Categorias
outros

Eduardo Bolsonaro ajudou Allan dos Santos a sair do Brasil, diz jornal

O dono do Terça Livre é investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), pelo Ministério Público e pela CPI da Covid-19

Deputado federal Eduardo BolsonaroRafaela Felicciano/Metrópoles

Mensagens interceptadas pela Polícia Federal revelam que Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), deputado federal e filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), teria oferecido ajuda ao blogueiro Allan dos Santos, para sair do país. O dono do site Terça Livre é investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), pelo Ministério Público e pela CPI da Covid-19. As informações são da Folha de S.Paulo.

Em diálogos entre o parlamentar e o blogueiro, em junho de 2020, Eduardo pergunta como está a situação dos passaportes de Allan e da família, que responde que apenas um passaporte estaria regularizado. Posteriormente, o deputado pede a Allan o número dos protocolos de atendimento da PF, sobre a regularização dos passaportes.

Veja a conversa entre Allan e Eduardo, do dia 16 de junho de 2020:

Eduardo: “Allan. Me passa o passaporte, seus filhos, seu, sua esposa. O que você precisa?”

Allan: “Ok. Passaporte: só eu tenho. E minha esposa: passaporte expirado. Trump está ligando para seu pai às 17h”

Eduardo: “Preciso do nº do protocolo desses atendimentos p passaporte. E para qnd está agendado a retirada do passaporte ou a ida para tirar a foto, enfim, uma ida à PF”.

Canais encerrados

O YouTube já encerrou cerca de três canais criados pelo blogueiro por violarem as diretrizes da rede social. Tanto o presidente Jair Bolsonaro como aliados criticam a possibilidade das redes sociais cercearem conteúdos que julguem impróprios.

A reportagem da Folha entrou em contato com a Polícia Federal, com o deputado federal e com a Secretaria de Comunicação da Presidência sobre o teor da conversa, mas não obteve retorno.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *