45 anos de idade, apresentou documentos com indícios de falsificação. Ao vistoriar o semirreboque, os policiais rodoviários federais encontraram diversos fardos de maconha, escondidos sob a carga de milho.

À equipe da PRF, o caminhoneiro disse que saiu de Foz do Iguaçu e que levaria a carga ilícita até São Paulo.

A PRF encaminhou o veículo e o homem preso para a Delegacia da Polícia Federal em Foz, onde será concluído o processo de retirada e pesagem da maconha.

O crime de tráfico de drogas tem uma pena prevista de cinco a 15 anos de prisão.

Categorias
outros

EX-VEREADOR LUIZ BRITO NOMEADO MÉDICO PERITO DA PREFEITURA DE FOZ

Imaginem vocês que o medico e ex-vereador Luiz Brito (Parça do Cazuza) foi nomeado para trabalhar na prefeitura para fazer pericias médicas. Lembrando que este indivíduo foi condenado pela juíza federal Flávia de Mendonça, no âmbito da operação Renitência, á mais de 40 anos de reclusão. Ele recorre desta decisão no TRF 4. Essa decisão da prefeitura fere o princípio da moralidade administrativa.
Será que o prefeito Chico já ouviu falar disso?

Vejam a nomeação extraída do Diário Oficial do Município.

É PRÁCÁBÁ!

PITACO: Quer saber? Estão brincando com fogo, se bobear a juíza manda prender de novo. Igual o Cazuza.

Categorias
outros

EUGENIO ROSA E O FILHO GENISSON ROSA SILVA CONDENADOS NA OPERAÇÃO PANE SECA

Eugênio Rosa da Silva e o filho Genison Rosa Silva foram condenados pela Justiça Federal de Curitiba na operação Pane Seca

A sentença partiu da 13ª Vara Federal criminal,  Eugênio pegou 12 anos, dez meses e 15 dias, em regime fechado.

O filhote Genisson pegou 16 anos anos, dez meses e 15 dias, em regime fechado.

Os dois condenados perderam todos os bens no valor de R$ 5 milhões.

Ambos foram presos, depois soltos, atualmente recorrem em liberdade. Eugênio em prisão domiciliar e o filhote de tornozeleira. Os crimes imputados aos distintos réus foram de adulteração de combustíveis, lavagem de dinheiro, orcrim e o escambau.

Eugênio atuou aqui na fronteira tendo até comprado a rádio Cultura em 2004 (mas não pagou e tomaram de volta) quando se lançou a vereador pelo MDB mas não se elegeu. Já imaginaram o estrago se tivesse virado vereador?

Eugênio ficou famoso quando foi parar no programa Fantástico da Globo cuja matéria está  aqui.

SENTENÇA: SENTENÇA EUGENIO DA ROSA

 

 

Categorias
outros

Mais um escândalo abala a administração do Chico: DENUNCIA – R$ 420.000, mil reais (Locação ) de uma Arvore de Natal e o UPA passando por dificuldades de energia, quase pegando fogo nas instalações

R$ 420.000, mil reais ( Locação ) de uma Arvore de Natal e o UPA passando por dificuldades de energia, quase pegando fogo nas instalações.

O feito deve-se a gloriosa (afun)dação cultural de Foz.

Vereador Celino Fertrin fala sobre edital 12/2019. Natal 2019.

O Digão Monzon foi o responsável pela licitação. A informação chegada ao blog diz que somente uma empresa participou da licitação. Boa noite dr. promotor Marcos Cristiano Andrade.

VEJA O PROCESSO DE LICITAÇÃO NO LINK ABAIXO

292-2018ESTELAR (1)

Veja a fala do vereador Celino Fertrin (PDT)  AQUI

Categorias
outros

Ligação na Copel Telecom

Ontem, na tribuna da Assembleia Legislativa, o deputado Soldado Fruet pediu o afastamento de Wendell Alexandre Paes de Andrade de Oliveira da presidência da Copel Telecom. Bateu pesado ao afirmar que, na esteira da determinação de vender a empresa, emergiu o nome da empresa Priori Participações Societárias e Empreendimentos Ltda., cujos sócios são o próprio presidente da Copel Telecom e o ex-conselheiro da empresa e ex-diretor da Copel, Fabio Malina Losso. “Me chama a atenção que a empresa tem, entre outros objetos sociais, a prestação de serviços de consultoria e assessoria a empresas e negócios nacionais e internacionais. Espero que não estejam assessorando interessados na compra da Copel Telecom, porque do jeito que estão administrando a empresa, ela será vendida por um preço ínfimo, porém, será entregue ao comprador um patrimônio valiosíssimo e um mercado represado pela ineficiência no atendimento ao cliente implantado pela atual gestão”, disse o parlamentar, conforme reportagem do jornal O Fato, de Maringá. Ele reforçou a estocada ao afirmar que “há três anos, a Copel Telecom valia entre R$ 2,5 bilhões a R$ 3 bilhões. No final do último ano, seu valor de mercado oscilava em torno de R$ 1,5 bilhão, mas pelo andar da carruagem, hoje a Copel Telecom não vale nem R$ 800 milhões e pela péssima forma como vem sendo administrada, até sua venda não valerá nem R$ 500 milhões”.

Com Zé Beto