Categorias
outros

Enfermeira Ivonéia ignora decreto estadual e atende empresários

No que pese ser do setor da saúde, prefeita cedeu a pressão comercial

Menos de 36 horas depois de entrar em vigor, a suspensão dos serviços não essenciais em Mandaguari já caiu por terra. Pressionada por empresários, a prefeita Enfermeira Ivonéia Furtado (Cidadania) convocou na manhã deste domingo uma reunião às pressas do comitê municipal de combate à pandemia para discutir o assunto e, contrariando o posicionamento dos profissionais de saúde presentes, decidiu afrouxar as medidas restritivas. Com isso o setor de comércio e serviços poderá funcionar normalmente de segunda à sexta até às 17h30. A única restrição será aos sábados e domingos, quando somente farmácias e postos de combustíveis poderão ficar abertos. Em contrapartida, a partir da próxima semana o toque de recolher passa vigorar a partir das 19 horas. O decreto com a mudança nas regras deve ser publicado nas próximas horas.

Em mensagem de áudio que circula por grupos de WhatsApp um empresário classifica a mudança como “uma vitória” e conclama a categoria para que permaneça em alerta para não aceitar novas decisões que possam vir a ser tomadas pelas autoridades e que contrariem seus interesses.

De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Município, até a última sexta-feira, dia 26, Mandaguari havia registrado 1892 casos de covid e acumulava 32 mortes pela doença. Esses números representam um crescimento de 86% na quantidade de casos e 80% nas mortes em pouco mais de 50 dias. Há dois dias o site da prefeitura publicou que o município iria seguir a maioria das medidas decretadas pelo governo do estado. O fato de a prefeita ser do setor de saúde fez com que as pessoas acreditassem.

PITACO: Prefeita fugiu das aulas de Epidemiologia e Infectologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *