Categorias
outros

A verdade sobre a demissão na Petrobras

Merval Pereira informou que, na verdade, o presidente da estatal Roberto Castello Branco saiu por ter “recusado um pedido do governo para colocar R$ 100 milhões em publicidade nas redes de televisão Record, do bispo Macedo, e SBT, de Silvio Santos”. 

O jornalista, que é colunista  do GLOBO, disse ainda que “em outra ocasião, foi instado a participar de um grupo de empresas que compraria vacinas para serem utilizadas por empresas privadas, e achou que não deveria participar”, disse o colunista. “O esquema acabou não dando certo porque várias empresas, como a Petrobras, consideraram que seria inadequado financiar vacinação privada enquanto a vacinação do SUS está encontrando dificuldades devido à falta de doses suficientes”.

PITACO: O ministro das Comunicações de Bolsonaro Fabio Faria refutou a informação de Merval taxando-a de caluniosa. Ora, ora, então que processe o escriba.
Detalhe: esse ministro da Comunicação é  genro do Silvo Santos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *