Categorias
outros

Bolsonaro oficializa Mendonça como ministro da Justiça e Ramagem na PF

PITACO: O ex-AGU André Mendonça segundo Bolsonaro se encaixa no cargo porque é “terrivelmente” evangélico. Então teremos no ministério da Justiça um evangélico praticante. Não demora vai parar no STF no lugar do Celso Melo que vai ao pijama. Quanto ao Ramagem até os gaypecas de rua sabem: É amigo de copa e cozinha do Carlos Bolsonaro, logo, não vai colocar seu friend em nenhuma fria. Era isso que o presidente Bolsonaro queria, blindar os filhos.

PITACO II: Já o André Luiz de Almeida Mendonça é um advogado e pastor presbiteriano brasileiro.

Cursou Teologia na Faculdade Teológica Sul Americana, em Londrina.

Foi assessor especial do ministro da Controladoria-Geral da União Wagner Rosário entre 2016 e 2018.

Foi advogado da Petrobras Distribuidora até ingressar na carreira de advogado da União, em 2000.

Ele começou como procurador-seccional da União em Londrina, passou ao cargo de vice-diretor da Escola do órgão, foi coordenador de Medidas Disciplinares e chegou ao cargo de corregedor-geral.
Mendonça foi diretor do Departamento de Patrimônio Público e Probidade Administrativa, nomeado pelo então advogado-geral José Antonio Dias Toffoli.

Formado em direito em 1993 na Faculdade de Direito de Bauru (Instituição Toledo de Ensino), no interior de São Paulo.

Amigo apadrinhado do casal Paulo Bernardo e Gleisi Hoffmann, portanto, recomenda-se ao Bolsonaro ficar bastante veiaco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *