Categorias
outros

TJ mantém condenação de ex-diretor da Assembleia, o ‘Bibinho’, por contratação de ‘fantasmas’

Abib Mighel, o 'Bibinho': condenação a 251 anos de prisão

O Tribunal de Justiça do Paraná (TJ/PR) manteve condenação do ex-diretor da Assembleia Legislativa, Abib Miguel, denunciado pelo Ministério Público do Paraná (MP/PR) por lavagem de dinheiro e organização criminosa, com pena de prisão de 251 anos, 6 meses e 21 dias, além do pagamento de R$ 1,5 milhão em multa. “Bibinho”, como é conhecido, foi denunciado em 2015, no âmbito da Operação Argonautas, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). No último dia 18, os desembargadores da 2ª Câmara Criminal do TJPR julgaram recurso do ex-diretor e reforçaram, por unanimidade, que ele é culpado pelos crimes denunciados. 

Leia mais no blog Política em Debate.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *