Categorias
outros

Guarda Municipal precisa adequar-se aos novos tempos

Diariamente a imprensa mostra o aumento do numero de crimes em várias regiões da cidade, arrombamentos e furtos em escolas unidades de saúde e prédios públicos. Situações que podem, e devem ser evitadas com ações preventivas, como a realização permanente de rondas e patrulhamentos, função da Policia Militar, e da Guarda Municipal que vem há muito tempo auxiliando-a.
Acompanhando o dia a dia da movimentação policial, nota-se que a participação da Guarda Municipal, está cada vez mais rara. Para entender o que está acontecendo resolvi procurar alguns GMs.
A situação me relatada é preocupante, segundo eles, diariamente, são obrigados a dizerem a quem liga pedindo auxilio, que não poderão atendê-los, porque todas as 05 as vezes, 07 viaturas estão ocupadas, que o número de equipes na rua é muito baixo, principalmente aos finais de semana e feriados, quando o numero de ligações aumenta.
Segundo eles, dezenas e dezenas de servidores estão amontoados em salas, ganhando o mesmo salário, ou em muitas vezes, ganhando muito mais do que quem está nas ruas exercendo o trabalho de rondas, preservação do patrimônio público, prisões e prevenção de crimes.
Relatam que são muitos guardas emprestados à outros órgãos, que são 3 na secretaria de meio ambiente, 1 na secretaria de agricultura, 1 na procuradoria do município, 3 na policia civil confeccionando boletins de ocorrência, 1 na delegacia da mulher, 3 no Gaeco, 1 trabalhando como professor de música, e vai por aí afora. Que se existe falta de servidores nestes locais, na sede da GM não é diferente, porque são 16 anos sem a realização de concurso. Ironizam dizendo que um dos temores é que, quando descobrirem que existem guardas com formação em engenharia, enfermagem, psicologia, direito, pedagogia, certamente mais uns 50 vão ser emprestados a outras secretarias. Isso tem nome: desvio de função.
A coisa está tão séria que colegas trabalham em atividades totalmente desnecessárias. Me disseram que um guarda trabalha durante todo o expediente, em um almoxarifado para entregar produtos de escritório e limpeza. Outro trabalha como pedreiro, andando para lá e para cá no quartel, arrumando portas, assentando tijolos, recolhendo entulhos. Outro é recepcionista, que um de alta patente recebe mais de 10 mil reais por mês, para assessorar o secretário de segurança, que por sinal, este editor andou apurando se tratar de um homem muito atarefado com reuniões e palestras, mas aonde? Bingo! No Rio de Janeiro!
Percebi na conversa, que o descontentamento entre os servidores é muito grande.

O que estaria faltando, meu caro Watson?

Abaixo um post sobre a viagem do Secretário Municipal de Segurança Pública, Reginaldo  Silva, contando o resultado de sua palestra na cidade maravilhosa, ocasião em que relatou que as coisas na fronteira estão como água de poço. Na maior tranquilidade.

PITACO: Então, tá!

Categorias
outros

Juiz rejeita denúncia contra Glenn Greenwald e torna réus outros seis

O juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara de Justiça Federal de Brasília, rejeitou denúncia contra o jornalista Glenn Greenwald e tornou réus outras seis pessoas por crimes envolvendo invasão de celulares de autoridades.

Glenn Greenwald foi denunciado pelo MPF mesmo não sendo investigado ou indiciado

Na decisão, o magistrado deixa claro que vai “deixa de receber, por ora, a denúncia contra Glenn” considerando que houve liminar do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, proibindo as autoridades públicas de assim o fazerem.

Para o juiz, “há certa isenção” do jornalista. Segundo o magistrado, apesar de Glenn mencionar que não poderia ajudar na invasão, “instiga-o a apagar as mensagens, de forma a não ligá-lo ao material ilícito”. “Instigar significa reforçar uma ideia já existente.”

Ricardo Leite também considera que o hacker já tinha um plano e foi motivado pelo jornalista. “Pelo nosso sistema penal, essa conduta integra uma das formas de participação moral, atraindo sua responsabilidade sobre a conduta praticada. Neste ponto, entendo que há clara tentativa de obstar o trabalho de apuração do ilícito, não sendo possível utilizar a prerrogativa de sigilo da fonte para criar uma excludente de ilicitude”, afirma.

Ele diz ainda que vislumbra que Glenn deu “auxílio moral”, que “pode induzir inclusive a decretação de prisão preventiva, quando há investigação em curso”.

Também concorda com o procurador da República Wellington Divino de Oliveira, que assina a denúncia, de que há indícios de que a instigação de Glenn “não foi só para destruição de material”, mas também para continuar as invasões.

Diante disso, o juiz recebeu a denúncia contra Walter Delgatti Netto, Thiago Eliezer Martins Santos, Danilo Cristiano Marques, Gustavo Henrique Elias Santos, Luiz Henrique Molição e Suelen Oliveira.

Atua na defesa do jornalista os advogados Rafael Borges e Rafael Fagundes.

Denúncia infrutífera
Na denúncia, o procurador entende que ficou comprovado que o jornalista auxiliou, incentivou e orientou o grupo durante o período das invasões.

Parte das mensagens capturadas pelo grupo foi publicada por Greenwald na série de reportagens chamada “vaza jato”, que mostra que os procuradores da República e os agentes e delegados da Polícia Federal que trabalharam na operação “lava jato” foram coordenados pelo ex-juiz Sergio Moro, hoje ministro da Justiça.

A justificativa para ignorar a liminar do Supremo foi de que o MPF descobriu uma conversa entre Glenn e um dos hackers. A conversa utilizada como prova da participação do jornalista estava no computador de Walter Delgatti — segundo a denúncia, um dos mentores e líderes do grupo junto com Thiago Eliezer Martins Santos —, apreendido com autorização judicial.

Segundo a denúncia, a conversa aconteceu após a imprensa divulgar a invasão no celular de Moro. No diálogo, transcrito na denúncia, Luiz Molição — considerado porta-voz do grupo com jornalista — teria pedido orientação ao jornalista sobre o que fazer.

Clique aqui para ler a decisão
1015706-59.2019.4.01.3400

Categorias
outros

Fachin homologa acordo de delação premiada de Cabral com a PF


O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, homologou o acordo de delação premiada firmado pelo ex-governador do Rio Sérgio Cabral com a Polícia Federal. A informação foi confirmada pelo
O Estado de S. Paulo e Folha de S.Paulo.

Sergio Cabral acumula 280 anos de condenações

Além de delatar agentes públicos e privados, Cabral teria se comprometido a devolver R$ 380 milhões em propinas recebidas nos últimos anos.

O acordo foi enviada para o Supremo Tribunal Federal em novembro do ano passado. O procurador-geral da República, Augusto Aras, se mostrou contrário ao acordo de delação. A mesma tentativa já havia sido rejeitada pelo Ministério Público Federal do Rio de Janeiro.

Em sua manifestação sobre a proposta de delação, Aras lembrou que Cabral ocultou informações e protegeu pessoas durante a negociação do acordo com o consórcio da “lava-jato” no Rio de Janeiro.

Segundo o jornal O Globo, nos depoimentos prestados à PF, Cabral citou dezenas de políticos beneficiários do esquema de corrupção montado em sua gestão no estado e membros do Judiciário. Entre os citados estariam ministros do Superior Tribunal de Justiça e, por isso, o acordo teve que ser homologado pelo STF.

Preso desde novembro de 2016, ex-governador já foi condenado 13 vezes, e suas penas somadas chegam a 280 anos de prisão.

PITACO: Essa delação do Cabral vai dar “caganeiras” em muitos togados… Vai ser um deus nos acuda!

Categorias
outros

LÍDER DA FACÇÃO CRIMINOSA PGC NO PARAGUAI É PRESO E DEPORTADO PARA O BRASIL

Líder da facção criminosa PGC no Paraguai é preso e deportado para o Brasil

Durante uma ação policial nas primeiras horas de ontem, quarta-feira 05 de fevereiro de 2020, policiais do Departamento de Investigação de Delitos da Policia Nacional do Paraguai, equipes em serviço no Departamento de Amambay, mais precisamente na cidade de Capitan Bado, lograram êxito em prender um dos chefes da Facção Criminosa Primeiro Comando Catarinense.

O preso foi identificado como sendo Guilherme Antonio Vieiras, conhecido pela alcunha de “Xiru”, qual possuía mandado de prisão na justiça brasileira, após ter fugido de uma unidade prisional no estado do Rio Grande do Sul.

Já no inicio da noite de ontem (05), o preso foi entregue as autoridades brasileiras na Ponte Internacional da Amizade.

Foto: CDE HOT

Com Tribuna Popular

Categorias
outros

SURGE O PRIMEIRO SUSPEITO DA MORTE DE RAMICIELY CARLESSI

O blog teve acesso ao BO abaixo que pode sugerir elementos para a possível elucidação da morte da servidora da prefeitura de Foz Ramicieli Calessi encontrada morta nesta quarta (5).

NATUREZAS
VIAS DE FATO / LESÃO CORPORAL – VIOLÊNCIA DOMESTICA E FAMILIAR
Data/Hora Registro: 1576528740000
Endereço: RUA SANTOS DUMONT – 995
Município: FOZ DO IGUAÇU
Bairro: CENTRO
Envolvidos
MARCOS LEODATO DOS SANTOS

DESCRIÇÃO SUMÁRIA: FOI REPASSADO QUE NO LOCAL UM AGENTE PENITENCIÁRIO TERIA REALIZADO A PRISÃO DE UM INDIVÍDUO PELO COMETIMENTO DO CRIME DE LESÃO CORPORAL – VIOLÊNCIA DOMÉSTICA.
NO LOCAL A EQUIPE CONVERSOU COM O SENHOR MIGUEL E ESTE RELATOU QUE ESTARIA NO BAR QUANDO PRESENCIOU O SENHOR MARCOS LEODATO DOS SANTOS AGREDINDO A SENHORA RAMICIELY CARLESSI JACINTO, SENDO QUE, AGREDIA ESTA COM UMA ESPÉCIE DE ENFOCAMENTO PRESSIONANDO ESTA CONTRA UMA PAREDE.
A SENHORA RAMICIELY CONFIRMOU O FATO E RELATOU NÃO TER CONHECIMENTO DA MOTIVAÇÃO DAS AGRESSÕES E QUE TERIA SIDO A PRIMEIRA VEZ EM QUASE 5 MESES DE RELACIONAMENTO QUE O INDIVÍDUO MARCOS TERIA APRESENTADO CONDUTA AGRESSIVA.
O RAPAZ DE NOME MARCOS RELATOU DIVERSAS SITUAÇÕES DESCONEXAS INCLUSIVE ALEGANDO QUE TERIA REALIZADO TAL ATO POIS ESTE AMA A VÍTIMA. DIANTE DOS FATOS, A EQUIPE DESLOCOU ATÉ A DELEGACIA DA MULHER PARA SER REALIZADO O PROCEDIMENTO. RELATO QUE A EQUIPE APENAS AUXILIOU NA CONDUÇÃO DO INDIVÍDUO E QUE AO CHEGAR NO LOCAL ESTE TERIA SIDO CONTIDO POR ALGUNS FREQUENTADORES DO BAR INCLUSIVE UTILIZADO FITA ADESIVA PARA IMOBILIZAR O AUTOR.***A VÍTIMA REQUER MEDIDAS PROTETIVAS E NÃO DESEJA REPRESENTAR. OS FATOS SERÃO RELATADOS NO TERMO DE DECLARAÇÃO.
MARCOS LEODATO DOS SANTOS
RG: 6057680
Mãe: LEONTINA GLADYS DOS SANTOS
Pai: DERLI FRANCISCO DOS SANTOS
Nascimento: 24/07/1970
Nacionalidade: BRASILEIRA
Naturalidade: FOZ DO IGUACU

Endereço na última atualização
Rua: R AL FEDELSPATO, 570
Bairro: OURO VERDE
Município: FOZ DO Iguaçu.

Essa é a foto do MARCOS LEODATO DOS SANTOS de uns 20 anos atrás. Hoje pode estar mais gordo e diferenciado.

Categorias
outros

PAULO MAC DONALD GHISI DEIXA O PDT E ASSUME O PODEMOS NA FRONTEIRA

Ex-prefeito Paulo McD deixa o PDT e assume o Podemos na fronteira

Depois de militar por 30 anos no PDT Paulo decidiu aceitar o convite do senador Alvaro Dias para presidir o Podemos na fonteira. O Podemos que vinha sendo presidido pelo Cel Janhke trocou de dirigente. A destituição do Janhke deveu-se sobremaneira a sua ligação figadal com o ex-vereador Marcelinho Moura que acabou condenado por improbidade administrativa tendo assim que deixar a vereança para a atual vereadoraAnice Najib. Muito provável que o prefeito Chico peça o cargo de Secretário de Governo do Jahnke pois sem partido não vale mais nada. Quanto ao Marcelinho Moura sua batata continua assando… e do Travenssoli, idem.

PITACO: a mudada de rumo do Paulo deveu-se, a rigor, a postura do PDT, que ainda insiste a fazer oposição ao Bolsonaro, do qual Paulo é fã incondicional. Isso é política!

Categorias
outros

SERVIDORA DA PREFEITURA DE FOZ É ENCONTRADA MORTA COM INDÍCIOS DE AGRESSÃO NO JARDIM ITÁLIA

Ramiciely Carlessi Jacinto foi encontrada morta

Na tarde desta quarta-feira 05 de fevereiro de 2020, por volta das 16h:00, policiais militares do 14º BPM de Foz do Iguaçu foram acionados para deslocarem até a baixada da Rua Mané Garrincha, no Bairro Jardim Itália, pois informações dando conta de que no riacho afluente do Rio Boicy, haveria o corpo de uma pessoa dentro da água.

Com a chegada da Policia Militar, foi constatado o achado de cadáver, sendo acionado uma equipe do Corpo de Bombeiros, que realizou a retirada do corpo da água, sendo constatado que era o corpo de uma mulher que vestia calça jeans azul e camiseta branca, porem não apresentava nenhum tipo de identificação.

Esteve presente a Policia Civil (Delegacia de Homicídios), Policia Cientifica (Criminalística) e o Instituto Médico Legal. Segundo policiais que estavam no local, estes deram indicativo de que o corpo se trata da funcionaria pública lotada na Secretaria de Turismo de Foz do Iguaçu, Ramiciely Carlessi Jacinto, de 43 anos de idade, que estava desaparecida desde ontem (04/02/2020). O corpo foi encaminhado ao necrotério do IML para os procedimentos, pois indicava indícios de agressão física, em decorrência de um ferimento na face, porem somente após a necropsia do IML, que irá confirmar ou não sobre o diagnostico de causa de morte, sendo apurado que possivelmente o corpo teria sido desovado no local.

A bolsa da vítima teria sido encontrada jogada em via pública do Bairro Morumbi e apreendido pela Guarda Municipal.

A vítima é filha na ex-prefeita de Santa Terezinha de Itaipu/PR, Ana Maria Carlessi. O veículo da vítima foi encontrado em estado de abandono no Bairro Jardim Universitário, sendo que o Delegado Titular do GDE Grupo de Diligências Especiais) da Delegacia da Policia Civil de Foz do Iguaçu foi até o local com equipes de papiloscopistas, com o intuito de verificar possíveis digitais no veículo.

Com Tribuna Popular

Minhas profundas condolências á família Carlessi. Fui assessor de imprensa da Ana Carlessi quando ela foi prefeita de Sta Terezinha de Itaipu. Família distintíssima.