Categorias
outros

PGR é favorável à prisão domiciliar para Roberto Jefferson

Bob Jeff foi preso pela Polícia Federal em 13 de agosto em prisão autorizada pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF

MPFAntonio Augusto / Secom / PGR
A subprocuradora-geral da República Lindôra Maria Araújo se manifestou, nesta sexta-feira (27/8), favorável à conversão da prisão, de preventiva para domiciliar, do ex-deputado federal Roberto Jefferson. A informação foi noticiada pelo O Globo e confirmada pelo Metrópoles.

A prisão do aliado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) provocou reação do mandatário do país, que tentou retaliar Moraes com um pedido de impeachment contra o ministro protocolado no Senado Federal. A medida não teve vida longa na Casa e foi arquivada pelo presidente Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

Roberto Jefferson é acusado de integrar milícia digital que tem feito ataques aos ministros do Supremo e às instituições. A investigação faz parte do novo inquérito aberto por ordem de Moraes.

Na decisão, o magistrado sustentou que a prisão preventiva se justifica pelos crime de calúnia, difamação, injúria, incitação ao crime, apologia ao crime ou criminoso, associação criminosa e denunciação caluniosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *