Categorias
outros

Vereador eleito em Londrina aparece em delação da Operação Quadro Negro

Arquivo Folha

MP denunciou o vereador abaixo

Conforme apurou a reportagem, Marinho, seu pai e ex-sócio na Masconi Empreendimentos Imobiliários LTDA, oito pessoas e outras duas construtoras são apontados pelo MP como corresponsáveis pela fraude em uma licitação para a contratação de melhorias na quadra do Colégio Estadual Aníbal Khury, em Iretama (Oeste).

As principais informações foram obtidas após o fechamento de um acordo de colaboração premiada entre a Justiça e o principal agente público envolvido na operação Quadro Negro, o então diretor de Engenharia, Projetos e Orçamentos da Sude e homem de confiança do ex-governador Beto Richa (PSDB), Maurício Fanini. Em setembro de 2019, Fanini foi condenado a 25 anos de prisão.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *