Categorias
outros

PREFEITURA VAI RETIRAR OS BICHOS DO BOSQUE GUARANI

Prefeitura emitiu nota sobre a necessidade de se mudar os bichos do zoológico do Bosque Guarani no centro da cidade. Abaixo:

Prefeitura de Foz busca espaço mais adequado para animais do Zoológico Bosque Guarani

Instituto Água e Terra do Paraná (IAT) constatou que os animais estão expostos a intensa poluição sonora e visual

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente está trabalhando para garantir que os quase 150 animais abrigados no Zoológico Municipal Bosque Guarani tenham um novo ambiente, mais apropriado para proporcionar bem-estar e qualidade de vida para todas as espécies.

São macacos, araras, jabutis, emas e outros animais que, embora tenham toda a atenção de uma equipe especializada, precisam de um abrigo em área mais adequada. Como o zoológico fica no centro de Foz do Iguaçu, o Instituto de Água e Terra do Paraná (IAT) constatou que os animais ficam expostos à poluição sonora e à intensa movimentação de pessoas na região, onde existem escolas, igrejas e o Terminal de Transporte Urbano.

Por estas razões, o IAT emitiu o documento 172/2021, em apoio à Secretaria Municipal do Meio Ambiente, na busca por espaços mais adequados para os animais e assim permitir o encerramento das atividades do Zoológico. A secretaria está buscando alternativas, junto com o governo estadual, para a transferência dos animais.

A proposta de um dos locais para onde eles poderão ser realocados foi apresentada pelo Meio Ambiente para o Conselho Municipal de Proteção e Defesa Animal, que apoiou a iniciativa, uma vez que o grande objetivo é garantir o bem-estar dos animais.

A prefeitura aguarda a autorização do governo estadual para transferir todos os moradores do zoológico para locais licenciados pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente – IBAMA e pelo IAT.

Os animais atualmente são tratados por uma equipe composta por biólogo e médicas veterinárias durante o expediente desses profissionais, que estão sempre de plantão para eventuais necessidades de atendimento. Desde 2019, a Secretaria de Meio Ambiente ampliou o quadro de tratadores com dois novos profissionais.

Revitalização do Bosque Guarani

O Bosque Guarani está passando, desde meados de 2019, pela primeira revitalização desde a inauguração do espaço, em 1996. A proposta é torná-lo um parque, para que a população possa desfrutar de lazer em meio à vegetação natural.

A revitalização envolveu pinturas; melhorias na área de circulação de visitantes, com remoção de bancos velhos e inserção de novos; instalação de mesas com tabuleiros para jogos e de redários para descanso dos visitantes; nova fachada; restauração dos bebedouros, construção de banheiros públicos e reforma do Centro de Educação Ambiental.

As obras foram possíveis a partir de parcerias com a comunidade e compensação ambiental. Também está na fase final a construção de novos banheiros públicos.

PITACO: O zoológico do Bosque Guarani foi criado na administração Samis da Silva, que não irá se abespinhar, afinal, muda-se para melhorar a qualidade de vida da bicharada. Ademais, Samis é super bem tratado pelo prefeito Chico que deu duas diretorias para a esposa do babyssauro. Ajudou na campanha, levou. Apoiou o Paulo McD ficou chupando o dedo. É assim que a banca toca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *