Publicidade
Categorias
outros

Categorias
outros

JUÍZA FEDERAL DA OPERAÇÃO NIPOTI PEDE TRANSFERÊNCIA PARA O NORDESTE

Doutora Flávia Hora Oliveira de Mendonça até então juíza substituta da 3ª Vara Criminal da Justiça Federal de Foz do Iguaçu, e que vinha instruindo o processo da NIPOTI (um braço da PECÚLIO) e que também sentenciou o processo RENITÊNCIA, solicitou transferência para o nordeste. O pedido foi atendido como demonstra o despacho abaixo do desembargador presidente:

ato_da_presidencia_487.2019-_publ.

 

Categorias
outros

O VAI E VEM DA UNIFOZ

E a UNIFOZ continua batendo cabeça! Depois de anunciar uma nova sede nas proximidades do viaduto da BR-277, agora a coluna ficou sabendo que não deu certo e o proprietário, alertado pela insolvência reiterada nas locações anteriores (já foram dois despejos), não quis correr o risco! Sem destino, o jeito foi correr para a família Damião e pedir perdão. Resultado: agora a instituição de ensino vai retornar à sede anterior, onde até pouco tempo foi uma unidade da UNILA, perto do corpo de bombeiros da JK. Dizem que os proprietários do imóvel só aceitaram negociar com dinheiro na frente, antecipando alugueres, pois conhecem bem a condição pre-falimentar da locatária. Os alunos que restaram agradecem… afinal, ter aulas no centro da cidade é muito melhor! Qual será o próximo capítulo? Aguardem…

Categorias
outros

Polícia Federal deflagra operação Epagoge e cumpre 22 mandados em três Estados

Na manhã de hoje (30/01) a Polícia Federal (PF) em cooperação com o Ministério Público Federal (MPF) e Controladoria Geral da União (CGU) desencadeou a Operação *Epagoge para desarticular organização criminosa suspeita de fraudar licitações.
Cerca de 75 policiais federais e 6 auditores da CGU cumprem 22 mandados de busca e apreensão nas cidades de Curitiba/PR, Piraquara/PR, Guaratuba/PR, Balneário Camboriú (SC) e São Paulo/SP.
A investigação teve início em 2015 a partir da suspeita de que empresas de um mesmo grupo estariam atuando mediante ajuste, prejudicando a concorrência em licitações promovidas pelo Poder Público, principalmente para a compra de eletrônicos.
No inquérito policial identificou-se que algumas das pessoas jurídicas funcionavam no mesmo endereço e pertenciam aos mesmos proprietários, a indicar que empresas fictícias atuavam candidatando-se simultaneamente no mesmo certame, a fim de viabilizar que uma delas se sagrasse vencedora, com possibilidade de manipular os preços.
Segundo dados da CGU, entre 2010 e 2019, as empresas participantes do grupo firmaram contratos com o Poder Público em valores que ultrapassaram 60 milhões de reais.

Todos os mandados foram expedidos pela 9ª Vara Criminal de Curitiba (PR).

*Epagoge – em grego é indução. Induzir o pensamento de alguém.

Categorias
outros

PRF apreende 4,2 mil comprimidos de ecstasy que iriam para Londrina

Foto: Divulgação / PRF

Foto: Divulgação / PRF
As drogas estavam escondidas em um automóvel Peugeot 207, abordado por volta de 00h45 da madrugada, na BR-277, em frente à unidade operacional da PRF. Assista o vídeo:

Os agentes desconfiaram do motorista, de 23 anos de idade, que apresentou nervosismo excessivo durante a abordagem.

Dentro do tanque de combustível,  os policiais rodoviários federais encontram 14 volumes com haxixe, que totalizaram 7,5 quilos do entorpecente. Sob o carpete e no interior de um dos bancos, a equipe da PRF também localizou sete pacotes de ecstasy, com aproximadamente 4,2 mil comprimidos da droga sintética.

Questionado pelos policiais rodoviários federais, o motorista disse que pegou a carga ilícita em um bairro nas imediações da Ponte da Amizade, em Foz do Iguaçu, e que pretendia levá-la até a estação rodoviária da cidade de Londrina (PR), onde a repassaria a uma outra pessoa, não identificada.

A PRF registrou a ocorrência na Delegacia da Polícia Civil em Santa Terezinha de Itaipu. O crime de tráfico de drogas tem pena prevista de cinco a 15 anos de prisão.

Categorias
outros

VEJAM A OPINIÃO DE UMA INFECTOLOGISTA IGUAÇUENSE SOBRE O CORONAVÍRUS

Doutora Flávia Trench é médica infectologista atuando em Foz do Iguaçu e muito respeitada na sua profissão. Circula na internet um texto de sua autoria sobre o coronavírus, e como tudo que vai para a internet torna-se público, me permito repicar neste espaço. Boa leitura:

CORONAVÍRUS – COLOCANDO AS COISAS EM PERSPECTIVA

Ser Infectologista é apaixonante por muitos motivos, mas o principal deles é que nossa vida nunca é monótona, pois há sempre um vírus novo, uma bactéria mais resistente, um fungo mais agressivo e de quebra temos os príons.. Ah, os príons, estes incompreendidos….
Mas falemos agora da bola da vez : o famigerado 2019-nCoV ou Novo Coronavirus (para não iniciados). Quando aparece um vírus novo, mas do qual já conhecemos parentes próximos ( lembram da SARS -CoV e do MERS- CoV?) o melhor é dar uma olhada no passado e ver como se comporta um vírus desses e a partir deles propor medidas de controle e prevenção que é o que interessa para a maioria de nós.
Os coronavírus se transmitem através de gotículas e aerossol, pra resumir : gotas de saliva, muco nasal cheio de vírus que nos atingem quando um indivíduo tosse na cara da gente ou sobre uma superfície em que tocamos na sequencia e depois não lavamos as mãos e enfiamos o dedo na boca, no nariz e nos infectamos.

o n-CoV tem vacina? Não!
o n-CoV tem medicação específica para tratamento ou uso preventivo? Não !

MEDIDAS DE PREVENÇÃO

Higienização frequente das mãos com água e sabão ou alcool-gel.
Hoje em dia a gente acha potinhos pequenos de alcool -gel que podemos pendurar nas alças das bolsas ,maletas, carregar dentro do casaco etc….
Se precisar enfrentar lugares com aglomeração de pessoas – use máscara. Isso serve principalmente para quem vai viajar para as regiões de mais risco ou até para quem fica na linha de frente das portas de entrada para pessoas provenientes da área de risco (AEROPORTOS, PORTOS, AVIÕES ,RECEPÇÃO DE HOSPITAIS,HOTÉIS ETC…)

Quem já está com alguma doença respiratória e tosse e espirra pode fazer a gentileza de usar mascara quando perto de outras pessoas ou ao menos cobrir a boca e o nariz quando for tossir e higienizar as mãos na sequencia antes de tocar superfícies e encher de vírus o universo.

Locais de muita circulação de pessoas devem disponibilizar frascos de álcool gel com avisos para que as pessoas possam usar livremente.

Tem que ser produto de qualidade, senão ninguém usa e acaba sendo um gasto sem função.

Máscaras também devem estar a disposição para quem tem sintomas respiratórios ou que tem vulnerabilidade a doenças por alguma condição pessoal: doenças cronicas, câncer, doenças auto-imunes, transplantados, doentes de Aids, idosos , bebês, gestantes e por aí vai.

Todas as medidas acima não deveriam nos ser estranhas, pelo contrário, deveríamos adotá-las sempre, pois mais que novos vírus nossa preocupação tem que ser com os vírus de sempre.

Segundo dados do Ministério da Saúde , no ano de 2019 39.190 pessoas no Brasil tiveram Doença Respiratória Aguda Grave , 4939 dessas pessoas morreram, sendo que a maior parte destas mortes (1.109) foram causadas pelo velho e bom vírus da Gripe para o qual existe vacina conhecida e disponibilizada no SUS.

E VOCÊ AÍ PREOCUPADO COM O CORONAVÍRUS.

Categorias
outros

História antiga

O marechal Eurico Dutra, ministro da Guerra da ditadura Getúlio Vargas, ajudou a depô-lo e, com seu apoio, se elegeu presidente, derrotando um forte adversário, o brigadeiro Eduardo Gomes. Passados mais de dez anos, o marechal Lott, ministro da Guerra de Juscelino, saiu candidato à Presidência, e foi visitar o marechal. Conversaram e Dutra profetizou, com sua péssima dicção: “Oxê num vai ganhá. Oxê num xabe falá”. Lott rebateu: “O sr. se elegeu e não sabe falar”. Dutra completou: “Xim, xó que eu num falava”.

Lott foi derrotado por Jânio Quadros – uma surra histórica.

Admitamos, Bolsonaro não é um grande orador, mas sabe falar e boa parte da população o entende e segue. O que ele não sabe é calar-se.

Coluna Carlos Brickmann

 

Categorias
outros

Campeonato Paranaense terá narração feminina pela primeira vez na história

Natália Lara vai narrar o jogo entre Coritiba e Operário. Foto: Divulgação.

Pela primeira vez na história do Campeonato Paranaense, uma voz feminina fará a narração de uma partida televisionada da competição. A paulistana Natália Lara, de 26 anos, será a responsável por levar aos telespectadores da DAZN os detalhes dos lances da partida entre Coritiba x Operário, que acontece nesta quarta-feira (29), no Couto Pereira.

Formada em Rádio e TV, ela começou na área em 2017, após fazer um curso de locução e, logo em seguida, de narração esportiva, onde chamou a atenção pelo desempenho.

“Foi o lugar onde eu recebi o primeiro grande incentivo, tanto do meu professor, Renato Rainha, como dos meus colegas de classe”, contou à Tribuna do Paraná/ Gazeta do Povo.

Em 2018, ela participou do processo seletivo “Narra Quem Sabe”, da FOX Sports, onde fez sua estreia no comando de um jogo. Apesar de não ter vencido o reality show, conseguiu que muitas portas se abrissem.

“Eu costumo dizer que eu não escolhi essa área, ela me escolheu, porque o que me fez chegar até aqui não foi exatamente planejado”, disse. Apaixonada por esportes, Natália foi a responsável por narrar o heptacampeonato da seleção brasileira feminina na Copa América, pela CBF, além disso, participa das narrações do Paulista Feminino, do Brasileiro Feminino, de duas web rádios, e recentemente fez narrações da Copa São Paulo de Futebol Júnior, na FPF TV. Inclusive, na competição narrou dois jogos do Athletico: vitórias frente ao Gama e Paulista de Jundiaí, na primeira fase.

Natália Lara já narrou os jogos do Athletico na Copinha deste ano. Foto: Reprodução.

Versátil, já comandou transmissões de jogos de vôlei, futsal, basquete e várias modalidades de atletismo e atletismo paraolímpico. Natália foi a primeira mulher na história a narrar a final do Campeonato Paulista, em 2019, e está empolgada para ver de perto a paixão dos paranaenses pelo futebol.

“Sempre acompanhei times tradicionais como o Coritiba, o Athletico e o Paraná. Não vejo a hora de pisar nos estádios, sentir a energia das torcidas e começar as transmissões”, finalizou.

A narradora também estará à frente do jogo entre Paraná Clube e FC Cascavel, na quinta-feira (30), na Vila Capanema.