Categorias
outros

PEDIDA A ADJUDICAÇÃO DE EMPRESA DO SADI BUZANELLO

Advogada Márcia Gonçalves entrou com Ação Popular contra a permanência do Sadi Buzanelo no COMUS – Conselho Municipal de Saúde. Foi deferido o pedido, Sadi evaporou-se do órgão, mas deixou para trás uma conta de honorários advocatícios no valor de R$ 5 mil. Por isso pode perder a empresa que tem em seu nome. Advogada pediu  a adjudicação da mesma. Conclusão: A passagem do Sadi pelo Comus só deu revertério.

nnnnn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *