Categorias
outros

Bolsonaro é macho?

Hélio Schwartsman – Folha de SP

O assunto é delicado, mas não vejo como possamos furtar-nos a ele. A pergunta se impõe: Bolsonaro é macho? E vão se acumulando indícios de que não é. Antes de prosseguir, gostaria de dizer que, pessoalmente, não penso que a virilidade seja uma característica desejável na política. Pelo contrário, creio que ganharíamos se as decisões que mais afetam a sociedade fossem tomadas com base não em testosterona, mas em ponderações racionais.

O presidente, porém, parece ter uma visão diferente da minha. Ele já deu várias declarações sugestivas de que erige confusas idealizações em torno da hombridade em ponto central tanto para sua ética pessoal como para a própria autoimagem. Para não nos alongarmos muito, lembro apenas que Bolsonaro já disse preferir ver um filho seu morrer a aparecer “com um bigodudo por aí” e que qualificou como “fraquejada” o fato de ter gerado uma filha em seu último ciclo reprodutivo.

Se essa é a “Weltanschauung” bolsonarista, como conciliar o culto à varonilidade com o humilhante recuo que o presidente exibiu diante de todos na semana passada? Alguém consegue imaginar um líder indubitavelmente macho como Putin ou Orbán fazendo um discurso em que traça uma série de linhas vermelhas e renegar tudo no dia seguinte? O pior é que o incidente da Semana da Pátria não é o único que coloca em dúvida a masculinidade presidencial. Bolsonaro também já se adamou em sua posição sobre a Amazônia ao falar na última Cúpula do Clima. Se me é lícito tirar conclusões, eu diria que ele sempre tenta culpar terceiros por seus próprios equívocos, atitude que a maioria classificaria como covarde, o que não combina com nenhum ideal de virilidade.

A apostasia presidencial da semana passada, porém, foi tão escancarada que bolsonaristas já devem estar se perguntando se o mito não tomou secretamente a vacina da Pfizer. Seria uma explicação para estar falando tão fino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *