Categorias
outros

Juíza é assassinada em local de trabalho no Paraguai e guarda é suspeito

Homem teria agido por vingança após ter sido denunciado

A mulher tinha ferimentos na cabeça e o principal suspeito do crime é um guarda de 28 anos, que cumpria expediente no local. O caso foi descoberto depois que ele foi embora e outros guardas chegaram para assumir o plantão, conforme divulgado pelo jornal paraguaio ABC Color.

A polícia acredita que o guarda tenha matado Diana por vingança, já que a magistrada havia o denunciado por roubo. Foi decretada a prisão do suspeito, que encontra-se foragido. A Côrte do Paraguai  lamentou o ocorrido e solicitou rigor nas investigações pela polícia.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *