Categorias
outros

Mulher descobre que foi sequestrada quando bebê e reencontra família

A mulher acreditava que tinha sido adotada e que os pais estavam mortos; a família adotiva nega o sequestro. Caso ocorreu há 35 anos

 (crédito: Polícia Civil de Rondônia )
(crédito: Polícia Civil de Rondônia )

Após 35 anos de ter sido sequestrada, uma mulher de 36 anos denunciou à polícia o que tinha acontecido com ela nesta semana, em Porto Velho, Rondônia.

Porém, em setembro deste ano, a mulher resolveu procurar a família biológica pelo Facebook usando algumas informações que tinha. Uma pessoa respondeu afirmando que conhecia a família dela e que a mãe não estava morta. Na verdade, ela sofria de depressão pelo desaparecimento de uma filha.

Foi assim, que ela, agora com 36 anos, reencontrou a família. O irmão dela contou que, no dia do desaparecimento, a mãe tinha deixado o bebê no berço enquanto ia na casa da avó. Quando retornou, a criança tinha sumido. Um exame de DNA confirmou que ela é a criança desaparecida.

A família de criação nega a história. O caso está sendo investigado pela 10ª Delegacia de Polícia Civil de Nova Mutum Paraná, em Rondônia.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *