Categorias
outros

MP faz buscas no gabinete do líder do governo Bolsonaro na Câmara dos Deputados

Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino
O Ministério Público do Paraná (MP-PR) e a Polícia Civil cumprem um mandado judicial de busca e apreensão no escritório do deputado federal Ricardo Barros (PP), em Maringá, no norte paranaense, nesta quarta-feira (16). As informações são da TV Globo.

De acordo com a emissora, as investigações envolvem fraudes na contratação de energia elétrica em 2019. Além do escritório do parlamentar, há um mandado de busca em São Paulo contra Delmo Sérgio Vilhena.

Líder do governo de Jair Bolsonaro (sem partido) na Câmara dos Deputados, Barros também foi ministro da Saúde durante o governo Temer. O parlamentar está no sexto mandato na Câmara e já foi também prefeito de Maringá.

Em nota, Barros afirmou que está “tranquilo” e que colabora com as investigações. Ele ressaltou sua “conduta ilibada” e disse ter solicitado acesso aos autos do processo. O parlamentar disse também repudiar o “ativismo político do judiciário”.

Além de Maringá e São Paulo, a polícia cumpre mandados em Curitiba e em Paiçandu, município do norte paranaense. Segundo o MP-PR, quatro empresas são investigadas na ação.

De acordo com a TV Globo, os investigadores querem informações sobre a relação entre Vilhena com Ricardo Barros e a esposa dele, Cida Borghetti, ex- governadora do Paraná.

PITACO: Leitão vesgo do Paraná pela bola sete. Ai, ai, ai…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *