Categorias
outros

Crise política do Covid

“A fraca, mentirosa e criminosa atuação de Jair Bolsonaro como presidente, trocando 2 ministros de Saúde e deixando um general de reserva na interinidade, guerreando com a ciência, opinião pública e minimizando a “gripezinha” que matou mais de 52 mil pessoas no Brasil.
A OMS disse que a pusilamidade pode custar mais gente infectada e morta.
Soma-se a um bando de prefeitos chinfrins que desejando reeleger-se (para o que ninguém sabe) ou fazer seu sucessor brincaram com os dados e ao lado de falsos líderes empresariais lutaram pela economia e agora escondem-se da morte súbita de seus munícipes.
Uma vergonha política e social a toda prova”. 

‘Nós vamos pagar com a nossa própria vida se não mantivermos esforços’, diz secretário adjunto de Saúde de Minas

Estado teve 51 mortes em um dia. Em entrevista coletiva, Marcelo Cabral fez apelo para que as pessoas cumpram isolamento social.

LEIA A MATÉRIA COMPLETA AQUI

1 resposta em “Crise política do Covid”

Larguem mão de ser canalhas, e parem de atacar a única pessoa que resistiu à tudo e à todos para tentar resolver os problemas da roubalheira e corrupção enraizada em nossos País: frutos dos desgovernos do Fernandinho “Gagá” Cardoso, Molusco Pinguço, Dilmanta e todas as diversas suas quadrilhas de bandidos!
E tem BABACAS que continuam dando espaço e “ecos” a esses CANALHAS!!!
PQP !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *