Categorias
outros

DEFENSORIA

Com orçamento milionário sobrando anualmente em Curitiba, a Defensoria Pública do Paraná resolve onerar municípios agora.
Jeitinho para sobrar mais auxílio paletó? Ou seria auxílio livros?

PORQUE FRACASSOU? 

Publicado em: 17/06/2020 Edição: 114 Seção: 3 Página: 136

Órgão: Governo do Estado/Governo do Estado do Paraná/Companhia de Saneamento do Paraná

AVISO DE LICITAÇÃO FRACASSADA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 1.061/2020

A Companhia de Saneamento do Paraná – SANEPAR comunica que a licitação supracitada, que tem por objeto a SERVIÇOS SOCIOAMBIENTAIS EM EMPREENDIMENTOS DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO EM FOZ DO IGUAÇU, não teve proposta válida dentro do exigido no Edital, dessa forma restou FRACASSADA – Desqualificação Técnica.

GERÊNCIA DE AQUISIÇÕES


COISA FEIA

POLÍCIA CIVIL E JACOVÓS
E o Conselho Superior da Polícia Civil avaliou dois policiais Marco Antonio Sitta (que tem loja de carro em Medianeira) e o Deputado Delegado Jacovós. A coisa desandou para Sitta, que foi expurgado dos quadros da PC, e ficou destacado o sobreaviso ao deputado, que é pré candidato a prefeito de Sarandi, em processo de 2013:
 
DELIBERAÇÃO N° 707/2013

O CONSELHO DA POLÍCIA CIVIL, no uso de suas atribuições legais conferidas pelo Artigo 47, § 2°, da Constituição Estadual, com fundamento no que dispõem os Artigos 6° e 243, da Lei Complementar n.° 14 de 26 de maio de 1982, com suas alterações posteriores, apreciando Protocolo Ref. n° 473/13/ CPC – Cópia do Ofício n° 7185871/13 da Justiça Federal – Seção Judiciária do Paraná – 1a Vara Federal de Umuarama, encaminhando cópia dos autos de Ação Penal n° 5002614-24.2013.404.7004/Pr, em que figuram como indiciados os servidores José Aparecido Jacovós, Delegado de Polícia e Marcos Adelar Sitta, Investigador de Polícia. Com manifestação da Corregedoria Geral da Polícia Civil pela instauração de Processo Administrativo Disciplinar em desfavor dos servidores em referência. Anexado Protocolo n° 473/13/CPC referente ao mesmo assunto, em sessão ordinária realizada em data de três de setembro do corrente ano,

Por unanimidade de votos dos Senhores Conselheiros presentes, acolhendo manifestação da Corregedoria Geral da Polícia Civil:

I – Pela INSTAURAÇÃO DE PROCESSO DISCIPLINAR em desfavor dos servidores JOSE APARECIDO JACOVOS, RG. 03865744-5, Delegado de Polícia e MARCOS ADELAR SITTA, RG. 4389688-1, Investigador de Polícia;

II – Pelo ENCAMINHAMENTO do protocolado à Corregedoria Geral da Polícia Civil para as providências de sua competência, nos termos da Lei Complementar n. 89/01 e da Lei Complementar n° 98/03.

CONSELHO DA POLÍCIA CIVIL, em 03 de setembro de 2013.

RIAD BRAGA FARHAT Presidente

Paraná já inscreveu em dívida ativa

Jaime Sunye Neto, ex diretor da Seed, o delator Maurício Jandoi Fanini Antonio, ex presidente da Fundepar e ex amigo de Beto Richa, e o dono da extinta Construtora Valor, que virou delator de meio mundo na Assembleia e Centro Cívico, Eduardo Lopes Souza, constaram da publicação de segunda da Inspetoria de Arrecadação da Secretaria da Fazenda:

GOVERNO SEM EFEITO

CHURRASCO DA COLONIA

E o deputado estadual licenciado Marcio Nunes (PSD) foi a Umuarama como o mais votado de lá na base de apoio de Ratinho Junior e na Secretaria dele, Meio Ambiente, uma reunião noturna virou bate boca pela gravação de um churrasco em plena pandemia. O folclórico Sonrisal gravou o vídeo-denúncia e foi agredido pelo assessor de Nunes, gerando um BO na delegacia. No dia 18 de maio foi nomeada uma respeitável comissão e ontem houve o arquivamento da Sindicância. Menos de um mês de trabalho na Compliance. Coisa digna de registro.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *